Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8253
Title: A Universidade de São Paulo e a interventoria de Adhemar de Barros : memórias de um conflito político.
Authors: Esteves, Henrique Afonso
metadata.dc.contributor.advisor: Carvalho, Rosana Areal de
Keywords: Adhemar Pereira de Barros - 1901-1969
Memória na literatura
Brasil - Historia - Estado Novo - 1937-1945
Imprensa
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Carvalho, Rosana Areal de
Abreu, Marcelo Santos de
Bontempi Júnior, Bruno
Citation: ESTEVES, Henrique Afonso. A Universidade de São Paulo e a interventoria de Adhemar de Barros : memórias de um conflito político. 2017. 125 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2017.
Abstract: Esta pesquisa de mestrado tem como objetivo compreender a Universidade de São Paulo no advento do Estado Novo a partir das tensões entre distintas representações políticas de Adhemar de Barros, no período em que o mesmo atuou como interventor federal, de 1937 a 1941. Surgiu da constatação de que, em alguns pontos da memória da Universidade de São Paulo, o interventor era visto como inimigo, enquanto, em sua biografia, já contemporânea, e pelas páginas dos periódicos no Estado Novo, era descrito como político visionário de vasto conhecimento e de inúmeras contribuições à infraestrutura e à educação médica da universidade. Insere-se na área de investigação das instituições de ensino e tem como eixo norteador aspectos teóricos levantados pela Nova História em seu processo de renovação metodológica, principalmente, no que se refere à política, à cultura e às representações. A problemática desenvolve-se a partir do seguinte questionamento: teria Adhemar de Barros, utilizado um alto cargo político com o intuito de extinguir ou reprimir a instituição, ou apenas adequá-la ao regime estadonovista, sua nova condição, para manter-se visível à política após a extinção do poder legislativo e dos partidos? As fontes utilizadas, vistas como elementos que conferem identidade à instituição, são jornais, discursos solenes, entrevistas e memórias do corpo docente, que variam em documentos primários e secundários, de época e contemporâneos. A metodologia se deu através de uma meso-abordagem que privilegia os movimentos de interação entre políticas internas e externas, sujeitos e grupos, sociedade e instituição. Os resultados apontam para duas representações distintas do mesmo interventor. Enquanto os periódicos, sob tutela do Departamento de Imprensa e Propaganda, expõem um Adhemar de Barros visionário, sobretudo, pelas obras que contemplam a Faculdade de Medicina; a memória institucional relaciona-o com o regime repressivo, que lhe deu sustentação política como interventor, e com suas ações que iam à contramão do laicismo e da liberdade administrativa, propagada principalmente por membros da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. Entendemos que o valor deste trabalho se deposita na construção da História por meio das instituições educativas e sua memória, pois essas revelam, além de uma cultura interna própria, ações políticas que extrapolam, comumente, o espaço dos seus prédios.
metadata.dc.description.abstracten: This master‟s degree research aims to comprehend the University of São Paulo in the advent of Estado Novo from the tensions between distinct political representations of Adhemar de Barros, in the period he acted as federal intervenor, from 1937 to 1941. It emerged from the ascertainment that, in some points of the memory of the University of São Paulo, the intervenor was seen as an enemy, while in his biography, already contemporary, and through the pages of periodicals during the Estado Novo, he was described as a visionary politician of a wide knowledge and of many contributions to the infrastructure and to the medical education of the University. This work is integrated in the area of investigation of the education institutions and it has as direction theoretical aspects raised through the New History in its process of methodological renewal, mainly, regarding the politics, the culture and the representations. The problematic is developed through the following issue: Has Adhemar de Barros used a high political position in order to extinguish or to repress the Institution, or just to adjust it to the estadonovista rule, his new condition, in order to maintain him visible to the politics after the extinction of the legislative power and of the parties? The sources used, seen as elements that give identity to the Institution, are journals, solemn speeches, interviews and memories of the teaching staff that vary in primary and secondary documents of epoch and contemporaries. The methodology was developed through a meso- approach that privileges the interactional movements between the internal and external politics, subjects and groups, society and institution. The results point out two different representations of the intervenor. While the journals, under the control of the Press and Propaganda Department, show a visionary Adhemar de Barros, especially, through the works that contemplate the Faculty of Medicine; the institutional memory relates him to the repressive regime, that gave him political support as intervenor, and with his actions that went against the laicism and the administrative freedom, propagated mainly for members of Faculty of Philosophy, Science and Letters. We understand that the value of this work is in the construction of History through the educational institutions and its memory, because they reveal, besides an internal culture of their own, political actions that extrapolate, commonly, the space of their buildings.
Description: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8253
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 14/07/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_UniversidadeSãoPaulo.pdf4,77 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons