Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9774
Title: Avaliação do tratamento com benznidazol, itraconazol e sua associação na fase aguda da doença de Chagas experimental no modelo cão.
Authors: Cunha, Eleonora Lima Alves
metadata.dc.contributor.advisor: Lana, Marta de
Keywords: Fármacos e medicamentos
Imunobiologia de protozoários
Cão como animal de laboratório
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Lana, Marta de
Silva, André Talvani Pedrosa da
Murta, Silvane Maria Fonseca
Citation: CUNHA, Eleonora Lima Alves. Avaliação do tratamento com benznidazol, itraconazol e sua associação na fase aguda da doença de Chagas experimental no modelo cão. 2017. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: A doença de Chagas (DCh) e seu tratamento permanecem negligenciados e ainda constitui um sério problema de saúde pública na América Latina. O benznidazol (BZ) é atualmente o único fármaco disponível no Brasil para o tratamento da DCh, apresentando efeitos colaterais graves, limitada e variável eficácia terapêutica, especialmente na fase crônica da doença. Após os ensaios clínicos feitos no Brasil demonstrarem que os derivados azólicos de primeira geração não promoveram cura parasitológica e nem impediram a progressão da DCh em humanos, os estudos de associação de fármacos desta classe de compostos com BZ passaram a ser estimulados. Nesse sentido, o objetivo do presente estudo foi avaliar a ação terapêutica do BZ, itraconazol (ITRA) e de sua associação (BZ+ITRA), em cães infectados com cepa VL-10 do Trypanosoma cruzi (T. cruzi) tratados durante a fase aguda da infecção e seu impacto na evolução clínica da doença. O modelo cão foi utilizado por ser considerado ideal para o estudo da DCh e seu tratamento, pois reproduzem as fases aguda e crônica da doença e a manifestação clínica mais importante, a cardiopatia chagásica crônica. Para tal, 20 cães jovens sem raça definida foram inoculados via IP com 2000 tripomastigotas sanguíneas de T. cruzi/kg, e divididos em 4 grupos: I – tratados com BZ: 7 mg/kg em duas doses diárias; II – tratados com ITRA: 6 mg/kg/dia; III – tratados com BZ+ITRA na mesma posologia da monoterapia; IV – grupo controle infectado não tratado. Os animais foram tratados a partir do primeiro dia de parasitemia patente por 60 dias consecutivos. Foram realizados exames de sangue a fresco, hemocultura, reação em cadeia da polimerase (PCR) em eluato de sangue, sorologia convencional (ELISA), PCR quantitativa e histopatologia de tecido cardíaco. Após 18 meses das repetidas avaliações dos animais, foi possível observar uma melhor atividade terapêutica da associação de BZ+ITRA do que nos grupos tratados com ITRA e BZ em monoterapia. De acordo com o critério de cura estabelecido pelo Ministério da Saúde (2016), o cão B8, tratado com BZ+ITRA, apresentou na sua última avaliação resultados negativos nos testes parasitológicos e na ELISA, sugerindo estar curado. Já o cão B4 tratado com ITRA e o cão B7 tratados com BZ+ITRA, apresentaram avaliações parasitológicas negativas, exceto sorologia convencional. Contudo, para a melhor compreensão da cura efetiva dos animais ainda seriam necessárias mais avaliações a longo prazo ou técnicas alternativas.
metadata.dc.description.abstracten: Chagas disease (CD) and its treatment remain neglected and constitutes a serious public health problem in Latin America. Benznidazole (BZ) is currently the only drug available in Brazil for its treatment, presenting serious adverse effects, limited and variable therapeutic efficacy, especially in the chronic phase of the infection. After clinical trials in Brazil demonstrate that the first-generation of azole derivatives did not promote parasitological cure and did not prevent the progression of CD in humans, studies of the association of this class of compounds with BZ have been stimulated. The aim of this study was to evaluate the therapeutic action of BZ, itraconazole (ITRA) and its combination (BZ+ITRA) in dogs infected with VL-10 Trypanosoma cruzi (T. cruzi) strain treated during the acute phase and its impact on the disease evolution. The dog model was used because is considered the ideal model for the study of CD and its treatment, because they reproduce the acute and chronic phases of the disease and the most important clinical manifestation, chronic chagasic cardiopathy. Then, 20 young mongrel dogs were inoculated via IP with 2000 T. cruzi trypomastigotes/kg and divided into 4 groups: I – treated with BZ: 7mg/kg in two daily doses; II – treated with ITRA: 18 mg/kg/day; III – treated with BZ ITRA in the same dosage of monotherapy; IV – infected not treated control group. The treatment started from the first day of patent parasitemia for 60 consecutive days. Fresh blood exam, hemoculture, polymerase chain reaction (PCR) in blood eluate, conventional serology (ELISA), cardiac tissue quantitative PCR and histopathology. After 18 months of repeated evaluations of the animals, the therapeutic activity was better in the group that received the combination of BZ+ITRA, followed by the groups treated with ITRA and BZ alone, respectively. According to the curing criterion established by MS (2012), the dog B8 treated with BZ+ITRA seems to be cured, because it presented negative results in the parasitological tests and in the ELISA. The dog B4 treated with ITRA and the dog B7 treated with BZ+ITRA had all negative parasitological evaluations, except in conventional serology. However, more evaluations for long time would be needed to better understanding the effective cure of the animals or alternative techniques.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9774
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 26/03/2018, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoTratamentoBenznidazol.pdf1,73 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons