Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7950
Título: Efeito de antocianina e propolis em diabetes induzida em coelhos.
Título(s) alternativo(s): Effects of anthocyanin and propolis in diabetic rabbits.
Autor(es): Oliveira, Tânia Toledo de
Nagem, Tanus Jorge
Pinto, Aloísio da Silva
Message, Dejair
Tinoco, Adelson Luiz Araújo
Magalhães, Neuza Maria de
Silva, José Francisco da
Huertas, Alfredo Alcides Goicochea
Pinto, José Geraldo
Pezerico, Graciela Bergamaschi
Tsiomis, Alexandre Couto
Palavras-chave: Própolis
Diabetes
Antocianinas
Triacilgliceróis
Data do documento: 2002
Referência: OLIVEIRA, T. T. de et al. Efeito de antocianina e propolis em diabetes induzida em coelhos. Revista de Medicina de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, v. 35, n. 4, p. 464-469, 2002. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/875>. Acesso em: 20 maio 2017.
Resumo: A síndrome clínica da diabetes é caracterizada pela redução da capacidade de metabolização de carboidratos e gorduras, resultando em aumento dos níveis séricos de glicose (hiperglicemia) e lipídios (hiperlipidemia), acarretando em degeneração vascular prematura. O objetivo do presente trabalho foi testar os efeitos da antocianina e do própolis ministrados nas doses de 20mg e 150mg, respectivamente, em coelhos diabéticos para a verificação dos efeitos sobre os níveis de glicose e triacilglicerol. Os grupos experimentais de coelhos estudados foram: Grupo 1- grupo controle que somente recebeu ração; Grupo 2- grupo diabético que recebeu ração mais aloxano; Grupo 3- grupo diabético que recebeu ração, aloxano e 1 cápsula de antocianina (20mg) diariamente; Grupo 4- grupo diabético que recebeu ração, aloxano e 1 cápsula de própolis (150mg) diariamente. Os Grupos 3 e 4 foram submetidos a vinte e oito dias de tratamento, com dosagem semanal dos níveis sanguíneos de glicose e de triacilglicerol. De acordo com os resultados obtidos, pode-se observar que, durante todo o período experimental, a antocianina foi mais eficaz, em induzir a queda dos níveis de glicose, com reduções de 10,78% aos 7 dias, 10,54% aos 14 dias, 17,33% aos 21 dias e 28,09% aos 28 dias. Já o própolis apresentou redução de 22,69% aos 28 dias. Observou-se redução dos percentuais de variação de triacilgliceróis em 22,74% pela antocianina e 22,60% pelo tratamento com própolis aos 28 dias. Ao se compararem os Grupos 3 e 4 com o Grupo 2 (aloxano) durante todo o período experimental, os níveis de triacilgliceróis aumentaram no período de 0 a 21 dias.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7950
Link para o artigo: http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/875
DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v35i4p464-469
ISSN: 2176-7262
Aparece nas coleções:DEQUI - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_EfeitoAntocianinaPropolis.pdf45,12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.