Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7047
Title: Análise das áreas de preservação permanente do perímetro urbano de Ouro Preto (MG).
Other Titles: An evaluation of the environmentally protected areas within the urban center of Ouro Preto (MG), Brazil.
Authors: Lucon, Thiago Nogueira
Prado Filho, José Francisco do
Sobreira, Frederico Garcia
Bojikian, Cynthia Tange
Keywords: Áreas de preservação permanente
Ocupação de áreas protegidas
Environmentally protected areas
Issue Date: 2011
Citation: LUCON, T. N. et al. Análise das áreas de preservação permanente do perímetro urbano de Ouro Preto (MG). Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, p. 107-124, 2011. Disponível em: <http://www.revsbau.esalq.usp.br/artigos_cientificos/artigo195-publicacao.pdf>. Acesso em: 15 set. 2016.
Abstract: O crescimento e a velocidade de ocupação das áreas urbanas constituem uma preocupação constante dos profissionais ligados à questão urbano ambiental das cidades. Ouro Preto (MG) tem muitas das suas áreas legalmente protegidas suprimidas pela urbanização, reduzindo assim, a qualidade e quantidade dos recursos hídricos, a estabilidade geológica e a biodiversidade urbana. Este estudo, por meio de técnicas de geoprocessamento, identificou, quantificou e classificou o uso do solo das áreas de preservação permanente (APP) inseridas no perímetro urbano de Ouro Preto como estabelece o Código Florestal Brasileiro e complementado pela Lei Municipal nº 93/2011. De acordo com os resultados obtidos, a cidade apresenta APP de 19,37 km2 representando 69% da área total. Dentre as APP no perímetro urbano, 19% (3,70 km2) encontram-se antropizadas, constituído de áreas construídas (11%), arruamentos (3%) e solo exposto (5%), favorecendo problemas comoprocessos erosivos, instabilidade de terrenos e deslizamentos de massa, assoreamento dos corpos d’água e diminuição na qualidade dos recursos hídricos. O presente trabalho oferece dados para a administração municipal desenvolver políticas públicas locais que visem à preservação, conservação e recuperação dessas áreas, bem como subsídios à fiscalização dos usos irregulares e a promoção de ações de recuperação e intervenções visando à proteção geoambiental.
metadata.dc.description.abstracten: The fast pace of urban sprawling over natural areas has long been a concern of professionals in the fields of urban and environmental planning. Ouro Preto (MG) is not an exception in Brazil. Relevant portions of its environmentally protected areas have been affected by urban projects, which have, in turn, negatively impacted water resources, geological stability, biodiversity, the health and well-being of the population. Based on geoprocessing techniques, this study has quantified and classified the land uses within environmentally protected areas in the urban center of Ouro Preto, as required by the Brazilian Forest Act (N. 4771/1965) and the Municipal Ordinance N. 93/2011. Findings indicate that the urban center has 19,37 km2 of environmentally protected areas, which accounts for 69% of total urban center. Within these protected areas, 19% (3,7 km2) is already urbanized by buildings (11%), roads (3%) and exposed land (5%), thus triggering soil erosion, geological instability, landslides, siltation and water pollution. This study presents data that can be used in local public policy-making targeting preservation, conservation and rehabilitation of legally protected areas, especially in urban centers. The data presented here can also be used in the context of local inspection and land rehabilitation and reclamation programs.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7047
ISSN: 19807694
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pela Revista da Sociedade Brasileira de Arborização em 29/08/2016 para depositar uma cópia eletrônica dos artigos publicados por esse periódico em que ao menos um dos autores é aluno ou professor da UFOP.
Appears in Collections:DEAMB - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AnáliseÁreasPreservação.pdf1,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.