Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6225
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCarvalho, Ana Paula Ferreira-
dc.contributor.authorBustamante, Mercedes Maria da Cunha-
dc.contributor.authorKozovits, Alessandra Rodrigues-
dc.contributor.authorAsner, Gregory Paul-
dc.date.accessioned2016-01-26T15:53:51Z-
dc.date.available2016-01-26T15:53:51Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.citationCARVALHO, A. P. F. et al. Variações sazonais nas concentrações de pigmentos e nutrientes em folhas de espécies de cerrado com diferentes estratégias fenológicas. Revista Brasileira de Botânica, Brasil, v. 30, n.1, p. 17-25, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbb/v30n1/a03v30n1.pdf>. Acesso em: 12 nov. 2015.pt_BR
dc.identifier.issn18069959-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6225-
dc.description.abstractVários estudos têm procurado estabelecer relações entre as condições ambientais e as propriedades foliares. Neste trabalho foram medidas as concentrações de pigmentos (clorofilas a, b, carotenóides e antocianinas), N e P e área foliar específica (AFE) em folhas de seis espécies de cerrado (sendo três decíduas e três sempre-verdes) em dois sítios de cerrado stricto sensu com diferenças de cobertura arbustiva-arbórea e em diferentes períodos: início do período seco (junho), fim da seca (setembro) e início das chuvas (novembro). As concentrações de nutrientes variaram mais em função da fenologia e da sazonalidade do que em relação às diferenças estruturais nos sítios, ao contrário do que foi observado para os pigmentos foliares. Os maiores valores de concentração de clorofilas a e b foram encontrados no início (junho) em relação ao final da seca (setembro) nas duas áreas. Em junho, as concentrações de clorofilas a e b foram maiores na área mais densa enquanto a razão clorofila a/b foi menor. A razão clorofila total/carotenóides também foi significativamente maior no cerrado fechado em relação ao aberto nesse período devido às maiores concentrações de clorofilas no primeiro sítio. Espécies decíduas apresentaram maiores médias de AFE em relação às sempre-verdes, tanto na estação seca como na chuvosa, mas concentrações mais elevadas de N e P foram encontradas em espécies sempre-verdes em relação às decíduas. Nos dois grupos fenológicos, as concentrações foliares de N e P e a razão N:P foram maiores na estação chuvosa (novembro) em relação à estação seca (junho). __________________________________________________________________________________________pt_BR
dc.description.abstractABSTRACT: Several studies have been trying to establish relationships between environmental conditions and leaf traits. In the present study, concentrations of pigments (chlorophylls a, b, carotenoids and anthocyanins), N and P and specific leaf area (SLA) weremeasured in leaves of six “cerrado” species (three deciduous and three evergreen species) in two cerrado stricto sensu sites with differences in canopy cover and in different periods: at the beginning of the dry season (June), end of dry season (September) and beginning of the rainy season (November). Nutrient concentrations differed significantly as a function of phenology and seasonality while pigments were more sensitive to changes in vegetation structure. The highest chlorophyll a and b concentrations were measured at the beginning of the dry season (June) in comparison to the end of the dry season (September) in both sites. In June, chlorophyll a and b concentrations were higher in the denser cerrado while the chlorophyll a/b ratio was lower. Total chlorophyll/carotenoids ratio was also significantly higher in the denser cerrado at the beginning of the dry season due to the higher chlorophyll concentration. Deciduous species showed higher SLA mean values than evergreen species, in dry and wet season but higher N and P concentrations were found in the evergreen species. In both phonological groups, N and P concentrations and the N:P ratios were higher in the wet season (November) than in the dry season (June).pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectChlorophyllspt_BR
dc.subjectPhenologypt_BR
dc.subjectSavannapt_BR
dc.subjectSpecific leaf areapt_BR
dc.subjectÁrea foliar espacíficapt_BR
dc.titleVariações sazonais nas concentrações de pigmentos e nutrientes em folhas de espécies de cerrado com diferentes estratégias fenológicas.pt_BR
dc.title.alternativeSeasonal variations in leaf pigments and nutrients in “cerrado” species with different phenological patterns.pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseTodo o conteúdo do periódico Revista Brasileira de Botânica, exceto onde identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0100-8404&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 out. 2015.pt_BR
Appears in Collections:DEBIO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_VariaçõesSazonaisConcentrações.pdf102,85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.