Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8556
Título: Adaptação transcultural do questionário three day physical activity recall.
Autor(es): Damasceno, Vinicius de Oliveira
Silva, André Calil e
Amorim, Paulo Roberto
Lima, Jorge Roberto Perrout de
Vianna, Jeferson Macedo
Gonçalves, Reginaldo
Werneck, Francisco Zacaron
Lamounier, Joel Alves
Palavras-chave: Atividade motora
Metabolismo energético
Comparação transcultural
Inquéritos e questionários
Data do documento: 2017
Referência: DAMASCENO, V. de O. et al. Adaptação transcultural do questionário three day physical activity recall. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 23, p. 93-97, 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-86922017000200093&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 29 ago. 2017.
Resumo: Introdução: Diversos são os instrumentos que mensuram atividade física no Brasil. Um deles é o Three Day Physical Activity Recall, porém, até o momento, nenhuma ferramenta foi submetida à adaptação transcultural. Objetivo: Descrever os procedimentos e critérios de escolha do Three Day Physical Activity Recall quanto à equivalência conceitual, semântica e de itens, que resultou na versão brasileira para adolescentes de 10 a 12 anos. Métodos: Foram compilados artigos que continham o instrumento de autorrelato, que tivessem como variáveis de interesse o nível de atividade física e o custo energético. As buscas foram realizadas nas bases de dados BIREME, LILACS, MEDLINE, PubMed, SciELO, Web of Science e SPORTDiscus. Seguiram-se as etapas da adaptação transcultural: dez doutores e 30 membros da população-alvo participaram da avaliação e adequação do constructo à cultura brasileira (equivalência conceitual e de itens) e a versão em português do instrumento seguiu todas as recomendações para equivalência semântica. Resultados: São apresentadas as avaliações dos doutores sobre a versão em português do instrumento, envolvendo questões sobre regionalidade das atividades, dificuldade cognitiva para o autorrelato, instruções, capacidade de mensuração da atividade física e seus domínios. As diferentes versões de tradução e re-tradução do instrumento, com destaque para as modificações solicitadas, assim como a versão final são apresentadas. Conclusões: Tendo sido satisfeitos os pré-requisitos da adaptação transcultural, concluiu-se que o instrumento está adaptado para a população e cultura alvo; entretanto, as qualidades psicométricas, a reprodutibilidade, a validade, o constructo e o critério devem ser testados.
Resumo em outra língua: Introduction: There are several tools that measure physical activity in Brazil. One of them is the Three Day Physical Activity Recall; however, until now, no tool was subjected to cross-cultural adaptation. Objective: To describe the procedures and criteria for selecting the Three Day Physical Activity Recall on the conceptual, semantic and items equivalence, which resulted in the Brazilian version for adolescents from 10 to 12 years. Methods: Articles have been compiled containing the self-report instrument that had as variables of interest the level of physical activity and energy cost. A survey was conducted in the following databases: BIREME, LILACS, MEDLINE, PubMed, SciELO, Web of Science, and SPORTDiscus. The steps of cultural adaptation came next: 10 doctors and 30 members of the target population participated of the evaluation and adjustment of the construct to the Brazilian culture (conceptual and item equivalence) and the Portuguese version of the instrument followed all recommendations for semantic equivalence. Results: Here we present the evaluations of doctors on the Portuguese version of the instrument, involving questions about regionality of activities, cognitive impairment to self-report, instructions, ability to measure physical activity and their domains. The different versions of the translation and retranslation of the tool, highlighting on the changes requested as well as the final version are presented. Conclusions: Since the prerequisites of cultural adaptation have been met, it was concluded that the tool is adapted for the target population and culture; nevertheless, the psychometric qualities, reproducibility and validity, construct and criterion must be tested.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8556
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1517-869220172302141856
ISSN: 1517-8692
Licença: Os trabalhos publicados no periódico Revista Brasileira de Medicina do Esporte, exceto onde identificado, estão sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais. Fonte: Revista Brasileira de Medicina do Esporte <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1517-8692&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 22 jan. 2020.
Aparece nas coleções:DEEFD - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AdaptaçãoTransculturalQuestionário.pdf150,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.