Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9171
Title: Caminhos e descaminhos da escola de tempo integral de Governador Valadares-MG : trajetórias de resistência de jovens.
Authors: Rocha, Roosvany Beltrame
metadata.dc.contributor.advisor: Fonseca, Marcus Vinícius da
Keywords: Educação integral
Juventude
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Fonseca, Marcus Vinícius da
Nogueira, Marlice de Oliveira e
Nogueira, Paulo Henrique de Queiroz
Citation: ROCHA, Roosvany Beltrame. Caminhos e descaminhos da escola de tempo integral de Governador Valadares-MG : trajetórias de resistência de jovens. 2017. 130 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2017.
Abstract: O município de Governador Valadares-MG, no ano de 2010, implantou a Escola de Tempo Integral (ETI) em toda a sua rede de ensino, meio urbano e rural, atendendo um número de 25.735 alunos na Educação Infantil e Ensino Fundamental, de forma universal e compulsória. Do total de alunos atendidos, 4.479 pertenciam aos Anos Finais do Ensino Fundamental. a partir da análise dos “Quadros de Matrícula Inicial e Final das Escolas” dos anos finais, verificou-se, que ao final de quatro anos, que 1939 alunos se transferiram das escolas. Diante disso, indaga-se: por que os jovens recusam a experiência da Escola de Tempo Integral de Governador Valadares - MG? Assim, esta pesquisa teve como objetivo geral compreender os motivos que levaram estes jovens a resistirem a essa experiência e, de forma específica, buscou-se caracterizar seu perfil social, econômico e familiar; identificar o motivo dos jovens se transferirem para a rede estadual de ensino e descrever e analisar os significados que eles atribuem à ETI. Os procedimentos metodológicos envolveram análises de documentos e entrevistas com os jovens que se transferiram para escolas de tempo parcial. O grupo dos sujeitos da pesquisa foi composto por 14 jovens, de faixa etária entre 13 e 19 anos, que estudaram por, no mínimo, 2 anos na ETI. Os dados coletados foram analisados através de categorização simples e relacionados às perspectivas teóricas da Educação Integral de Ana Maria Cavaliere, dentre outros, que reconhecem a pessoa como um todo e não como um ser fragmentado, e de Juventude, à luz de Juarez Dayrell, que concebe os jovens enquanto sujeitos diversos. Os resultados foram agrupados em dois blocos, a saber: 1) “As vivências dos jovens na ETI de Governador Valadares-MG”, do qual fazem parte as categorias: Tempo, Direito à Educação e Trabalho e mostra que as vivências dos jovens eram permeadas pelo cansaço, pelos desencontros; 2) “Os motivos da resistência e sua realidade atual como estudante”, ao qual pertencem as categorias: Tempo, Qualidade de Ensino e Juventudes e Escola que mostra que a resistência não era ao tempo, mas à escola. Como considerações finais, percebemos que a resistência dos jovens não se relaciona à escola, ou ao tempo a mais de escola, e sim à escola que renega seus direitos, e, embora ainda existam muitos problemas no âmbito dessa experiência, percebe-se que a formação de professores possa vir a contribuir com as práticas docentes. Sugere-se, então, que a construção de uma Escola de Tempo Integral para o jovem seja pautada na perspectiva do encontro, da participação e do respeito às culturas juvenis. Como encaminhamento e aprofundamento do tema, pensamos que outras pesquisas possam vir a investir na entrevista com os professores inseridos nesta experiência para verificar suas dificuldades com o trabalho com estes jovens.
metadata.dc.description.abstracten: In 2010, the city of Governador Valadares in the State of Minas Gerais implemented the Full-Time School (ETI) of the whole educational system – urban and rural – attending a number of 25,735 students in Early Childhood and Elementary Education, whose universalization took place on a compulsory basis. Of the total number of students attending, 4,479 were from the Final Years of Elementary School, and from the analysis of the "Initial and Final School Student Register Table" of the final years, it was verified at the end of four years that 1939 students transferred from the schools. Faced with this, it was asked: Why do young people refuse the experience of the Governador Valadares‟ Full-Time School? Thus this research aims to understand the reasons that led young people to resist this experience and in a specific way sought to characterize their social, economic and family profile; identify why young people transfer from Full-Time to Part-Time School and describe and analyze the meanings they attribute to them. The methodological procedures involved documentation reviews and interviews with young people who moved to Part-Time schools. The research group was composed of 14 young people, aged between 13 and 19 years, who studied for at least 2 years in the ETI. The collected data were analyzed through simple categorization and related to the theoretical perspectives of the Full-Time Education of Ana Maria Cavaliere, among others, that recognizes the person as a whole and not as a fragmented being and, to the Juarez Dayrell theoretical perspective of Youth, who conceives the young as a diverse group. The results were bracketed into two categories. First "Youth experiences in the Governador Valadares‟ Full Time School", which includes the categories: Time, Right to Education, Work, Gender and demonstrated that young people's experiences were permeated by tiredness and mismatches. Second "The motives of the resistance and its reality as a student" to which belong the categories: Time, Quality Education and Youth, and School that resistance was not time, but school. As final considerations, it was realized that the resistance of young people is not related to school, or to more time at school, but to the school that denies their rights. Although there are still many problems within this experience, it is perceived that the formation of teachers will be able to offer a vital contribution. Then, it is suggested that the construction of a Full-Time School for young people has to be based on the perspective of meeting, participation and respect to youth cultures. As a forward an in-deep study of the theme it was think that other researchs may invest in the interview with the teachers inserted in this experience to verify its difficulties to work with young people.
Description: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9171
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 03/11/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_CaminhosDescaminhosEscola.pdf2,8 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons