Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9883
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFonseca, Marcus Vinícius dapt_BR
dc.contributor.authorRibeiro, Sílvia Nahas-
dc.date.accessioned2018-05-02T18:34:46Z-
dc.date.available2018-05-02T18:34:46Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationRIBEIRO, Sílvia Nahas. Ações afirmativas : a implementação de reserva de vagas no contexto da Universidade Federal de Ouro Preto. 2018. 176 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto. Mariana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9883-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho se propôs a investigar a implementação da política de ações afirmativas da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Nas reflexões realizadas, procurou-se compreender como a UFOP vem desenvolvendo sua política de ações afirmativas, bem como as discussões étnico-raciais se configuram nesse cenário. Com uma abordagem qualitativa e por meio de um estudo de caso, foi realizada uma pesquisa documental envolvendo o estudo de diferentes tipos de documentos da instituição, além da realização de entrevistas com alunos cotistas da UFOP e com o coordenador do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas da UFOP. O arcabouço teórico deste estudo é constituído essencialmente por autores que discutem a expansão e a democratização do Ensino Superior, as Ações Afirmativas e as relações étnico-raciais, tais como Santos (2003, 2004, 2008), Munanga (1999, 2000, 2003, 2004, 2006), Gomes (2003, 2005, 2009, 2011, 2012a, 2012b), entre outros. No mapeamento documental, foram analisadas as evidências de como o processo de implementação de ações afirmativas da UFOP foi acompanhado de intensa pressão e resistência, sobretudo em relação ao recorte racial, que só foi efetivado por força de lei federal. Através da metodologia de análise de conteúdo, as entrevistas realizadas com os cotistas da UFOP permitiram discutir-se determinadas vivências, posicionamentos e inquietações da amostra. Assim, evidenciou-se que há, entre os cotistas entrevistados, diversidade no posicionamento quanto às cotas, bem como diferentes anseios e percepções frente às políticas de permanência estudantil e inserção no ambiente universitário, e constatou-se, também, a existência de dessemelhança nos desafios percebidos pelos cotistas raciais e cotistas sociais. A despeito de algumas iniciativas pontuais registradas nessa pesquisa, como o NEABI/UFOP, foi possível afirmar que as questões étnico-raciais não ocupam, de fato, espaço de discussão na instituição foco desse estudo e que essa não desenvolve plenamente uma política específica para atendimento aos ingressantes pelo recorte étnico-racial.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectProgramas de ação afirmativapt_BR
dc.subjectEnsino Superiorpt_BR
dc.subjectRelações éticaspt_BR
dc.subjectRelações raciaispt_BR
dc.titleAções afirmativas : a implementação de reserva de vagas no contexto da Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 23/04/2018, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeFonseca, Marcus Vinícius dapt_BR
dc.contributor.refereeCoutrim, Rosa Maria da Exaltaçãopt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Natalino Neves dapt_BR
dc.description.abstractenThe present study intends to investigate the implementation of affirmative action policy of the Federal University of Ouro Preto. In the reflections carried out, it was also tried to understand how the UFOP has been developing its affirmative action policies, as well as the ethnic-racial discussions are configured in this scenario. From a qualitative approach and in the case study method, the research used documentary sources related to the institution in question, as well as an interview with the administrative coordinator of NEABI and seven semi-structured and individual interviews with social and racial quota students of the University Federal University of Ouro Preto (UFOP). The theoretical framework of this study was substantially based on authors who discuss the expansion and democratization of Higher Education, Affirmative Actions and ethnic-racial relations, such as Santos (2003, 2004, 2008), Munanga (1999, 2000, 2003, 2004, 2006), Gomes (2003, 2005, 2009, 2011, 2012a, 2012b), among others. The documentary mapping analyzed the evidence of how the process of implementation of affirmative actions of UFOP was accompanied by intense pressure and resistance, especially in relation to the racial cut that was only enforced by federal law. By means of the technique of content analysis the interviews with quota students of UFOP allowed to discuss some experiences, positioning and concerns of the sample. Thus, it was evidenced that, among the interviewed quota students, there is diversity in the positioning regarding quotas, as well as different desires and perceptions regarding Policies of Student Permanence and insertion in the university environment, noting also that there is dissimilarity in the challenges perceived by the racial quota students and social quota students. In spite of some specific initiatives registered in this research, such as NEABI/UFOP, it was possible to affirm that ethnic-racial issues do not actually occupy a space for discussion in the institution that focuses on this study and that it does not fully develop a specific policy for service to the ethnic-racial clusters.pt_BR
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AçõesAfirmativasImplementação.pdf2,87 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons