Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6278
Title: Hemocompatibilidade e efeito sobre o sistema imune de lipossomas vazios compostos de dicetilfosfato ou dipalmitoilfosfatidilglicerol.
Authors: Costa, Walyson Coelho
metadata.dc.contributor.advisor: Rezende, Simone Aparecida
Paula, Carmem Aparecida de
Keywords: Sistema imune
Toxicidade
Sangue - coagulação
Macrófagos
Issue Date: 2015
Citation: COSTA, Walyson Coelho. Hemocompatibilidade e efeito sobre o sistema imune de lipossomas vazios compostos de dicetilfosfato ou dipalmitoilfosfatidilglicerol. 2015. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) – Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.
Abstract: Lipossomas são sistemas de vetorização constituídos basicamente por fosfolipídios e colesterol e que têm sido amplamente usados como carreadores de fármacos, apresentando, dentre outras vantagens, a redução de efeitos adversos em comparação aos observados pelo uso de fármacos na forma livre. Devido ao fato possibilidade dos lipossomas serem naturalmente direcionados aos macrófagos, os quais são alvos da infecção por Leishmania, seu uso apresenta-se promissor para o tratamento das leishmanioses. Como ainda não existe disponível nenhuma formulação lipossomal contendo antimoniato de meglumina (AM), fármaco de primeira escolha na terapia das leishmanioses, a proposição de uma formulação contendo esse fármaco que apresente bons resultados no tratamento da doença e segurança adequada é alvo de inúmeras pesquisas. Formulações promissoras contendo AM têm sido propostas, porém algumas reações adversas têm sido apontadas pelo uso desse sistema, as quais parecem estar relacionadas ao uso do fosfolipídio dicetilfosfato (DCP). Assim, foi proposta uma nova formulação lipossomal em que o DCP foi substituído pelo fosfolipídio dipalmitoilfosfatidilgicerol (DPPG) com o objetivo de tentar reduzir as reações adversas observadas. Dessa forma, neste trabalho, foram realizados testes in vitro para avaliar o efeito das duas formulações vazias sobre componentes celulares e plasmáticos, a saber, a avaliação do efeito sobre as hemácias e sobre a hemostasia. Também foram realizados testes para avaliação do efeito das vesículas lipossomais sobre a linhagem J774 de macrófagos, através da determinação da viabilidade celular e da produção de óxido nítrico, e o efeito sobre o sistema complemento, avaliado pela formação de C3a e de SC5b-9. Os resultados encontrados no presente estudo mostraram que as duas formulações não tiveram efeito sobre a maioria dos testes realizados. Porém, a formulação lipossomal constituída por DCP provocou ativação do sistema complemento, com aumento da formação de C3a. Além disso, essa formulação provocou uma diminuição da viabilidade de macrófagos. Esses dados sugerem que as reações adversas observadas em estudos anteriores podem ser devido ao DCP presente na vesícula lipossomal.
metadata.dc.description.abstracten: Liposomes are a type of vectoring system consisting primarily of phospholipids and cholesterol. These particles have the advantage to reduce the adverse effects observed with drugs encapsulated in comparison to free drugs. Due to the fact that liposomes are naturally targeted to macrophages of the mononuclear phagocytic system (FMS), which are targets of infection by parasites of the genus Leishmania, they are adequate for the treatment of leishmaniasis. Since there is not any liposomal formulation containing meglumine antimoniate (AM), drug of choice in the treatment of leishmaniasis, the proposition of a formulation containing this drug that presents good results in the treatment of disease and adequate security is target of numerous research. Promising formulations containing AM have been proposed, however, some adverse reactions have been identified, such as hematological disorders. Some of these changes seem to be related to the use of dicetylphosphate phospholipid (DCP). Thus, a new liposomal formulation was testes in which DCP was replaced by dipalmitoilfosfatidilgicerol phospholipid (DPPG) in order to reduce adverse reactions observed. Thus, in vitro tests were performed to evaluate the effect of the two formulations over cellular components and plasmatic components, namely the evaluation of the hemolytic effect and influence on hemostasis. Furthermore, tests were performed to evaluate the effect of liposome vesicles on the J774 macrophage lineage, by determining the cell viability and the production of nitric oxide, as well as the effect on complement system, measured by the formation of C3a and SC5b-complex -9. The results of this study showed that both formulations had no effect on most of the tests. However, liposomal formulation comprised of DCP was capable of activating the complement system, with increased formation of C3a. In addition, this formulation caused a decrease in the viability of macrophages. These data suggest that the adverse effects observed in previous studies may be due to phospholipid DCP present in the liposomal vesicle.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6278
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 29/01/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_HemocompatibilidadeEfeitoSistema.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.