Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6589
Title: Condições ambientais e prevalência de infecção parasitária em indígenas Xukuru-Kariri, Caldas, Brasil.
Authors: Simões, Bárbara dos Santos
Coelho, George Luiz Lins Machado
Pena, João Luiz
Freitas, Silvia Nascimento de
Keywords: Saúde indígena
Indicadores de saúde
Parasitologia
Meio ambiente
Brasil
Issue Date: 2015
Citation: SIMÕES, B. dos S. et al. Condições ambientais e prevalência de infecção parasitária em indígenas Xukuru-Kariri, Caldas, Brasil. Revista Panamericana de Salud Publica, v. 38, p. 42-47, 2015. Disponível em: <http://www.scielosp.org/pdf/rpsp/v38n1/v38n1a06.pdf>. Acesso em: 16 jun. 2016.
Abstract: Objetivo. Descrever as condições ambientais e o quadro de infecção parasitária dos indígênas Xukuru-Kariri residentes no município de Caldas (MG), Brasil. Métodos. Foi realizado um estudo transversal em março de 2009. Dados sociodemográficos e ambientais foram coletados através de entrevista. Amostras de água e fezes foram coletadas para determinação da contaminação ambiental e parasitológica. Resultados. A população foi composta por 86 indivíduos, divididos em 22 famílias, sendo 81,8% dos chefes de baixa escolaridade (primeiro grau incompleto). Das 26 amostras de água coletadas para análise microbiológica, 77,0% foram positivas para coliformes totais e 4,0% para Escherichia coli. Em 27,3% dos domicílios, os moradores defecavam na parte exterior da casa, e 54,5% dos domicílios possuíam lixo espalhado pelo quintal. Foram coletadas amostras fecais de 60 indivíduos, com positividade em 66,6%. As prevalências registradas foram: Entamoeba histolytica/dispar, 6,7%; Entamoeba coli, 60,0%; Endolimax nana, 1,8%; e Giardia duodenalis, 6,6%. Conclusões. As pessoas incluídas na pesquisa estavam sujeitas a características ambientais que as tornavam vulneráveis nos aspectos relacionados à saúde. É primordial a promoção de ações de saúde e a implementação de políticas públicas de saneamento, com fornecimento de água de qualidade adequada e recolhimento e tratamento de dejetos humanos e rejeitos domiciliares para evitar a degradação ambiental e melhorar a qualidade de vida desses indivíduos.
metadata.dc.description.abstracten: OBJECTIVE: To describe the environmental conditions and the parasitic infection status of Xukuru-Kariri individuals living in the municipality of Caldas, state of Minas Gerais, Brazil. METHODS: A cross-sectional study was carried out in March 2009. Sociodemographic and environmental data were collected through interviews. Water and fecal samples were collected for determination of environmental contamination and parasitic infection status. RESULTS: The Xukuru-Kariri population living in Caldas included 86 people divided into 22 families. Of 22 heads of household, 81.8% had low schooling (not higher than elementary education). Of 26 water samples collected for microbiological analysis, 77.0% were positive for total coliforms and 4.0% for Escherichia coli. Residents of 27.3% of households defecated in the open. Trash was scattered in the yard of 54.5% of households. Fecal samples were collected from 60 individuals, with parasitic infection in 66.6%. The following prevalence rates were recorded: Entamoeba histolytica/dispar, 6.7%; Entamoeba coli, 60.0%; Endolimax nana, 1.8%; and Giardia duodenalis, 6.6%. CONCLUSIONS: The people included in this study faced environmental characteristics that contributed to their health vulnerability. Health actions as well as the implementation of public policies to provide sanitation, with quality water and adequate collection and treatment of human and household waste, are essential to prevent environmental degradation and improve the quality of life of these individuals.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6589
ISSN: 1020-4989
metadata.dc.rights.license: Todo o conteúdo do periódico Revista Panamericana de Salud Pública, exceto onde identificado, está sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação. Fonte: Revista Panamericana de Salud Pública <https://www.scielosp.org/journal/rpsp/about/#about>. Acesso em: 19 set. 2019.
Appears in Collections:DENCS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CondiçõesAmbientaisPrevalência.pdf230,13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.