Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/6564
Title: Análise da atividade antiviral de compostos derivados de naftoquinonas naturais e sintéticas sobre a replicação de Dengue virus em modelo in vitro.
Authors: Silveira, Paola Faria da
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Breno de Mello
Brandão, Geraldo Célio
Keywords: Aedes aegypti
Fármacos
Issue Date: 2016
metadata.dc.contributor.referee: Souza, Gustavo Henrique Bianco de
Magalhães, José Carlos de
Citation: SILVEIRA, Paola Faria da. Análise da atividade antiviral de compostos derivados de naftoquinonas naturais e sintéticas sobre a replicação de Dengue virus em modelo in vitro. 2016. 52 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) – Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2016.
Abstract: O Dengue virus (DENV) possui quatro sorotipos diferentes (1-4) que são principalmente transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti. A infecção resulta na patogênese da dengue, que é uma epidemia de proporções globais. Apesar dos esforços, ainda não existe uma vacina eficaz contra os quatro sorotipos, bem como drogas eficientes no tratamento de pacientes. Portanto, vários estudos tem sido conduzidos na busca de fármacos com atividade antiviral contra o DENV e outros Flavivirus. Dentre os compostos estudados para este fim, estão as naftoquinonas, metabólitos secundários produzidos por algas, fungos, plantas e animais. Estes compostos podem ser extraídos principalmente a partir de plantas do gênero Tabebuia (família Bignoniaceae), são caracterizados por apresentar atividade antiviral, destacando-se a ß-lapachona, potente inibidor da enzima transcriptase reversa dos vírus mieloblastose aviária (AMV) e leucemia murina de Rauscher (RLV). O objetivo deste trabalho foi testar oito diferentes compostos derivados de naftoquinonas sintéticas e naturais com potencial atividade antiviral contra DENV. Para isso, uma triagem foi realizada por redução de MTT (brometo de 3- (4,5-dimetiltiazol-2-il) -2,5-brometo difenil tetrazolina) para avaliar a atividade citotóxica de oito compostos na linhagem celular BHK-21, resultando no cálculo da concentração citotóxica 50% (CC50) e as concentrações não citotóxicas a serem utilizada em testes subsequentes para os compostos A1, A2, A3, A4, A5, A6, A7 e A8 (lapachol, β-lapachona, 2-Hidroxi-3-(β,β-dimetilvinil)-1,4-naftoquinona, 2-Cloro-1,4-naftoquinona e 4 derivados de lapachol). Em seguida, células BHK-21 foram incubadas com os compostos em concentrações não citotóxicas em diferentes diluições e infectadas com os sorotipos 1 e 2 DENV na multiplicidade de infecção (MOI) de 5 e 2 para os sorotipos 1 e 2, respectivamente. A atividade antiviral foi testada através da análise de redução de MTT e pela titulação de virus liberados no sobrenadante. Apesar de alguns compostos terem apresentado redução de até uma unidade logarítmica no número de partículas virais, os resultados indicaram que estes fármacos não demonstraram atividade antiviral nas condições experimentais testadas.
metadata.dc.description.abstracten: The Dengue virus (DENV) has four different serotypes (1-4) that are primarily transmitted by the mosquito Aedes aegypti. Infection results in the pathogenesis of dengue, which is an epidemic of global proportions. Despite these efforts, there is still no effective vaccine against the four serotypes, as well as efficient drugs in the treatment of patients. Therefore, various studies have been conducted in the search for drugs with antiviral activity against DENV and other flaviviruses. Among the studied compounds for this purpose are the naphthoquinones, secondary metabolites produced by algae, fungi, plants and animals. These compounds can be mainly extracted from plants of the genus Tabebuia (Bignoniaceae), are characterized by having antiviral activity, especially the ß-lapachone, potent inhibitor of the enzyme reverse transcriptase of avian myeloblastosis virus (AMV) and murine leukemia Rauscher (RLV). The aim of this study was to test eight different compounds derived from synthetic and natural naphthoquinones with potential antiviral activity against DENV. For this, a screening was performed by reduction of MTT (3- (4,5-dimethylthiazol-2-yl) -2,5-diphenyl bromide tetrazolina) to assess the cytotoxic activity of the compounds eight BHK-21 cell line resulting in the calculation of the cytotoxic concentration 50% (CC50) and non-cytotoxic concentrations to be used in subsequent tests for compounds A1, A2, A3, A4, A5, A6, A7 and A8 (lapachol, β-lapachone, 2-hydroxy -3- (β, β-dimethylvinyl) -1,4-naphthoquinone, 2-chloro-1,4-naphthoquinone and derivatives lapachol 4). Then, BHK-21 cells were incubated with compounds at non-cytotoxic concentrations in different dilutions and infected with serotypes 1 and 2 DENV at multiplicity of infection (MOI) of 5 and 2 for serotypes 1 and 2, respectively. The antiviral activity was assayed by MTT reduction assay and the virus titer released into the supernatant. Although some compounds have shown reduced to one log unit in the number of viral particles results indicate that these drugs did not show antiviral activity in experimental conditions.
Description: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6564
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 07/07/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPBIOTEC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseAtividadeAntiviral.pdf2,29 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons