Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7615
Title: Saberes docentes e ensino de matemática para alunos com deficiência visual : contribuições de um curso de extensão.
Authors: Martins, Marileny Aparecida
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Ana Cristina
Keywords: Educação inclusiva - matemática
Formação de professores
Deficientes visuais
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Ferreira, Ana Cristina
Nunes, Célia Maria Fernandes
Healy, Siobhan Victoria
Citation: MARTINS, Marileny Aparecida. Saberes docentes e ensino de matemática para alunos com deficiência visual : contribuições de um curso de extensão. 2017. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2017.
Abstract: Embora a legislação brasileira tenha avançado no sentido de promover a inclusão de alunos com deficiência nas escolas regulares, observa-se uma profunda distância entre o que ela e a literatura na área propõem e a prática cotidiana na maioria das escolas do país. Uma parte significativa dessa problemática relaciona-se à dificuldade dos professores para lidar com as demandas advindas da inclusão escolar e de serem reduzidas as oportunidades existentes na formação inicial, e mesmo na continuada, de sensibilização e construção de saberes coerentes com essa realidade. A presente pesquisa, de natureza qualitativa, se insere no campo da Formação de Professores para uma Educação Matemática Inclusiva e teve como propósito analisar possíveis mobilizações de saberes relacionados ao ensino de Matemática para alunos com deficiência visual, por professores e futuros professores participantes de um curso de extensão. Embasados teoricamente na literatura sobre saberes docentes, inclusão e ensino de Matemática para pessoas com deficiência visual, construiu-se e desenvolveu-se um curso extensão do qual participaram professores, futuros professores, monitores e intérpretes de Libras. Os procedimentos metodológicos envolveram: observação, questionário, diário de campo, gravações em áudio e vídeo dos encontros e registros produzidos pelos participantes ao longo do curso de extensão. A análise dos dados produzidos pelos participantes com formação em Matemática (uma professora e quatro licenciandos) estruturou-se em três dimensões: o trabalho coletivo e a socialização de saberes; as reflexões sobre o ensino de Matemática em uma perspectiva inclusiva; e aprendendo a ensinar Matemática em perspectiva inclusiva. Os resultados evidenciam que o curso de extensão, além de sensibilizar os participantes em relação à Educação Matemática Inclusiva, contribuiu para a mobilização de saberes relacionados ao ensino de Matemática para alunos com deficiência visual em classes regulares tanto em relação ao conteúdo matemático e sua didática quanto relacionados à organização da classe e produção de materiais.
metadata.dc.description.abstracten: Although the Brazilian legislation has been advanced to promote the inclusion of students with special needs in regular schools, it has been observed a great distance between what the literature proposes and the daily practices in the majority of the schools in the country. A significant part of the problem refers to the difficulties that the teachers have to handle the demands of the inclusion and the reduction of the opportunities in the initial formation, and even in the continuing education, about the construction of knowledge in line with this reality. The present essay, of qualitative nature, is inserted in the field of Teacher training for Inclusive Mathematics Education and had as purpose to analyze possible mobilizations of knowledge related to teaching mathematics for students with visual impairment, by teachers and future teachers participating in an extension course. Theoretically based on the literature on teacher knowledge, inclusion and teaching of Mathematics for the visually impaired, a course was created and developed which was attended by teachers, future teachers, monitors and interpreters of Libras. The methodological procedures involved: observation, questionnaire, field journal, tape and video records from the meetings and produced by the participants involved. The analysis of the data produced by the participants with training in Mathematics (One teacher and Four Graduates) was structured in 3 dimensions: Collective work and the socialization of knowledge; the reflections on the teaching of Mathematics in an inclusive perspective; and learning to teach Mathematics in an inclusive perspective. The results show that, the extension course, as well as raising awareness in the participants with relation to the inclusive mathematics, contributed to mobilization of knowledge related to the teaching of mathematics for students with visual impairment in regular classes both in relation to the mathematical content and its didactics and related to the organization of the class and production of materials.
Description: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7615
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 11/04/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_SaberesDocentesEnsino.pdf1,75 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons