Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9469
Title: Avaliações cardiovasculares e metabólicas produzidas pela dieta rica em carboidratos simples em ratos submetidos ao treinamento físico.
Authors: Carmo, Mariana Araújo Vieira do
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Lenice Kappes Becker
Keywords: Carboidratos na nutrição humana
Sacarose
Sistema cardiovascular - doenças
Esportes - aspectos fisiologicos
Issue Date: 2016
metadata.dc.contributor.referee: Oliveira, Lenice Kappes Becker
Cardoso, Leonardo Máximo
Alzamora, Andréia Carvalho
Pedrosa, Maria Lúcia
Citation: CARMO, Mariana Araújo Vieira do. Avaliações cardiovasculares e metabólicas produzidas pela dieta rica em carboidratos simples em ratos submetidos ao treinamento físico. 2016. 70 f. Dissertação (Mestrado em Saúde e Nutrição) - Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto, Escola de Nutrição, Ouro Preto, 2016.
Abstract: Segundo a Organização Mundial de Saúde, no ano de 2012, 17,5 milhões de pessoas morreram no mundo, vítimas de doenças cardiovasculares. Dentre os principais fatores de risco para o seu desenvolvimento estão a hipertensão arterial e as dislipidemias, cada vez mais prevalentes em crianças e adolescentes. A hipertensão arterial é tradicionalmente associada à ingestão de dietas com alto teor de sódio, no entanto, o consumo de dietas ricas em açúcares adicionados, tem sido relacionado com o aumento da pressão arterial em jovens e adultos. A sacarose faz parte do grupo dos carboidratos conhecidos como açúcares simples ou dissacarídeos e é formada pela combinação de duas moléculas de monossacarídeos: a glicose e a frutose. Hábitos de vida saudáveis, tais como uma alimentação balanceada e a prática regular de atividade física são benéficos na prevenção de obesidade, hipertensão, diabetes, dislipidemia e doenças cardiovasculares. Este estudo tem como objetivo principal avaliar o efeito do treinamento físico sobre as alterações cardiometabólicas produzidas pela dieta rica em carboidratos simples em ratos recém desmamados, ao longo de 8 semanas. Durante oito semanas, estes, foram simultaneamente alimentados com dieta rica em açúcares e submetidos a um protocolo de treinamento físico com sobrecarga. Os animais foram divididos em quatro grupos: (1) ratos sedentários alimentados com dieta padrão (SDP), (2) ratos treinados alimentados com dieta padrão (TDP), (3) ratos sedentários alimentados com dieta rica em carboidratos simples (SCS), (4) ratos treinados alimentados com dieta rica em carboidratos simples (TCS). O peso corporal e ingestão alimentar foram acompanhados semanalmente. Ao final do experimento, a artéria femoral foi canulada para obtenção da pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD), foram coletados os coxins adiposos (índice de adiposidade corporal - IAC), sangue (dosagens plasmáticas), coração (histologia) e músculo sóleo (atividade citrato sintase). Os resultados mostraram que animais alimentados com dieta rica em carboidratos simples apresentaram menor peso corporal (p<0,01), no entanto SCS exibiram maior IAC (p = 0,0057), LDL (p = 0,0028) e colesterol (p = 0,0042). O grupo TDP mostrou menores níveis plasmáticos de VLDL (p = 0,0017) e triglicerídeos (p=0,0026). A atividade da citrato sintase foi inferior no grupo SCS (p=0,021), e não houve diferença significativa nos valores de glicemia (p = 0,284) HDL (p = 0,245), CK-MB (p=0,208), PAS (p = 0,076), PAD (p = 0,9), infiltração de células inflamatórias (p = 0,41) e deposição de colágeno (p = 0,66) no coração. Apesar do treinamento físico ter sido eficiente em reverter ou minimizar algumas das alterações induzidas pela dieta, sugere-se que uma alimentação balanceada associada à prática regular de exercício físico, possui maiores efeitos benéficos e diminui os riscos de doenças do coração.
metadata.dc.description.abstracten: According to the World Health Organization, 17.5 million people died due to cardiovascular diseases in 2012. Among the main risk factors for the development of such diseases are high blood pressure and dyslipidemia, conditions which have been increasingly more prevalent in children and adolescents. Hypertension has been traditionally associated to ingestion of sodium rich diets. However, the consumption of diets rich in artificial sugars has also been associated with increased blood pressure in young adults. Sucrose is part of the group of simple carbohydrates or disaccharides and it is formed by combining two molecules of monosaccharides: glucose and fructose. Healthy living habits, such as a balanced diet and regular physical activity are beneficial to prevent obesity, hypertension, diabetes, dyslipidemia, and cardiovascular complications. The present study aims to evaluate the effect of exercise training on the cardiometabolic alterations produced by diet rich in simple carbohydrates in young rats (21 days old). For eight weeks, they were simultaneously treated with diets rich in sugars and underwent a physical training protocol with overload. The animals were assigned into four different groups: (1) sedentary rats treated with standard diet (SDP), (2) trained rats treated with standard diet (TDP), (3) sedentary rats treated with diets rich in simple carbohydrates (SCS), (4) trained rats treated with diets rich in simple carbohydrates (TCS). Body weight and food intake were monitored weekly. At the end of the experiment, the femoral artery was cannulated to obtain systolic (SBP) and diastolic (DBP) blood pressure. Fat pads were also collected (body adiposity index - IAC), as well as blood samples (plasma levels), heart samples (histology), and soleus muscle samples (citrate synthase activity). The results showed that animals treated with a diet rich in simple carbohydrates had lower body weights (p < 0.01). However, the SCS group exhibited higher IAC (p = 0.0057), LDL (p = 0.0028) and cholesterol levels (p = 0.0042). The TDP group showed lower VLDL (p = 0.0017) and triglycerides (p = 0.0026) plasma levels. Citrate synthase activity was lower in the SCS group (p = 0.021), and there was no significant difference in blood glucose levels (p = 0.284), as well as HDL (p = 0.245), CK- MB (p = 0.208), SBP (p = 0.076), DBP (p = 0.9) levels. Infiltration of inflammatory cells (p = 0.41) and collagen deposition (p = 0.66) in the heart were also not significantly different regarding this group. Although physical training was effective in reversing or minimizing some of the alterations caused by each diet, it is suggested that a balanced diet accompanied by regular physical exercise has major benefits and ultimately reduces the risk of cardiovascular diseases.
Description: Programa de Pós-Graduação em Saúde e Nutrição. Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9469
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 24/01/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGSN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AvaliaçõesCardiovascularesMetabólica.pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons