Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6284
Title: Capacidade resistente da alma de pilares em ligações com chapa de topo na direção do eixo de menor inércia do pilar.
Authors: Hotes, Silvana Lina Silveira
metadata.dc.contributor.advisor: Ribeiro, Luiz Fernando Loureiro
Paula, Geraldo Donizetti de
Keywords: Construção metálica
Chapa de topo - engenharia
Ligações parafusadas
Issue Date: 2006
Citation: HOTES, Silvana Lina Silveira. Capacidade resistente da alma de pilares em ligações com chapa de topo na direção do eixo de menor inércia do pilar. 2006. 136f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2006.
Abstract: Atualmente, mesmo com toda a atenção voltada ao estudo do comportamento estrutural das ligações nas estruturas metálicas, a maioria dos trabalhos realizados dedica-se, quase que exclusivamente, às ligações no eixo de maior inércia do pilar. Isso faz com que ocorra uma lacuna na possibilidade de se considerar o real comportamento momento-rotação do tipo de ligação em que a viga é conectada à alma do pilar. Este trabalho busca desenvolver uma análise numérica tridimensional, via Método dos Elementos Finitos, do comportamento de ligações viga-coluna com chapa de topo, segundo o eixo de menor inércia dos pilares, enfatizando-se a capacidade resistente da alma sob efeito do momento fletor. Foram analisados modelos numéricos classificados em três categorias, de acordo com a esbeltez da alma do pilar: classe 1- baixo índice de esbeltez (lw < 20); classe 2 - índice de esbeltez médio (20 £ lw < 30) e classe 3 - elevado índice de esbeltez (lw ³ 30). As características geométricas dos modelos foram estabelecidas a partir dos parâmetros mais relevantes para a análise, como a espessura e a altura da alma do pilar. Para possibilitar a avaliação da esbeltez da alma, isoladamente, foi adotada, em todos os modelos, a padronização das dimensões da viga, chapa de topo e dos parafusos. O comportamento estrutural das ligações é comparado com os resultados dos modelos analíticos disponíveis, tais como o “Component Method”, adotado pelo EUROCODE 3 (2000), o modelo de Gomes (1990), para determinar o momento plástico da alma da coluna, e o modelo de Neves (1996), que avalia a rigidez elástica da alma do pilar. O enfoque principal do trabalho é voltado para a análise da capacidade resistente da alma do pilar, analisando-se, ainda, a influência no comportamento da curva momento-rotação em função da variação da espessura e altura da alma do pilar, visando-se à coleta de informações que permitam a realização de estudos experimentais futuros e a avaliação do desempenho dos modelos analíticos existentes. Palavras-chave: chapa de topo, ligações parafusadas, ligação no eixo de menor inércia. ___________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Nowadays, even with all attention given to the structural behavior study of connections in steel structures, almost researches are exclusively dedicated to major axis steel beam-to-column connections. This fact have been caused many difficulties to the adoption of the real moment-rotation behavior of connections where the beam is connected to the web column. In this work is developed a 3-D numeric analysis, based on the Finite Element Method, of minor axis beam- to-column end plate connections beam-column behavior, emphasizing the web moment resistance. Numerical models classified in three categories, according with web stiffness - class 1: low stiffness index (lw < 20); class 2: medium stiffness index (20 £ lw < 30) and class 3: high stiffness index ((lw ³ 30) - were analyzed. The geometric characteristics were established from the more important parameters as thickness and height of the web column, adopting the same beam, end plate and bolt dimensions to enable the real web stiffness evaluation. The structural behavior of the numerical models is compared with the results of available analytic models, such as “Component Method” - adopted by EUROCODE 3 (2000) - ; with the model developed by Gomes (1990) - to evaluate the web column plastic moment - and with the model developed by Neves (1996) - to calculate the connection initial stiffness. The main focus of this work is the web column resistance capacity analysis and the influence of thickness and height web column in the moment-rotation behavior, on function. Last, but not least, this works aims to get information that allows the development of future experimental studies and the evaluation of the analytical models. Words-key: End plate, bolted connections, minor axis connections.
Description: Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6284
metadata.dc.rights.license: Open access
Appears in Collections:PROPEC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_CapacidadeResistenteAlma .pdf3,9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.