Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8668
Title: Caracterização do fechamento de trinca de fadiga numa liga Al 7475 pré-deformada e com shot peening.
Authors: Viana, Thiago Gomes
Godefroid, Leonardo Barbosa
Barroso, Emerson Kellem Lana
Al-Rubaie, Kassim Shamil Fadhil
Keywords: Fechamento de trinca de fadiga
Fechamento de trinca
Issue Date: 2015
Citation: VIANA, T. G. et al. Caracterização do fechamento de trinca de fadiga numa liga Al 7475 pré-deformada e com shot peening. Matéria, Rio de Janeiro, v. 10, n.3, p. 454-462, 2005. Disponível em: <http://www.materia.coppe.ufrj.br/sarra/artigos/artigo10683/>. Acesso em: 20 jul. 2017.
Abstract: No presente trabalho procurou-se verificar o efeito de estiramento em tração e de tratamento mecânico superficial de shot peening na resistência à propagação de trinca de fadiga de uma liga de alumínio do tipo Al 7475-T7351. Trata-se de uma liga Al-Zn-Mg-Cu, com tratamento térmico de superenvelhecimento, para emprego aeronáutico. Corpos-de-prova do tipo C(T) foram confeccionados no sentido longitudinal de conformação mecânica, e posteriormente ensaiados de acordo com a Norma ASTM E 647, para a determinação da taxa de propagação de trinca da/dN em função da força motriz ΔK de propagação de trinca de fadiga, desde o limiar de propagação até a fratura. Os ensaios foram realizados para R (razão entre tensões) igual a 0,1 e 0,5. A espessura dos corpos-de-prova foi de 5 mm. O efeito do estiramento foi estudado em corpos-de-prova com 0%, 3% e 5% de deformação plástica. O efeito de shot peening foi estudado em corpos-de-prova com e sem este tratamento superficial. A resistência à propagação de trinca de fadiga diminui com o aumento do estiramento, mas pode ser melhorada através do shot peening. Quanto maior o valor de R, maior a taxa de propagação de trinca. Todos estes efeitos foram estudados e explicados a partir da determinação da variação da carga de fechamento de trinca em função da força motriz ΔK, assim como através de análise fratográfica.
metadata.dc.description.abstracten: Aluminum alloys are widely used in aeronautical design due to their good mechanical properties and low densities. Among these alloys, 7475 (Al-Zn-Mg-Cu), modified from 7075, is successfully used due to strength similar to that of 7075 and superior fracture toughness. In this study, strips of 7475-T7351 (overaged) were subjected to two tensile pre-strain levels of 3% and 5%, and surface treatment of shot peening. Using compact tension C(T) specimens with 5 mm thickness, fatigue crack growth (FCG) tests were conducted in air under constant amplitude loading at a stress ratio of 0.1 and 0.5, with specific emphasis at the fatigue threshold. The results showed that FCG resistance decreased with an increase in the pre-strain level, but increased with shot peening. Fatigue crack closure and fractographic analysis were used to explain the different behavior.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8668
metadata.dc.identifier.uri2: http://www.materia.coppe.ufrj.br/sarra/artigos/artigo10683/
ISSN: 15177076
Appears in Collections:DEMET - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CaracterizaçãoFechamentoTrinca.pdf741,33 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.