Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6375
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAssis, André Pacheco dept_BR
dc.contributor.authorSilva, Clíscia Cerceau-
dc.date.accessioned2016-04-12T19:35:50Z-
dc.date.available2016-04-12T19:35:50Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationSILVA, Clíscia Cerceau. Análise de estabilidade de um talude da cava de alegria utilizando abordagem probabilística. 2015. 134 f. Dissertação (Mestrado em Geotecnia) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6375-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Geotecnia. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractEste estudo apresenta os resultados da análise de estabilidade de um talude da Mina de Alegria utilizando a abordagem probabilística. O mesmo visa mostrar as vantagens da abordagem probabilística em complementação às análises tradicionais determinísticas, através dos principais métodos probabilísticos. Dentre elas, pode-se citar a possibilidade de se trabalhar com a variabilidade dos parâmetros de entrada, ao invés da utilização somente das médias destes parâmetros. Além disso, permite calcular a probabilidade de falha (PF) de uma região e analisar o risco associado a um projeto, permitindo o gerenciamento deste. O estudo também apresenta as especificidades do programa Slide (pertencente à Rocscience) para este tipo de análise. O talude foi avaliado por três métodos probabilísticos: Método de Monte Carlo, Método FOSM e Método das Estimativas Pontuais. Para cada um dos métodos, a PF foi calculada. Observou-se que para os três métodos, não houve diferenças muito relevantes nos valores da PF, porém o Método de Monte Carlo permite um número muito maior de simulações e a avaliação de outras superfícies de ruptura além da superfície crítica determinística através do programa Slide. A seção analisada apresentou fator de segurança (FS) considerado satisfatório (FS ≥ 1.30) na análise determinística e baixa PF pelos métodos probabilísticos utilizados. Pode-se dizer que as consequências de uma possível ruptura do talude se resumem em danos no interior da cava, pois não há interferências externas próximas. Logo, consequências relativamente pequenas aliadas a uma PF baixa, conclui-se que o risco é baixo, visto que a definição do mesmo é PF versus a consequência. Dessa forma, é possível dizer que a geometria proposta garante a estabilidade da cava final da região estudada que será executada daqui a alguns anos, sem necessidade de adequações/intervenções no projeto.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectTaludes em rochapt_BR
dc.subjectProbabilidadespt_BR
dc.subjectEstabilidadept_BR
dc.titleAnálise de estabilidade de um talude da cava de alegria utilizando abordagem probabilística.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 02/03/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.description.abstractenThis study presents the results of stability analysis of a slope of Alegria Mine using the probabilistic approach. It aims to show the advantages of stability analysis using the probabilistic approach complementing the traditional deterministic analysis, through the main probabilistic methods. Among the advantages, there is the possibility of working with the variability of input parameters, instead of using only the averages of these parameters. It also allows to calculate the probability of failure (PF) of a region and analyze the risk associated with a project, allowing risk management. The study also presents the specifics of Slide software (by Rocscience) for this type of analysis. The slope was evaluated by three probabilistic methods: Monte Carlo Method, FOSM Method and Method of punctual estimates. For each method, the probability of failure was calculated. It was observed that for all three methods, there weren’t very significant differences in the values of PF, but the Monte Carlo method enables a much larger number of simulations, and evaluation of other rupture surface beyond the deterministic critical surface through Slide software. The analyzed section presented FS considered satisfactory (FS ≥ 1.30) in the deterministic analysis and low PF by probabilistic methods. It can be said that the consequences of a possible break of the slope are summarized in damage inside the pit because there’s no nearby outside interference. Hence, small relatively consequences combined with a low PF, it’s concluded that the risk is low, since it’s the PF versus consequences. Thus, it’s possible to say that the geometry proposal ensures the stability of the final pit of the study area that will be executed in a few years without the need for adjustments / interventions in the project.-
Appears in Collections:POSGEO - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseEstabilidadeTalude.pdf3,9 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons