Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7974
Title: Interferência da terapia com o betabloqueador Carvedilol na resposta inflamatória cardíaca aguda em camundongos C57BL/6 infectados pela cepa colombiana do Trypanosoma cruzi.
Authors: Horta, Aline Luciano
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, André Talvani Pedrosa da
Keywords: Trypanosoma cruzi
Carvedilol
Betabloqueador
Doença de chagas
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Costa, Daniela Caldeira
Costa, Isabel Regina dos Santos
Silva, André Talvani Pedrosa da
Citation: HORTA, Aline Luciano. Interferência da terapia com o betabloqueador Carvedilol na resposta inflamatória cardíaca aguda em camundongos C57BL/6 infectados pela cepa colombiana do Trypanosoma cruzi. 2017. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: A resposta inflamatória gerada pela infecção pelo Trypanosoma cruzi promove alterações morfofisiológicas nas células cardíacas de hospedeiros mamíferos. Esta inflamação progressiva contribui para a geração de um quadro patológico de caráter fibrogênico culminando em possíveis alterações estruturais/ funcionais ao coração. Fármacos com propriedades cardiovasculares e prescritos no manejo clínico de indivíduos chagásicos têm sido investigados por suas ações imunomodulatórias. Nesta proposta, foram avaliadas as ações do betabloqueador Carvedilol (CV) e do benznidazol (BZ), em camundongos machos da linhagem C57BL/6, infectados com 50 formas tripomastigotas da cepa Colombiana do Trypanosoma cruzi, e agrupados de acordo com as seguintes intervenções: (I) 15 animais infectados que não receberam tratamento (II) 15 animais tratados com 100mg/Kg/dia de BZ (III) 15 animais tratados com o CV 25mg/kg/dia (IV) 15 animais tratados com a combinação dos fármacos BZ 100mg/kg/dia e CV 25mg/kg/dia. Além disso, foram utilizados 10 animais como controle não infectado. A ação do betabloqueador (CV) 25 mg/kg e/ ou BZ 100 mg/kg, foi avaliada após 28 dias de infecção, e 23 dias de tratamento, período análogo à fase aguda. A eutanásia ocorreu no 280 dia, sendo o coração conservado para análise histopatológica, e avaliação de Estresse oxidativo (SOD, catalase, TBARs, proteínas carboniladas), e o sangue/plasma destinado aos ensaios imunoenzimáticos (CCL2, CCL5, TNF-alfa, IL-10), além de avaliar a parasitemia e sobrevida ao longo da infecção. Desta maneira, observou-se, que a terapia com o CV elevou a mortalidade dos animais, a parasitemia, assim como o nível das quimiocinas CCL2 e CCL5 no tecido muscular cardíaco, mas por outro lado reduziu os níveis de TNF. Em contrapartida, o CV não alterou o perfil da citocina regulatória IL-10. O tratamento em monoterapia com o CV promoveu, ainda, o aumento do infiltrado inflamatório no tecido muscular cardíaco mediante infecção pelo T. cruzi, em relação aos animais infectados não tratados. Conclui-se que o CV não foi capaz de oferecer proteção cardíaca ao hospedeiro mamífero durante a fase aguda da infecção pelo T. cruzi por elevar os mediadores inflamatórios e, consequentemente, o infiltrado inflamatório cardíaco. Outros estudos em diferentes modelos experimentais tornam-se necessários para compreender as ações pleiotrópica do CV em roedores, uma vez que em seres humanos este fármaco apresenta propriedade protetora cardíaca em indivíduos cardiopatas crônicos.
metadata.dc.description.abstracten: The inflammatory response generated by Trypanosoma cruzi infection promotes morphophysiological changes in the cardiac cells of mammalian hosts. This progressive inflammation contributes to the generation of a pathological picture of fibrogenic character culminating in possible structural / functional changes to the heart. Drugs with cardiovascular properties and prescribed in the clinical management of chagasic individuals have been investigated for their immunomodulatory actions. In this proposal, the actions of the beta blocker Carvedilol (CV) and benznidazole (BZ) were evaluated in infected male C57BL / 6 mice with 50 trypomastigote forms of the Trypanosoma cruzi Colombian strain, and grouped according to the following interventions: (I) 15 infected animals not receiving treatment (II) 15 animals treated with 100 mg / kg / day BZ (III) 15 treated animals With CV 25mg / kg / day (IV) 15 animals treated with the combination of drugs BZ 100mg / kg / day and CV 25mg / kg / day. In addition, 10 animals were used as uninfected control. The action of beta-blocker (CV) 25 mg / kg and / or Benznidazole (BZ) 100 mg/ kg, was evaluated after 28 days of infection, and 23 days of treatment, a period analogous to the acute phase. Euthanasia occurred at 28th day, and the heart was preserved for histopathological analysis and oxidative Estresse evaluation (SOD, catalase, TBARs, carbonylated proteins), and blood / plasma for immunoenzymatic assays (CCL2, CCL5, TNF-alpha, IL -10), in addition to evaluating parasitemia and survival throughout the infection. In this way, we observed that CV therapy increased the mortality of the animals, parasitemia, as well as the level of chemokines CCL2 and CCL5 in cardiac muscle tissue, but on the other hand it reduced TNF levels. In contrast, CV did not alter the IL-10 regulatory cytokine profile. The monotherapy treatment with CV also promoted the increase of inflammatory infiltrate in cardiac muscle tissue. T. cruzi infection in relation to untreated infected animals. It is concluded that CV was unable to provide cardiac protection to the mammalian host during the acute phase of T. cruzi infection by elevating inflammatory mediators and, consequently, cardiac inflammatory infiltrate. Other studies in different experimental models become necessary to understand the pleiotropic actions of CV in rodents, since in humans this drug presents cardiac protective property in chronic cardiopathy individuals.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7974
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 11/05/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ InterferênciaTerapiaBetabloqueador.pdf1,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.