Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6496
Title: O papel da prosódia na expressão de atitudes de ataque ao ethos no discurso político.
Authors: Moura, Leandro da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Antunes, Leandra Batista
Galinari, Melliandro Mendes
Keywords: Língua portuguesa - versificação
Ironia na litreratura
Comportamento verbal
Issue Date: 2016
metadata.dc.contributor.referee: Lima, Helcira Maria Rodrigues de
Marusso, Adriana Silvia
Citation: MOURA, Leandro da Silva. Papel da prosódia na expressão de atitudes de ataque ao ethos no discurso político. 2016. 152 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2016.
Abstract: Os estudos prosódicos ganharam espaço no cenário linguístico nas últimas décadas e, mais recentemente, a prosódia dos afetos sociais tem chamado a atenção dos prosodistas. Estudar a prosódia de uma língua significa, em alguma medida, compreender como se dão os processos de organização da melodia, do ritmo e da intensidade, junto aos demais elementos linguísticos que também fazem parte da língua. Na Antiguidade Clássica, a associação prosódia-discurso/demais elementos linguísticos já era sinalizada, quando, na Retórica, encontramos menção às questões relacionadas ao ritmo, ao volume e à harmonia, ou seja, ao que hoje chamamos prosódia, entendidos como elementos retóricos importantes para as construções discursivas. Se pensarmos em situações de debates político-eleitorais televisionados, podemos ver que os elementos prosódicos compõem a argumentação retórica. Partindo da hipótese de que parâmetros prosódicos como a F0, a duração e a intensidade são ajustados na expressão das atitudes, funcionando como pistas para a caracterização e o reconhecimento destas, o objetivo geral deste trabalho é investigar qual o papel da prosódia na expressão de atitudes de ataque no discurso político, sobretudo, nos momentos de ataque ao ethos e de desqualificação do outro. O corpus deste trabalho é composto por quatro debates político-eleitorais televisionados, realizados em 2014 entre os candidatos ao governo de Minas Gerais. Nesses debates, foram selecionados 50 enunciados, sendo 31 críticos, 7 irônicos e 12 neutros, validados em um teste de percepção, que contou com a participação voluntária de 22 falantes nativos de português brasileiro. Para atingir nosso objetivo, as 50 frases passaram por análise acústica, com o auxílio do software PRAAT®, na qual foram observadas questões relacionadas à F0, à duração e à intensidade. No que respeita à F0, nos ativemos a: pontos inicial, final, mínimo, máximo, média e tessitura do enunciado, além dos movimentos melódicos finais e de ênfase. Quanto à duração, observamos a velocidade de fala, por meio do cálculo das taxas de articulação e de elocução e a duração das pausas, quando presentes, além da duração média de sílabas prolongadas, da última pretônica e da última tônica do enunciado. Para a intensidade, observamos apenas a média por enunciado, pois não tivemos controle das gravações, o que possibilitaria uma análise mais detalhada desse parâmetro. Os resultados nos mostraram que a crítica tende a apresentar valores mais altos de F0 em todos os pontos do enunciado medidos. Além disso, encontramos um padrão predominantemente descendente para o movimento final, que acontece com registros de frequência também mais altos em relação ao neutro. As taxas de articulação e de elocução evidenciam que os locutores tendem a expressar a crítica com uma fala mais lenta, preenchida por pausas. Notamos ainda a presença de prolongamentos e de movimentos circunflexos em elementos enfatizados, mostrando como os parâmetros de F0 e de duração se complementam na expressão das atitudes. Outras estratégias prosódicas foram notadas na expressão da crítica, como uma mudança de qualidade de voz de dois locutores, o que pode funcionar como pista para a caracterização dessa atitude. No que tange à ironia, não encontramos um único padrão prosódico a ser seguido. Acreditamos, assim, que os locutores adotam estratégias individuais na expressão dessa atitude, além de usarem outros elementos, como o riso, para corroborar a construção de sentido irônico. Desse modo, evidenciamos que a prosódia é um elemento linguístico que faz parte da argumentação e atua de maneira bastante expressiva nos momentos de desqualificação do outro quando se trata, no caso deste trabalho, de discurso político.
metadata.dc.description.abstracten: Prosodic studies have been highlighted in the linguistic field since last decades, and most recently, prosodists’ attention has been drawn to social affective prosody. Studying the prosody of a language means, to some extent, to understand how the processes of organizing fundamental frequency, rhythm and intensity occur, along with all the other linguistic elements that are also part of language. In the Ancient Greece, the association of prosody-speech/other linguistic elements was already addressed, which can be proved when we find mention of issues related to the rhythm, volume and harmony in Aristotle’s Rhetoric, i.e., what we currently call prosody, defined as important rhetorical elements for discursive constructions. If we think of political-electoral televised debates-related situations, we notice that the prosodic elements make up the rhetorical argumentation. Assuming that prosodic parameters such as fundamental frequency (F0), duration and intensity are adjusted in the expression of attitudes, serving as clues to the characterization and recognition of these, the aim of this study is to investigate the role of prosody in the expression of attitudes of attack, in political discourse, especially when attacking the ethos and devaluing the other. The corpus of this work consists of four political-electoral televised debates, performed in 2014 by the candidates for governor of Minas Gerais state. In these debates, 50 sentences were selected, including 31 critical, 7 ironic and 12 neutral, validated in a perception test, which included the voluntary participation of 22 native speakers of Brazilian Portuguese. To achieve our goal, the 50 sentences have undergone acoustic analysis, with the aid of PRAAT® software, where issues related to F0, duration and intensity were observed. Regarding to F0, we focused on: initial, final, minimum and maximum points values, mean of F0 and pitch range of the sentence, as well as the final and emphasis melodic movements. Concerning the duration, we calculated the articulation and speech rates and the duration of pauses, when present, besides the average duration of extended syllables, the last pre-tonic and the last tonic of the sentence. For the intensity, we just observed the average per sentence because we had no control of the recordings, which would allow a more detailed analysis of this parameter. The results showed us that the criticism tends to have higher values of F0 at all of the points of the sentences measured. Furthermore, we find a pattern predominantly descendent to final movement, which occurs with frequency registers also higher compared to neutral sentences. The articulation and speech rates show that speakers tend to express criticism with a slower speech, filled with pauses. We noticed yet the presence of prolongations and circumflex movements in emphasized elements, showing how F0 and duration parameters complement each other in the expression of attitudes. Other prosodic strategies were noticed in critical expression, as a change of quality of the voice of two speakers, which may function as a clue for the characterization of this attitude. Regarding the irony, we did not find a single prosodic pattern to follow. We believe, therefore, that the debate participants adopt individual strategies in the expression of this attitude, and use other elements, such as laughter, to support the construction of the ironic sense. Thus, we showed that prosody is a linguistic element that is part of the argumentation and it acts in a very expressive way in times of devaluing the opponent when it comes, in this study, to political speech.
Description: Programa de Pós-Graduação em Letras. Departamento de Letras, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6496
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 12/05/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PapelProsódiaExpressão.pdf3,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.