Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13005
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFigueiredo, Sônia Maria dept_BR
dc.contributor.advisorGuimarães, Nathalia Sernizonpt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Natália Alves de-
dc.date.accessioned2020-12-04T20:32:42Z-
dc.date.available2020-12-04T20:32:42Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Natália Alves de. Análise da circunferência do pescoço como indicador de adiposidade em pessoas vivendo com HIV assistidas por um serviço público de referência no sudeste do Brasil. 109 f. 2019. Dissertação (Mestrado em Saúde e Nutrição) - Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto, Escola de Nutrição, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/13005-
dc.descriptionDissertação (Mestrado em Saúde e Nutrição) - Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto, Escola de Nutrição, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.description.abstractApós o início da utilização da terapia antirretroviral para o tratamento da infecção pelo HIV diversos pesquisadores científicos observaram o aumento na expectativa de vida das pessoas vivendo com HIV (PVH) e concomitantemente o aparecimento de distúrbios metabólicos e do estado nutricional (EN). Neste contexto, diversos estudos apontaram métodos antropométricos simples e factíveis para a avaliação da adiposidade corporal e de estimativa do risco cardiometabólico de PVH, com a finalidade identificar precocemente alterações metabólicas e/ou do EN destes indivíduos. A circunferência do pescoço (CP) vem sendo estudada devido a sua associação com o depósito de gordura subcutânea na região superior do corpo e consequente risco cardiometabólico. Esta dissertação é composta e apresentada através de dois trabalhos independentes e interligados. O primeiro trabalho foi elaborado com o objetivo de analisar sistematicamente a literatura para responder se existe associação da CP como marcador de adiposidade corporal em adultos e idosos. Dos 149 estudos encontrados pela estratégia de busca empregada nas bases de dados Nature Publishing Group, Science Direct Journals, Science Citation Index Expanded, MEDLINE/PubMed e Scopus; 16 estudos foram selecionados para compor a nossa amostra. Este estudo mostrou que evidências na literatura sustentam a hipótese da capacidade preditiva da CP na avaliação da adiposidade corporal e predição de risco cardiometabólico por meio das associações da CP com marcadores antropométricos (Índice de Massa corporal - IMC, Circunferência da Cintura - CC, Circunferência do Quadril - CQ, Relação Cintura/Estatura - RCE, Relação Cintura/Quadril - RCQ) de adiposidade em jovens, adultos e idosos, de ambos os sexos. O segundo trabalho foi desenvolvido com objetivo de avaliar a associação da CP com indicadores antropométricos de distribuição de gordura corporal em PVH com idade entre 19 e 73 anos e de ambos os sexos. Todos os indivíduos eram atendidos por um serviço público de Assistência Especializada em IST/Aids no Sudeste do Brasil. Para avaliação dos dados foram realizadas análises univariadas e bivariadas, sendo adotado nível de significância de p <0,05. Um total de 72 PVH (adultos e idosos), de ambos os sexos, foram avaliadas. Constatou-se que indicadores antropométricos analisados individualmente apresentaram diferentes conclusões diagnósticas em relação ao EN dos indivíduos, no entanto, a CP apresentou correlação positiva significativa com a maior parte dos parâmetros empregados: peso, estatura, circunferência do braço (CB), circunferência muscular do braço (CMB), IMC, CC, CQ e RCE (p < 0,05). Neste estudo não foi detectada correlação da CP com dobra cutânea tricipital (DCT) e RCQ (p > 0,05). A CP representa uma ferramenta útil para investigação de alterações no EN de PVH caracterizada por ser método não invasivo, de fácil execução, baixo custo, viabilizando sua utilização tanto em estudos epidemiológicos como em nível ambulatorial e serviços de Saúde Pública.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectAvaliação nutricionalpt_BR
dc.subjectAntropometriapt_BR
dc.subjectHIV - víruspt_BR
dc.titleAnálise da circunferência do pescoço como indicador de adiposidade em pessoas vivendo com HIV assistidas por um serviço público de referência no sudeste do Brasil.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 05/11/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeFigueiredo, Sônia Maria dept_BR
dc.contributor.refereeGuimarães, Nathalia Sernizonpt_BR
dc.contributor.refereeMarinho, Carolina Coimbrapt_BR
dc.contributor.refereeAguiar, Aline Silva dept_BR
dc.description.abstractenAfter initiation of antiretroviral therapy for the treatment of HIV infection, several scientific researchers observed an increase in the life expectancy of people living with HIV (PLWH) and concomitantly the onset of metabolic disorders and nutritional status (NS). In this context, several studies have indicated simple and feasible anthropometric methods for assessing body fat and estimating cardiometabolic risk of PLWH, with the aim of early identification of metabolic and/or NS changes in these individuals. Neck circumference (NC) has been studied because of its association with the deposit of subcutaneous fat in the upper body and consequent cardiometabolic risk. This dissertation is composed and presented through two independent and interconnected scientific works. The first work was done with the objective of systematically analyze the literature to answer if there is an association of NC as a marker of body adiposity in adults and the elderly. Of the 149 studies found by the search strategy employed in the databases Nature Publishing Group, Science Direct Journals, Science Citation Index Expanded, MEDLINE / PubMed and Scopus; 16 studies were selected to compose our sample. This study showed that evidence in the literature supports the hypothesis of the predictive capacity of NC in the assessment of body adiposity and prediction of cardiometabolic risk through associations of NC with anthropometric markers (Body Mass Index - BMI, Waist Circumference - WC, Hip Circumference - HC, Waist to Height Ratio - WHtR, Waist to Hip Ratio - WHR) of adiposity in young, adults and the elderly, of both sexes. The second study was carried out to evaluate the association of NC with anthropometric indicators of body fat distribution in PLWH aged 19 to 73 years and of both sexes. All individuals were cared for by one public service of Specialized Assistance in STD/SIDA in Southeast Brazil. To evaluate the data, we performed univariate and bivariate analyzes, adopting a significance level of p <0.05. A total of 72 PLWH (adults and elderly), of both sexes, were evaluated. NC showed a significant positive correlation with most of the parameters used: weight, height, mid-arm circumference (MAC), mid-arm muscle circumference (MAMC), BMI, WC, HC, and WHtR (p <0.05). In this study, no correlation was found between NC and tricipital skinfold thickness (TSF) and WHR (p> 0.05). NC is a useful tool for investigating changes in the nutritional status of people living with HIV. It is a non-invasive method, easy to perform, low cost, simple, making it feasible to use both in epidemiological and ambulatory studies and Public Health services.pt_BR
Appears in Collections:PPGSN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseCircunferênciaPescoço.pdf3,7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons