Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7688
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLima, Wanderson Geraldo dept_BR
dc.contributor.advisorOliveira, Lenice Kappes Beckerpt_BR
dc.contributor.authorTotou, Nádia Lúcia-
dc.date.accessioned2017-05-09T13:53:48Z-
dc.date.available2017-05-09T13:53:48Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationTOTOU, Nádia Lúcia. Utilização da formulação HPΒ-CD Angiotensina-(1-7) como estratégia de tratamento preventivo das lesões musculares pós-exercício físico. 2016. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7688-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractNo presente estudo avaliamos o efeito da administração oral com a formulação HPβ-CD Angiotensina-(1-7) na prevenção de lesões musculares induzidas pelo exercício físico. Ratos Wistar, foram divididos em três grupos: Grupo previamente tratado com HPβ-CD Angiotensina-(1-7), grupo previamente tratado com HPβ-CD e grupo controle. Os animais dos grupos tratados foram submetidos a uma única sessão de exercício de contração excêntrica, realizado em esteira inclinada a -13º com velocidade constante de 20 m.min-1. A administração com a HPβ-CD Angiotensina-(1-7) (50 μg/Kg) e com o veículo HPβ-CD foi realizado três horas antes do protocolo de exercício e diariamente, em dose única, até o dia da eutanásia. A eutanásia aconteceu nos tempos: 04, 12, 24, 48 e 72 horas após a sessão de exercício, para acompanhar a evolução temporal do tratamento com a formulação. Foram coletadas amostras de sangue total, fragmentos dos tecidos musculares esqueléticos sóleo e gastrocnêmico para análises de creatina kinase (CK), interleucina – 6 e 10 (IL-6 e Il -10) e fator de necrose tumoral alfa (TNF-α) e análises histológicas de Hematoxilina e Eosina e Picrosirius Red. Nossos resultados mostraram que exercício de contração excêntrica e realizado de forma intensa levam ao dano muscular. Observamos aumento nos níveis séricos de CK, elevação nos níveis de citocinas pró (TNF-α e IL-6) e anti (IL-10) inflamatórias nos tecidos musculares sóleo e gastrocnêmio. Além disso, observamos aumento de células inflamatórias e deposição de tecido conjuntivo fibroso (colágeno tipo III) no tecido muscular visto por análises histológicas. O tratamento preventivo com HPβ-CD Angiotensina-(1-7) foi capaz de reverter ou diminuir todo o processo observado nos animais tratados somente com HPβ-CD. A administração de forma oral com a formulação de Angiotensina-(1-7) atenuou a liberação de CK na corrente sanguínea, diminuiu os níveis teciduais de TNF-α e IL-6, além de aumentar os níveis de IL-10. Por fim, observamos por meio de análises histológicas que o tratamento preventivo com a Angiotensina-(1-7) atenuou o infiltrado inflamatório e a deposição de colágeno tipo III, observadas principalmente nós tempos iniciais após o exercício físico intenso. Em conjunto, os resultados do presente estudo mostram que o tratamento com a formulação oral da Angiotensina-(1-7), tem papel fundamental em diferentes fases do processo de reparação da lesão muscular induzida pelo exercício físico. O acompanhamento temporal mostrou que a administração da formulação nos tempos iniciais pós-lesão são fundamentais no tratamento.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectLesão muscularpt_BR
dc.subjectInflamaçãopt_BR
dc.subjectReumatismo não articularpt_BR
dc.titleUtilização da formulação HPΒ-CD Angiotensina-(1-7) como estratégia de tratamento preventivo das lesões musculares pós-exercício físico.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 18/04/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeLima, Wanderson Geraldo dept_BR
dc.contributor.refereeAlzamora, Andréia Carvalhopt_BR
dc.contributor.refereeSantos, Robson Augusto Souza dospt_BR
dc.description.abstractenIn the present study we evaluated the effect of oral administration with HPβ-CD formulation angiotensin-(1-7) in preventing muscle damage induced by exercise. Wistar rats were divided into three groups: Previously treated with HPβ-CD angiotensin- (1-7) group, previously treated group HPβ-CD and control group. Animals of the treated groups were subjected to a single eccentric contraction exercise session, held on a treadmill inclined to -13º a constant speed of 20 m.min-1. The administration with HPβ CD-angiotensin-(1-7) (50 mg / kg) and HPβ-CD was performed three hours before exercise protocol and daily as a single dose, until the day of euthanasia. Euthanasia happened in the times: 4, 12, 24, 48 and 72 hours after the exercise session to monitor the evolution of the treatment with the formulation. Whole blood samples, fragments of skeletal soleus and gastrocnemius muscle tissues were collected for analysis of creatine kinase (CK), interleukin - 6 and 10 (Il IL-6 and -10) and tumor necrosis factor (TNF-α) and histological analysis of hematoxylin and eosin and Sirius Red. Our results showed that eccentric contraction and performed intensively exercise lead to muscle damage. We observed increased serum levels of CK elevation in pro cytokines (TNF-α and IL-6) and anti (IL-10) inflammatory soleus and gastrocnemius muscle tissue. In addition, there was an increase of inflammatory cells and deposition of fibrous connective tissue (collagen type III) in muscle tissue seen by histological analyzes. Preventive treatment with HPβ-CD angiotensin- (1-7) was able to reverse or reduce the process observed in animals treated only with HPβ-CD. The oral administration with the formulation of angiotensin- (1-7) attenuated the release of CK into the bloodstream, decreased tissue levels of TNF-α and IL-6, besides increasing IL-10 levels. Finally, we observed through histological analyzes that preventive treatment with angiotensin-(1-7) attenuated the inflammatory infiltrate and deposition of collagen type III, we observed mainly early times after intense exercise. Together, the results of this study show that treatment with the oral formulation of angiotensin-(1-7) plays a fundamental role in different phases of muscle damage repair process induced by exercise. The time monitoring showed that administration of the formulation at early times post-injury are fundamental in the treatment.pt_BR
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_UtilizaçãoFormulaçãoAngiotensina.pdf1,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons