Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2435
Title: Tácito e o principado de Nero.
Authors: Belchior, Ygor Klain
metadata.dc.contributor.advisor: Faversani, Fábio
Keywords: Roma - história - império, 30A. C - 28D. C
Cornélio Tácito
Nero - Imperador de Roma
Retórica
Issue Date: 2012
Publisher: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: BELCHIOR, Y. K. Tácito e o principado de Nero. 2012. 156 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2012.
Abstract: Essa dissertação de mestrado se dedica ao estudo do principado de Nero através de duas fontes do gênero historia, produzidas por um senador romano de nome Públio Cornélio Tácito, e intituladas como Anais e Histórias. Nosso objetivo é observar como a narrativa referente aos anos do governo neroniano pode ser lida, pelo menos do ponto de vista de Tácito, através de uma ótica que privilegie as interações sociais entre o imperador, a aristocracia e outros grupos sociais que compunham a respublica romana, como as mulheres, os libertos, os escravos e os exércitos. Essa nova ótica, que foi construída através do estudo das obras taciteanas em diálogo com a literatura sobre a produção de discursos na antiguidade, a exemplo de Aristóteles, serviu para apresentarmos como esses constantes conflitos também podem ser lidos através de uma noção diferente daquela que considera as produções históricas como produções literárias sem compromisso com a veracidade dos fatos. Ou seja, através desse estudo, observamos que os conflitos entre o imperador e os seus súditos podem assumir na historiografia taciteana o papel de elementos de deleite, pois prendem a atenção da audiência, como também podem assumir características de “evidência” textual, demonstrando que os fatos prosseguiram dessa determinada maneira. Visto essas considerações, apresentamos como essa leitura do governo neroniano, em Tácito, auxilia-nos na compreensão de novas maneiras de pensarmos a organização política e social dos primeiros anos do principado romano, diferente daquelas leituras calcadas em críticas a condutas individuais dos imperadores.
metadata.dc.description.abstracten: This work aims to study the emperor Nero principate. We have read two works of the gender historia which were written by a roman senator named Publius Cornelius Tacitus, the Annals and Histories. We have observed how the Neronian Government narrative can be read, at least from Tacitus’s standpoint, as a critical point of view which privileges the social interactions among the emperor, the aristocracy and other social groups that composed the roman respublica, for instance the women, freedmen, slaves and the armies. Our view from Tacitus’s works (vis-a-vis with the literature about the composition of the other Ancient works such as Aristotle’s) has helped us to present how these conflicts can be understood in a different way from the one which considers the Ancient historical texts as essentially literary objects. In other words, we observed these conflicts between emperor and his subjects as textual entertainment elements, because they kept attracting the audience’s attention, as well as in the role of textual “evidence”, showing that the facts succeeded in that way. After doing this exercise we presented how this study of the Neronian Government and its end, on Tacitus, can be helpful for the comprehension of new manners in the way of thinking about the political and social organization in the early years of Roman Principate, which are not based in criticize the individual emperors conduct.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2435
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_TácitoPrincipadoNero.pdf862,28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.