Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8680
Título : Análise comparativa dos óbitos de médicos e advogados periciados no IML-BH no período de 2006 a 2012.
Autor : Bordoni, Polyanna Helena Coelho
Braga, Ana Cláudia de Assis Capanema
Vieira, João Paulo Silva
Laender, Marcela Teixeira
Pinto, Sillas Mourão
Bordoni, Leonardo Santos
Palabras clave : Necropsia
Causas externas
Medicina legal
Fecha de publicación : 2017
Citación : BORDONI, P. H. C. et al. Análise comparativa dos óbitos de médicos e advogados periciados no IML-BH no período de 2006 a 2012. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, v. 6, p. 258-275, 2017. Disponível em: <http://www.ipebj.com.br/forensicjournal/edicoes?volume=6&numero=2&artigo=263>. Acesso em: 29 ago. 2017.
Resumen : As causas externas apresentam distribuição desigual entre diferentes grupos populacionais. Esta pesquisa buscou verificar se há diferença nos óbitos por causas externas entre médicos e advogados, profissões de um mesmo grupo socioeconômico. Foi realizado um estudo transversal dos laudos de necropsias realizadas em médicos e advogados no IML-BH no período de 2006 a 2012. Foram analisados 107 laudos, sendo 39 de médicos (36%) e 68 de advogados (64%). Em ambos os grupos houve predominância de indivíduos do sexo masculino, com idade superior a 49 anos e a maioria vivia sozinha. As principais circunstâncias dos óbitos nos dois grupos foram acidentes de trânsito, suicídio e homicídio, nesta ordem de prevalência. Como não houve diferença estatística na maioria das variáveis analisadas e o poder do estudo foi inferior a 80%, não foi possível com os dados avaliados afirmar diferenças nos óbitos por causas externas entre as duas ocupações. Apesar deste estudo não apresentar poder suficiente para demonstrar associação entre a circunstância do óbito e a profissão, sua relevância encontra-se na descrição do perfil epidemiológico destes profissionais em relação às mortes por causas externas. O seu conhecimento pode orientar ações preventivas em relação a essa causa de mortalidade, contribuindo para medidas de saúde pública.
metadata.dc.description.abstracten: External causes of death are unequally distributed among different populations. This study sought to verify if there is a difference in the deaths of external causes between doctors and lawyers, professions of the same socioeconomic group. A cross-sectional study of autopsy reports performed at IML-BH between 2006 and 2012 in physicians and lawyers was carried out. 107 necropsy reports were retrieved, 39 of which in physicians (36%) and 68 in lawyers (64%). In both groups there were predominance of males and individuals that lived alone. Most were over 49 years old. The main circumstances of the deaths in the two groups were traffic accidents, suicide and homicide, in this order of prevalence. As there was no statistical significance (p> 0.5) in most of the data analyzed and the power of the study was less than 80%, it was not possible with the data evaluated to affirm differences between the two occupations. Although this study does not have enough power to demonstrate an association between the circumstance of death and the profession, its relevance is in the description of the epidemiological profile of these professionals in relation to deaths due to external causes. Their knowledge can guide preventive actions and assists in relation to this cause of mortality, contributing to public health measures.
URI : http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8680
ISSN : 2237261X
metadata.dc.rights.license: Disponível sob um licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante.. Fonte: Brazilian Journal of Forensic Sciences <http://www.ipebj.com.br/forensicjournal/normas.php> Acesso em: 09 ago 2017.
Aparece en las colecciones: DECGP - Artigos publicados em periódicos

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
ARTIGO_AnáliseComparativaòbitos.pdf437,84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.