Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9578
Title: Nietzsche e o pensamento histórico : justiça, amor e felicidade.
Authors: Rangel, Marcelo de Mello
Keywords: Nietzsche
Stimmung
História
Issue Date: 2017
Citation: RANGEL, M. de M. Nietzsche e o pensamento histórico : justiça, amor e felicidade. Trágica : Estudos Sobre Nietzsche, v. 10, p. 69-85, 2017. Disponível em: <http://tragica.org/artigos/v10n2/4%20-%20Marcelo%20de%20Mello%20Rangel%20-%20Nietzsche%20e%20o%20pensamento%20histo%CC%81rico.pdf>. Acesso em: 16 jan. 2018.
Abstract: Nosso objetivo é o de tematizar o pensamento histórico em Nietzsche como sendo uma atividade reflexiva a partir da qual os homens em geral se relacionam, acolhem e sintetizam determinadas experiências passadas (“lembranças”), tornando possível a constituição de um horizonte específico (“esquecimento” e duração). De modo que a nossa compreensão é a de que esse movimento é responsável quer pela reorganização de uma relação específica (devir) quer pela constituição de um horizonte e de orientações que se tornam, a partir de então, fundamentais a determinados comportamentos teóricos e práticos. Como acompanharemos, a atividade do pensamento histórico se dedica, mais propriamente, à retenção da tensão entre lembrar (acolher e sintetizar passados) e esquecer (constituir orientações específicas), a qual torna possível que, por um lado, as relações se reconfigurem recorrentemente e que, por outro, nos comportemos no interior do devir. Num segundo momento, também tematizaremos a relação entre o pensamento histórico, a justiça, o amor e a felicidade.
metadata.dc.description.abstracten: Our aim is to thematize the historical thinking in Nietzsche as a reflexive activity from which men in general relate, receive and synthesize certain past experiences (memories), making possible the constitution of a specific horizon (forgetting and duration). So our understanding is that this movement is responsible both for the reorganization of a specific relation (becoming, devenience) and for the constitution of a horizon and orientations that from then on become fundamental to certain theoretical and practical behaviors. As we will follow, the activity of historical thought is more concerned with the retention of tension between remembering (synthesizing past) and forgetting (setting up specific orientations), which makes it possible, on the one hand, that relations are reconfigured repeatedly and that, on the other, we behave within the becoming. In a second moment, we will also thematize the relation between historical thought, justice, love and happiness.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9578
ISSN: 19825870
metadata.dc.rights.license: A Revista Trágica: Estudos de Filosofia da Imanência permite que os autores assumam contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista. Fonte: Revista Trágica: Estudos de Filosofia da Imanência <http://www.tragica.org/normas-para-publicacao/>. Acesso em: 23 jan. 2018.
Appears in Collections:DEHIS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_NietzschePensamentoHistórico.pdf684,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.