Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11132
Title: Padrões de aptidão física e qualidade de vida de bombeiros militares.
Other Titles: Patterns of physical fitness and quality of life in military firefighters.
Authors: Oliveira Junior, Adilson Clerio Martins de
Werneck, Francisco Zacaron
Ferreira, Renato Melo
Soares, Everton Rocha
Coelho, Emerson Filipino
Keywords: Military personnel
Physical aptitude
Issue Date: 2018
Citation: Padrões de aptidão física e qualidade de vida de bombeiros militares. Revista de Educação Física, v. 87, n. 1, p. 260-270, 2018. Disponível em: <http://177.38.96.106/index.php/revista/article/view/508>. Acesso em: 20 fev. 2019.
Abstract: Introdução: As atividades operacionais desempenhadas pelo bombeiro militar são de alta intensidade, exigindo adequada aptidão física. Nesse contexto, investigar a prática de atividade física em relação ao desempenho físico é importante. Além disso, poucos estudos focalizaram a qualidade de vida desses militares. Objetivo: Investigar a relação entre o nível de atividade física habitual, a aptidão física e a qualidade de vida de bombeiros militares. Métodos: Estudo de corte transversal, descritivo e correlacional. A amostra foi composta por 30 bombeiros militares de uma corporação de Minas Gerais. A aptidão física foi avaliada por meio do Teste de Avaliação Física (TAF), aplicado pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), no ano de 2016. A avaliação do nível de atividade física habitual foi realizada utilizando-se o questionário de Baecke. A qualidade de vida foi avaliada pelo SF-36. A normalidade da distribuição dos dados foi testada pelo teste de Shapiro Wilk. A relação entre as variáveis foi testada pelo coeficiente de correlação de Pearson. Todas as análises foram realizadas com nível de confiança de 95%. Resultados: Houve correlação significativa (p≤0,05) do nível de atividade física com aptidão física (r=0,41) e com os seguintes aspectos da qualidade de vida: capacidade funcional (r=0,35), vitalidade (r=0,35), aspectos sociais (r=0,37) e saúde mental (r=0,63). Aptidão física mostrou-se associada com o escore psicológico da qualidade de vida (r=0,37). Conclusão: Maiores níveis de atividade física habitual estavam associados a maior aptidão física em bombeiros militares. Além disso, nível de atividade física habitual apresentou correlação mais forte com qualidade de vida do que aptidão física.
metadata.dc.description.abstracten: Introduction: The operational activities performed by the military firefighter are of high intensity requiring adequate physical fitness. In this context, to investigate physical activity practice regarding physical performance is important. In addition, few studies have explored the quality of life of these military personnel. Objective: To examine the association of habitual physical activity level, physical fitness and quality of life in a military fire company. Methods: Cross-sectional, descriptive and correlational study. The sample consisted of 30 military firefighters from a Minas Gerais corporation. Physical fitness was assessed with the Physical Fitness Test (PFT), applied by the Military Fire Brigade of Minas Gerais (MFBMG) in 2016. The assessment of the habitual level of physical activity was performed using the Baecke questionnaire. Quality of life was assessed by SF-36. The normality of the data distribution was tested by the Shapiro Wilk test. Correlation was tested by the Pearson correlation coefficient. All analyzes with a 95% confidence level. Results: There was a significant correlation (P<0.05) of habitual physical activity level with physical fitness (r=0.41) and with the following domains of quality of life: functional capacity (r=0.35), vitality (r=0.35), social aspects (r=0.37) and mental health (r=0.63). Performance in PFT was associated with a psychological quality of life score (r=0.37). Conclusion: Higher levels of habitual physical activity were associated with greater physical fitness in military firefighters. Furthermore, level of habitual physical activity showed stronger correlation with quality of life than physical fitness.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11132
metadata.dc.identifier.uri2: http://177.38.96.106/index.php/revista/article/view/508
Appears in Collections:DEEFD - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PadrõesAptidãoFísica.pdf413,21 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.