Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9088
Title: Fitossociologia e caracterização biotécnica do estrato arbustivo de fragmentos de mata ripária no Parque Estadual Serra do Ouro Branco/MG.
Authors: Ramos, Marília Beatriz de Castro
metadata.dc.contributor.advisor: Sousa, Hildeberto Caldas de
Kozovits, Alessandra Rodrigues
Keywords: Bioengenharia de solos
Mata ciliar
Evolução e funcionamento de ecossistemas
Issue Date: 2014
metadata.dc.contributor.referee: Sousa, Hildeberto Caldas de
Leite, Mariangela Garcia Praça
Thomaz, Luciana Dias
Citation: RAMOS, Marília Beatriz de Castro. Fitossociologia e caracterização biotécnica do estrato arbustivo de fragmentos de mata ripária no Parque Estadual Serra do Ouro Branco/MG. 2014. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.
Abstract: Técnicas de bioengenharia de solos estão se difundindo gradativamente pelo Brasil como prática sustentável para estabilização de taludes fluviais. Antes das intervenções, entretanto, deve-se previamente conhecer quais espécies vegetais são mais adequadas para serem utilizadas nestes projetos. Atributos como capacidade de reprodução vegetativa via estacas, formação de densa malha de raízes, flexibilidade do caule e disponibilidade de material vegetal autóctone na região são parâmetros relevantes para a escolha destas espécies. Neste contexto, este estudo objetivou identificar espécies arbustivas das matas ripárias do Córrego do Veríssimo localizado no Parque Estadual Serra do Ouro Branco, município de Ouro Branco, Minas Gerais, com aptidão para uso em projetos biotécnicos. Realizou-se o levantamento fitossociológico utilizando o método de parcelas e estimou-se a densidade, frequência, dominância e índice de valor de importância das espécies. Além disso, foram calculados o índice de diversidade de Shannon-Wiener (H’) e equabilidade de Pielou (J´). Foram identificadas 75 espécies reunidas em 26 famílias. As famílias com maior riqueza de espécies foram: Asteraceae (12), Myrtaceae (10), Melastomataceae (9) e Rubiaceae (7). A espécie com maior IVI foi Miconia theizans (Bonpl.) Cogn. (12,53), seguida por Baccharis myricifolia DC. (6,10) e Drimys brasiliensis Miers (4,71). O índice de diversidade (H’) encontrado da área foi de 3,61 e a equabilidade de Pielou (J’) foi de 0,84. Em seguida, as 12 espécies de maior abundância e outras 12 pertencentes à listagem obtida pelo levantamento foram testadas em relação à capacidade de se propagar de forma vegetativa em casa de vegetação. Parâmetros como a soma de comprimento de raízes e brotos, número de raízes e brotos e biomassa foram estimados em três tratamentos, sendo realizados plantios em sacos plásticos contendo areia lavada na estação chuvosa (T1) e seca (T2), e submersão parcial de estacas em água na estação chuvosa (T3). As espécies Cyrtocymura scorpioides (Lam.) H.Rob. e Bidens sp., quando comparadas às outras espécies testadas, exibiram maior percentual de produção de raízes e parte aérea, assim como uniformidade de estacas enraizadas, além de apresentarem maiores comprimentos e número de raízes e brotos para um período de 40 dias. Vale destacar que as estacas de C. scorpioides, confeccionadas na estação chuvosa, e Bidens sp., na estação seca, obtiveram resultados promissores.
metadata.dc.description.abstracten: Soil bioengineering techniques are gradually spreading throughout Brazil as a sustainable practice for riverbanks stabilization. Before the interventions, however, it is important to know which plant species are most suitable for use in these projects. Attributes such as ability to vegetative reproduction via cuttings, formation of dense mesh of roots, stem flexibility and availability of native plant material in the region are relevant parameters for the choice of species. In this context, this study aimed to identify riparian shrub species of the Veríssimo stream located in the Serra do Ouro Branco State Park, municipality of Ouro Branco, state of Minas Gerais, with suitability for use in biotechnical projects. Was performed phytosociological survey using the plot method. The density, frequency, dominance and importance value index (IVI) of the species were estimated. Furthermore, the Shannon- Wiener (H ') and the Pielou (J') diversity indexes were calculated. Then the 12 most abundant species and 12 others from the listing obtained by the phytosociological survey were tested for their ability to propagate vegetatively in a greenhouse. Parameters such as the sum of roots and shoots length, number of roots and shoots and biomass were estimated in three treatments as follows: planting in plastic bags containing sand in the rainy season (T1), in the dry season (T2), and cuttings partial submersion in water in the rainy season (T3). Seventy-five species from 26 families were identified. Families with higher species richness were Asteraceae (12), Myrtaceae (10), Melastomataceae (9) and Rubiaceae (7). The species with the highest IVI was Miconia theizans (Bonpl.) Cogn. (12.53), followed by Baccharis myricifolia DC. (6.10) and Drimys brasiliensis Miers (4.71). The H' diversity index of the study area was 3.61 and the Pielou evenness (J') was 0.84. The species Cyrtocymura scorpioides (Lam.) H.Rob. and Bidens sp. stood out in the ability to propagate vegetatively compared to the other species tested. Both species exhibited higher percentage of roots and shoots production, uniformity of cuttings rooted and higher length and number of roots and shoots for 40 days. Is worth mentioning that the stakes of C. scorpioides, made in the rainy season, and Bidens sp., in the dry season, yielded promising results.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9088
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 29/10/2015, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÂO_FitossociologiaCaracterizaçãoBioténica.pdf5,09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons