Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7644
Title: Desenvolvimento de métodos de extração de mercúrio em vegetais e avaliação da contaminação no distrito de Antônio Pereira, Ouro Preto, MG.
Authors: Vieira, Júlia Condé
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Roberta Eliane Santos Froes
Lena, Jorge Carvalho de
Keywords: Ultrassonografia
Hortaliças - extração - química
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Silva, Roberta Eliane Santos Froes
Amorim, Flávia Regina de
Soares, Liliane Catone
Citation: VIEIRA, Júlia Condé. Desenvolvimento de métodos de extração de mercúrio em vegetais e avaliação da contaminação no distrito de Antônio Pereira, Ouro Preto, MG. 2017. 76 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, MG, possui desde o século XVIII, quando foi fundado, a mineração como principal atividade. Uma situação atual vem alarmando a população local e Secretarias Públicas da região. Alguns casos de Pênfigo Foliáceo (PF) ou “fogo selvagem”, como também é conhecida a patologia, apareceram no distrito. Estudos apontam possíveis desencadeadores do fogo selvagem, e alguns deles se enquadram no contexto no qual se encontra Antônio Pereira. Um deles é a exposição ao mercúrio, metal muito utilizado na amálgama para extração do ouro, atividade ainda realizada por muitos garimpeiros na região. No Brasil, a endemia vem sendo historicamente associada à exploração do ouro e às contaminações ambientais decorrentes dessa atividade. O presente trabalho teve como intenção investigar a disponibilidade de um dos possíveis desencadeadores da doença na biota do distrito e averiguar a contaminação por metais pesados a fim de comparar com dados extraídos em anos anteriores da mesma região, já existentes em literatura. Para isso, amostras de água, sedimentos e vegetais foram coletadas em pontos estratégicos para o estudo, em períodos sazonais definidos. Essas amostras foram preparadas por digestão e/ou extração em Micro-ondas e Ultrassom e analisadas por Espectrometria de Absorção Atômica com Geração de Vapor Frio (CVAAS), Analisador Direto de Mercúrio (DMA), Espectrometria de Absorção Atômica com Geração de Hidretos (HG-AAS) e Espectrometria de Absorção Atômica por Chama (FAAS). Uma técnica analítica de extração de mercúrio por meio de banho ultrassônico em amostras de vegetais foi validada para análise por CVAAS, e comparada com técnicas de extração consolidadas. A técnica desenvolvida mostrou-se mais vantajosa, em termos de recuperação do analito, que as técnicas já existentes. A conclusão dos resultados obtidos com as matrizes estudadas poderá auxiliar em medidas de mitigação a serem adotadas no local da presente pesquisa.
metadata.dc.description.abstracten: Antônio Pereira, a district in Ouro Preto, MG, has since the eighteenth century, when it was founded, mining as its main activity. A current situation has alarmed the local population and Public Secretaries in the region. Cases of Pemphigus Foliaceus (PF) or "fogo selvagem", as is also known the pathology, appeared in the district. Studies point to possible triggers of “fogo selvagem” and some of them fall within the context of Antônio Pereira. One of them is the exposure to mercury, a widely used metal in amalgam for gold extraction, an activity still performed by many gold miner in the region. In Brazil, the illness has been historically associated with gold exploit and the environmental contaminations resulting from this activity. The present work intends to investigate the availability of one of the possible triggers of the disease in the biota of the district and to investigate the contamination by heavy metals in order to compare with data obtained in previous years from the same region already existing in the literature. For this, water, sediment and plant samples were collected at strategic points for the study, in defined seasonal periods. These samples were prepared by digestion and/or extraction in Microwave and Ultrasound and analyzed by Cold Vapor Atomic Absorption Spectrometry (CVAAS), Direct Mercury Analyzer (DMA), Hydrogen Generation Atomic Absorption Spectrometry (HG-AAS) and Flame Atomic Absorption Spectrometry (FAAS). An analytical method of extracting mercury by ultrasonic bath in plant samples was validated for analysis by CVAAS, and compared with consolidated extraction methods. The method developed was more advantageous, in terms of analyte recuperation, than the existing methods. The conclusion of the results obtained with the matrices studied could help the mitigation procedures to be adopted at the place of the present research.
Description: Programa de Pós-Graduação em Química. Departamento de Química, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7644
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 19/04/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante.
Appears in Collections:PPGQUIM - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_DesenvolvimentoMétodosExtração.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons