Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9769
Title: Ecologia de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae, Phlebotominae) em área de ocorrência de leishmanioses na terra indígena Xakriabá, Minas Gerais – Brasil.
Authors: Costa, André Tetzl
metadata.dc.contributor.advisor: Coelho, George Luiz Lins Machado
Dias, Edelberto Santos
Keywords: Epidemiologia
Imunobiologia de protozoários
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Coelho, George Luiz Lins Machado
Machado, Evandro Marques de Menezes
Leite, Romário Cerqueira
Dias, Edelberto Santos
Citation: COSTA, André Tetzl. Ecologia de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae, Phlebotominae) em área de ocorrência de leishmanioses na terra indígena Xakriabá, Minas Gerais – Brasil. 2017. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: As leishmanioses são um complexo de doenças infecciosas causadas por protozoários do gênero Leishmania, que possuem como vetores dípteros hematófagos denominados flebotomíneos, cujos hospedeiros são compostos por diferentes espécies de animais vertebrados. A Terra Indígena de Xakriabá (TIX), localizada na região norte do estado de Minas Gerais, tem registrado casos autóctones de leishmanioses e existem poucas informações sobre os elos da cadeia de transmissão. O objetivo deste trabalho foi estudar aspectos entomológicos relacionados à epidemiologia das leishmanioses nas aldeias de Brejo do Mata Fome, Riacho do Brejo, Riachinho e Prata, da Terra Indígena Xakriabá, Município de São João das Missões. As capturas entomológicas foram realizadas durante três noites consecutivas, sempre na última semana de cada mês, por um período de doze meses, de junho de 2015 a maio de 2016, em quatro residências situadas em quatro aldeias da TIX, uma por aldeia. Foram dispostas duas armadilhas por residência, sendo uma no ambiente de intradomicílio e a outra no peridomicílio. O critério de seleção das aldeias e dos domicílios foi apresentar registros anteriores de casos autóctones de leishmaniose visceral canina e possuir características ambientais propícias à presença do vetor. Foram analisadas as diferenças no padrão de distribuição de espécies, a diversidade da fauna e densidade populacional em diferentes ecótopos, e nas diferentes aldeias. Foram estimadas as correlações entre a densidade populacional flebotomínica com as médias das variáveis climáticas temperatura, umidade relativa e precipitação. Um total de 2.012 espécimes de flebotomíneos, distribuídos em 23 espécies pertencentes a dez gêneros foram capturados e identificados. As espécies Lutzomyia longipalpis (80,27%) e Nyssomyia intermedia (7,31%), importantes vetores de leishmaniose visceral e tegumentar respectivamente, foram as espécies com maior densidade populacional, tanto no intradomicílio como no peridomicílio, o que sugere que estas sejam as principais espécies responsáveis pela transmissão das leishmanioses nesta terra indígena. Entre as quatro aldeias estudadas, a de maior densidade e diversidade da fauna flebotomínica foi a aldeia Riacho do Brejo. Nenhum fator climático analisado apresentou correlação positiva com a densidade de flebotomíneos capturados. Os resultados apresentados no estudo podem contribuir para um melhor entendimento e direcionamento das medidas de prevenção e controle realizados pelos órgãos competentes ligados à saúde.
metadata.dc.description.abstracten: Leishmaniases are a group of infectious diseases caused by protozoan parasites from Leishmania genus. Hematophagous dipters denominated Phlebotomine, commonly known as sandflies, are their vectors and its hosts comprehend several vertebrates’ species. The Indigenous Land of Xakriabá (TIX), located at northern region of Minas Gerais state, has registered autochthonous cases of leishmaniases and there is few information regarding the links in the transmission chain. The aim of this work was to study the entomological aspects related to the epidemiology of leishmaniases within the indigenous villages of Brejo do Mata Fome, Riacho do Brejo, Riachinho, and Prata at TIX, located in the municipality of São João das Missões. Entomological samples were taken three consecutive nights every last week of each month during twelve months (from June of 2015 to May of 2016) in four different houses located at TIX, one on each of the four villages. Two traps were set up in each house, one inside the house and another outside. The criteria to choose the villages and houses to be sampled from was presenting previous autochthonous cases of canine visceral leishmaniases and having environmental features favorable to the presence of the vector. Differences in the species distribution pattern, including diversity and density, were analyzed in different ecotypes among the villages. It was estimated the correlation between sandflies population density and the average climatic variables: temperature, relative humidity and precipitation. It were captured and identified 2012 sandflies specimens, belonging to twenty three species distributed among ten genus. The species Lutzomyia longipalpis (80,27%) and Nyssomyia intermedia (7,31%), respectively major vectors of visceral and cutaneous leishmaniases, presented the highest population density both in the inside and in the outside of the houses suggesting that these two species are the main responsible for transmitting leishmaniases at TIX. Among the four tribes studied, Riacho do Brejo presented the highest sandflies population density and diversity. No climate factor presented a positive correlation with the density of sandflies captured. The results presented in this paper may help us better understand and direct the prevention and control measures taken by health authorities.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9769
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 22/03/2018, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EcologiaFlebotomíneosDiptera.pdf2,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons