Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7768
Title: Nietzsche : da filosofia do trágico à filosofia trágica, ou o criar como afirmação da vida.
Authors: Sabino, Paulo Cesar Jakimiu
metadata.dc.contributor.advisor: Pimenta Neto, Olímpio José
Keywords: Arte - estética
Classicismo na arte
Romantismo na arte
Arte - filosofia
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Pimenta Neto, Olímpio José
Lopes, Rogério Antônio
Coelho, Venúncia Emília
Citation: SABINO, Paulo Cesar Jakimiu. Nietzsche: da filosofia do trágico à filosofia trágica, ou o criar como afirmação da vida. 2017. 131 f. Dissertação (Mestrado em Estética e Filosofia da Arte) - Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: O intuito de nossa dissertação é investigar a transição de uma filosofia do trágico para uma filosofia trágica na obra de Nietzsche, mais precisamente entre O nascimento da tragédia e os dois volumes de Humano, demasiado humano. A mudança se dá pelo seguinte: a filosofia do trágico é uma reflexão sobre uma visão de mundo, tematizada por pensadores tão diversos como Goethe, Hegel ou Kierkegaard, por exemplo. A filosofia trágica, por sua vez, é uma proposta diante da vida: a criação. A partir da análise do conceito de criação, podemos explicitar a mudança no pensamento de Nietzsche. Isso exige, também, explicitar as diferenças entre outros dois conceitos centrais da filosofia nietzschiana: arte e trágico. Em nossa pesquisa, porém, não focamos apenas aquilo que mudou, mas também as continuidades que existem entre o livro de estreia e Humano, demasiado humano. Uma delas, característica fundamental para o que se estabelece no período intermediário da obra de Nietzsche, é o compromisso com a afirmação da vida. Ao fim, esperamos que seja possível perceber como, através da arte, podemos dizer sim à vida.
metadata.dc.description.abstracten: The purpose of our dissertation is to investigate the transition from a philosophy of the tragic to a tragic philosophy in Nietzsche’s work, precisely, between The Birth of Tragedy and the two volumes of Human, all too human. The change happens by the following condition: the philosophy of the tragic is a reflection on a worldview, thematized by different thinkers like Goethe, Hegel or Kierkegaard for example. The tragic philosophy, in turn, is a proposal faced life: the creation. From the analysis of the creation’s concept, we can explain the change in Nietzsche’s thinking. This also requires in explain the differences between two others concepts of nietzschian philosophy: art and tragic. Yet, in our research we didn’t focus just in what changed, but we also focus in the developments there are between his first book and Human, all too human. One of this developments, an essential characteristic for what will be established in intermediary Nietzsche’s work, is the commitment with the affirmation of life. In the end, we expect that is possible noticed how we can say Yes to life through the art.
Description: Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Departamento de Filosofia, Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7768
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 15/05/2017 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:PPGEFA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_NietzscheFilosofiaTrágico.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons