Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8762
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBordoni, Leonardo Santos-
dc.contributor.authorMedeiros, A. D. F.-
dc.contributor.authorSilva, A. P. N. da-
dc.contributor.authorCrivellaro, A. G.-
dc.contributor.authorGrossi, L. O.-
dc.contributor.authorTrindade, M. P.-
dc.contributor.authorBordoni, Polyanna Helena Coelho-
dc.date.accessioned2017-09-20T14:38:34Z-
dc.date.available2017-09-20T14:38:34Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationBORDONI, L. S. et al. Suicídio atípico com dois ou mais disparos efetivos de arma de fogo: casuística do Instituto Médico Legal de Belo Horizonte e implicações periciais. Revista Brasileira de Criminalística, v. 6, p. 43-51, 2017. Disponível em: <http://rbc.org.br/ojs/index.php/rbc/article/view/163>. Acesso em: 29 ago. 2017pt_BR
dc.identifier.issn2237-9223-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8762-
dc.description.abstractO Brasil ocupou o oitavo lugar em números absolutos de suicídios no mundo em 2012. Apesar do suicídio com arma de fogo (AF) não ser a modalidade mais comum, é frequente seu encontro na prática pericial criminal. Na maioria dos suicídios com AF há apenas um disparo efetivo e o encontro de duas ou mais lesões de entrada classifica o suicídio como at ípico. Neste estudo foram avaliados os suicídios atípicos com dois ou mais disparos efetivos de AF nas necropsias do Instituto Médico Legal de Belo Horizonte realizadas entre 2006 e 2012. Foram resgatados cinco casos, correspondendo a 2,63% do total de suicídios com AF autopsiados no período estudado. A maioria dos casos era do sexo masculino, solteira, tinha pele morena, apresentava idade média de 42,3 anos e recebeu atendimento médico previamente ao óbito. Em quatro casos foram observadas duas lesões de entrada de projéteis de AF e em apenas um foram observadas três. Todos apresentavam lesões de entrada no tórax, a maioria localizada na região peitoral esquerda. Em dois indivíduos houve lesões de entrada no tórax e na cabeça. A causa da morte da maioria foi traumatismo torácico perfuro-contuso. Apesar da necropsia forense ser crucial no estabelecimento da causa médica da morte e na avaliação da capacidade de desempenhar atos motores voluntários após um primeiro disparo, a investigação criminal de casos de suicídios atípicos é um trabalho multidisciplinar, onde cada uma das peças periciais deve se encaixar adequadamente para o estabelecimento correto da causa jurídica da morte.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectNecropsia forensept_BR
dc.subjectPerícia criminalpt_BR
dc.subjectAtypical suicidept_BR
dc.subjectFirearmpt_BR
dc.subjectForensic necropsypt_BR
dc.titleSuicídio atípico com dois ou mais disparos efetivos de arma de fogo : casuística do Instituto Médico Legal de Belo Horizonte e implicações periciais.pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseOs trabalhos publicados na Revista Brasileira de Criminalística estão sob Licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: Revista Brasileira de Criminalística <http://rbc.org.br/ojs/index.php/rbc/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 28 jan. 2020.pt_BR
dc.description.abstractenBrazil ranked eighth in absolute numbers of suicides in the world in 2012. Although firearm suicide (FS) is not the most common form, it is frequently encountered in crime scene investigation. In most suicides with FS there is only one effective shot and the encounter of two or more entrance wounds classifies such suicide as atypical. This study evaluated atypical suicides with two or more gunshot wounds at Belo Horizonte Medical Forensic Institute's necropsies conducted between 2006 and 2012. Five cases were examined, corresponding to 2.63% of all suicides with firearms autopsied in the period studied. The majority were male, single, had brown skin, with a mean age of 42.3 years and received medical care prior to death. In four cases, two entrance wounds were observed and in only one three were observed. All of them presented lesions entering the thorax, most of them located in the left pectoral region. In two individuals there were lesions entering the thorax and head. The cause of death was chest trauma for most of them. Although forensic necropsy is crucial in establishing the medical cause of death and in assessing the ability to perform voluntary motor acts after a first shot, criminal investigation of atypical suicide cases is a multidisciplinary work where each of the pieces of knowledge must fit adequately for the correct establishment of the manner of death.pt_BR
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.15260/rbc.v6i2.163-
Appears in Collections:DECGP - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_SuicídioAtípicoDois.pdf291,68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.