Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9906
Title: Análise fitoquímica e bioprospecção para atividade antimicrobiana de Protium spruceanum (Benth.) Engler.
Authors: Amparo, Tatiane Roquete
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Gustavo Henrique Bianco de
Teixeira, Luiz Fernando de Medeiros
Keywords: Plantas medicinais
Produto de ação antimicrobiana
Issue Date: 2016
metadata.dc.contributor.referee: Brandão, Geraldo Célio
Vieira Filho, Sidney Augusto
Citation: AMPARO, Tatiane Roquete. Análise fitoquímica e bioprospecção para atividade antimicrobiana de Protium spruceanum (Benth.) Engler. 2016. 151 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) – Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto 2016.
Abstract: Devido ao crescimento de patógenos resistentes aos fármacos atuais, a pesquisa por novos antimicrobianos tem sido incentivada, principalmente através das plantas medicinais. A espécie vegetal Protium spruceanum (Benth.) Engler, conhecida como breu, é utilizada popularmente como antiinflamatório e expectorante, porém, há necessidade de expandir estudos sobre essa espécie. Dessa forma, os objetivos desse estudo foram a avaliação da atividade antimicrobiana e o estudo fiquímico dos extratos etanólicos brutos (EEBs) e frações de folhas e galhos de P. spruceanum. Através dos métodos de difusão em poço e microdiluição, observou-se a atividade antimicrobiana dos EEBs contra 20 micro-organismos. O EEB de folhas apresentou maior atividade antimicrobiana total (AAT) que o EEB de galhos. As frações mais ativas foram as acetatoetilênicas e hidrometanólicas que apresentam ação sinérgica entre si. Através do estudo fitoquímico, observou-se que a AAT dos EEBs e frações pode ser corelacionada majoritariamente ao teor de taninos totais, porém, propõe-se uma ação sinérgica com outros compostos, como flavonóides. Os constituintes voláteis majoritários foram identificados utilizando CG/EM, dentre eles ácidos graxos, fenólicos e terpenoides, como amirinas. A avaliação da mistura de α- e β-amirina mostrou que esta não apresenta forte atividade antimicrobiana e também não está relacionada ao sinergismo entre as frações. Através de CLUE/DAD/EM-EM também foi possível identificar flavonoides glicosilados (quercetina-3-O-ramnosídeo, quercetina-3-Oglicuronídeo e campeferol-3-O-ramnosídeo) e taninos (catequina e procianidina). Os resultados in silico gerados pela ferramenta PASSonline indicaram potencial efeito antibacteriano principalmente para os constituintes majoritários das frações AcOEt e HMeOH. Também foram indicados como principais mecanismos de ação: aumento da permebilidade da membrana celular, inibição da bissíntese da parede bacteriana (enzimas peptideoglicano glicosiltransferase e CDP-glicerol glicerofosfotransferase) e inibição do metabolismo (enzimas 2-deidropantoato 2-redutase e piruvato cinase). Esses mecanismos de ação são diferentes dos antibióticos recentes e são considerados alvos para novos fármacos.
metadata.dc.description.abstracten: Due to the growing of resistant pathogens to the actual drugs, the research for new antibiotics has been encouraged, mainly through the medicinal plants. The vegetal specie Protium spruceanum (Benth.) Engler, known as almécega-de casca-lisa or breu, is used by the population like anti-inflammatory and expectorant, however, it is necessary to expand studies about this specie. Therefore, the aims of this work were the evaluation of antimicrobial activity and the phytochemical study of the crude ethanolic extracts (EEBs) and fractions of leaves and branches of P. spruceanum. Using the well diffusion and microdilution methods, it was observed the antimicrobial activity of the EEBs against 20 micro-organisms. The EEB of leaves showed greater total antimicrobial activity (AAT) than the EEB of branches. The fractions more active were AcOEt and HMeOH that have synergic action with each other. Through the phytochemical studies, it was observed that the AAT of extracts and fractions can be mainly correlated to tannin concentration, but it was proposed a synergism with others compounds. The majority volatile constituents were identified using CG/EM, including fatty acids, phenolics and terpenoids, as amyrin. The evaluation of α- and β-amyrin showed weak antimicrobial activity and these compounds are not correlated to synergism between the fractions. The Through CLUE/DAD/EM-EM also was identified 3 flavonoids (quercetin-3- O-rhamnoside, quercetin-3-O-glucuronide and kaempeferol-3-O-rhamnoside) and 2 tannins (catechin and procyanidin). The in silico results, obtained by PASSonline tool, showed potential antibacterial effect mainly to the majority constituents of AcOEt and HMeOH fractions. It also was indicated the possible main action mechanisms: increase of the membrane permeability, inhibition of wall bacterial biosynthesis (enzymes peptidoglycan glycosyltransferase and CDP-glycerol glycerophosphotransferase) and inhibition of metabolism (enzymes 2-dehydropantoate 2-reductase and pyruvate kinase). These action mechanisms are different of the actual antibiotic and are considered target to new drugs.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9906
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 25/04/2016, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseFitoquímicaBioprospecção.pdf6,5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.