Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8669
Title: Tenacidade à fratura e propagação de trinca de fadiga de uma superliga INCONEL 600.
Authors: Godefroid, Leonardo Barbosa
Lopes, Jadir Antônio Moreira
Al-Rubaie, Kassim Shamil Fadhil
Keywords: Tenacidade
Propagação de trinca
Modelamento
Issue Date: 2004
Citation: GODEFROID, L. B. et al. Tenacidade à fratura e propagação de trinca de fadiga de uma superliga INCONEL 600. Matéria, Rio de Janeiro, v. 9, n.4, p. 315-324, 2004. Disponível em: <http://www.materia.coppe.ufrj.br/sarra/artigos/artigo10612/>. Acesso em: 20 jul. 2017.
Abstract: No presente trabalho procurou-se verificar a tenacidade à fratura e a resistência à propagação de trinca de fadiga de uma superliga de níquel do tipo INCONEL 600. Trata-se de uma liga Ni-Cr-Fe, utilizada em componentes internos de geradores de energia termonuclear. Corpos-de-prova do tipo C(T) foram confeccionados no sentido longitudinal de conformação mecânica, com espessura de 7 mm e relação B/W (espessura por largura) igual a 1/4. Os ensaios foram realizados na temperatura ambiente. Os ensaios de tenacidade à fratura tiveram como objetivo a determinação da curva de resistência integral J versus incremento de trinca Δa e o valor crítico Ji de iniciação de crescimento de trinca. Foi determinado também o valor de CTOD de carga máxima. Estes ensaios foram realizados de acordo com a Norma ASTM E 1820. Os ensaios de fadiga foram realizados para a determinação da taxa de propagação de trinca da/dN em função da força motriz ΔK de propagação de trinca de fadiga, desde o limiar de propagação até a fratura. Os ensaios foram realizados para R (razão entre tensões) igual a 0,1 , de acordo com a Norma ASTM E 647. Os resultados mostraram valores elevados para as propriedades estudadas, indicando que o material atende as especificações para utilização na indústria termonuclear. Observou-se que a técnica da normalização para modelamento da curva de resistência J-Δa é conservadora, necessitando de correção. Observou-se também que o modelo matemático de Collipriest representa bem a forma sigmoidal da curva da/dN x ΔK.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8669
metadata.dc.identifier.uri2: http://www.materia.coppe.ufrj.br/sarra/artigos/artigo10612/
ISSN: 15177076
Appears in Collections:DEMET - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_TenacidadeFraturapropagação.pdf702,43 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.