Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8178
Title: Idade máxima de sedimentação e proveniência do Complexo Jequitinhonha na área-tipo (Orógeno Araçuaí) : primeiros dados U-Pb (LA-ICP-MS) de grãos detríticos de zircão.
Authors: Dias, Tatiana Gonçalves
Soares, Antônio Carlos Pedrosa
Dussin, Ivo Antonio
Alkmim, Fernando Flecha de
Caxito, Fabricio de Andrade
Silva, Luiz Carlos da
Noce, Carlos Maurício
Keywords: Complexo Jequitinhonha
Geocronologia U-Pb
Orógeno Araçuaí
Issue Date: 2011
Citation: DIAS, T. G. et al. Idade máxima de sedimentação e proveniência do Complexo Jequitinhonha na área-tipo (Orógeno Araçuaí) : primeiros dados U-Pb (LA-ICP-MS) de grãos detríticos de zircão. Geonomos, v. 19, p. 121-130, 2011. Disponível em: <http://www.igc.ufmg.br/portaldeperiodicos/index.php/geonomos/article/view/48>. Acesso em: 20 de jun. 2017.
Abstract: O Complexo Jequitinhonha, situado no nordeste de Minas Gerais, é uma das unidades metassedimentares mais extensas do Orógeno Araçuaí. Na área-tipo, situada na região de Jequitinhonha -Almenara, este complexo consiste de paragnaisse peraluminoso (kinzigítico) migmatizado, com intercalações de quartzito, grafita gnaisse e rocha calcissilicática. Os dados isotópicos U-Pb (LA-ICP-MS) de 80 grãos detríticos de zircão de uma amostra de quartzito, coletada em corte da BR-367 cerca de 12 km a SW de Almenara, permitem identificar seis principais intervalos de idades, cujas médias das modas sugerem as seguintes fontes de sedimentos: o embasamento São Francisco-Congo (2541 ± 8 Ma e 2044 ± 6 Ma), o sistema Espinhaço-Chapada Diamantina (1819 ± 6 Ma, 1487 ± 5 Ma e 1219 ± 3 Ma) e o sistema de rifteamento Noqui-Zadiniano-Mayumbiano-Salto da Divisa (956 ± 4 Ma). A idade máxima de sedimentação em 898 ± 8 Ma é dada pelo zircão mais novo. Os espectros de idades desta amostra do Complexo Jequitinhonha e de rochas do Grupo Macaúbas são muito similares, indicando correlação entre estas unidades. Contudo, no Complexo Jequitinhonha inexiste evidência de glaciação. Assim, o Complexo Jequitinhonha na área-tipo é interpretado como depósito de margem passiva da bacia precursora do Orógeno Araçuaí, mais novo que a glaciação Macaúbas e, portanto, equivalente às formações Chapada Acauã Superior e Ribeirão da Folha.
metadata.dc.description.abstracten: The Jequitinhonha Complex is one of the most extensive metasedimentary units of the Araçuaí Orogen. In the type-area, located in the Jequitinhonha-Almenara region, this complex includes migmatized peraluminous (kinzigitic) paragneiss with intercalations of quartzite, graphite gneiss and calcsilicate rock. U-Pb (LA-ICP-MS) data from 80 detrital zircon grains extracted from a quartzite sample, collected in a BR-367 road cut around 12 km SW from Almenara, yielded six main age intervals, which mode mean values suggest the following sediment sources: the São Francisco-Congo basement (2541 ± 8 Ma and 2044 ± 6 Ma), the Espinhaço-Chapada Diamantina system (1819 ± 6 Ma, 1487 ± 5 Ma and 1219 ± 3 Ma), and the Noqui-Zadinian-Mayumbian-Salto da Divisa rift system (956 ± 4 Ma). The maximum sedimentation age of 898 ± 8 Ma is constrained by the youngest zircon grain. Spectra of detrital zircon ages for this sample of the Jequitinhonha Complex and rocks of the Macaúbas Group are very similar and suggest a correlation between these units. However, this complex shows no evidence of glaciation. Therefore, the Jequitinhonha Complex in its type-area is interpreted as a passive margin deposit of the precursor basin of the Araçuaí Orogen, younger than the Macaúbas glaciation and, thus, equivalent of the Upper Chapada Acauã and Ribeirão da Folha formations.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8178
ISSN: 01044486
metadata.dc.rights.license: Os direitos autorais dos trabalhos publicados na Geonomos são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Fonte: Revista Geonomos. Disponível em: <http://www.igc.ufmg.br/portaldeperiodicos/index.php/geonomos/about/submissions#copyrightNotice> Acesso em 10 de jun. 2017.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_IdadeMaximaSedimentação.pdf1,65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.