Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/9717
Title: A imanência entre a teoria crítica e a pesquisa empírica : contribuições para os estudos organizacionais.
Authors: Maranhão, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque
Vilela, José Ricardo de Paula Xavier
Keywords: Administration
Adorno
Sociology
Critical theory
Issue Date: 2017
Citation: MARANHÃO, C. M. S. de A.; VILELA, J. R. de P. X. A imanência entre a teoria crítica e a pesquisa empírica : contribuições para os estudos organizacionais. Organizações & Sociedade, v. 24, p. 476-490, 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1984-92302017000300476&script=sci_abstract>. Acesso em: 02 fev. 2018.
Abstract: Muitas pesquisas no campo da administração têm se baseado no referencial da teoria crítica para o desenvolvimento de análises das situações sociais próprias ao campo. Dentre os diversos autores que compõem essa escola, Adorno tem sido largamente utilizado, principalmente por seus conceitos de indústria cultural, sociedade administrada e educação crítica. No entanto, a teoria crítica tem sido muito utilizada para balizar estudos de natureza teórica e ensaística. Esse uso restrito dessa teoria cria um viés (ou parte dele) de que a pesquisa oriunda do referencial frankfurtiano não pode ser baseada em dados empíricos ou mesmo na tradicional forma de pesquisa de campo, como entrevistas e surveys, muito comuns à área da administração. O objetivo deste artigo é, portanto, revelar a imanente relação entre teoria crítica e pesquisa empírica. Uma vez posta à mesa, criam-se as condições para a reflexão crítica e para o “resgate do instante de realização da filosofia” (ADORNO, 2009, p. 11). Propusemo-nos a tal ao resgatarmos o projeto empírico da teoria crítica, em especial Adorno. Buscamos, com esse esforço, contribuir para a área de estudos organizacionais por meio da definição de que as pesquisas empíricas muito comuns a esse campo podem sim ser baseadas nos princípios teóricos desenvolvidos por Adorno e seus colegas do Instituto de Pesquisa Social.
metadata.dc.description.abstracten: A lot of research in the field of administration are based on the benchmark of critical theory to the analysis of social situations development own the field. Among the various authors that make up this school, Adorno has been widely used, primarily through its concepts of cultural industry, a company administered and critical education. However, critical theory has been widely used to provide a theoretical nature studies and essayistic. This restricted use of this theory creates a bias (or part thereof) that the research from the frankfurtiano benchmark cannot be based on empirical data or even in the traditional form of field research such as interviews and surveys, very common to the area. The purpose of this article is, therefore, reveal the inherent relationship between critical theory and empirical research. Once put to the table, create the conditions for critical reflection and to the “rescue of the moment of realization of philosophy” (ADORNO, 2009, p. 11). We proposed the one to rescue the empirical design of critical theory, in particular in decoration. We seek with this effort contribute to the field of organizational studies through the definition of the empirical research very common to this field can be based on theoretical principles developed by Adorno and his colleagues at the Institute for Social research.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9717
ISSN: 19849230
metadata.dc.rights.license: All the contents of the Organizações & Sociedade except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License. Fonte: Organizações & Sociedade <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1984-9230&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 24 jan. 2018.
Appears in Collections:DECAD- Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ImanênciaTeoriaCrítica.pdf266,51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.