Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6204
Title: Análise teórico-experimental de sistemas industriais de armazenagem (“racks”).
Authors: Oliveira, Adriano Magela de
metadata.dc.contributor.advisor: Sarmanho, Arlene Maria Cunha
Ribeiro, Luiz Fernando Loureiro
Keywords: Estruturas metálicas
Sistemas de armazenagem
Issue Date: 2000
Citation: OLIVEIRA, Adriano Magela de. Análise teórico-experimental de sistemas industriais de armazenagem (“racks”). 2000. 156 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto – Escola de Minas, Ouro Preto, 2000.
Abstract: Os sistemas de armazenagem industriais também conhecidos como “racks” são amplamente utilizados no país. Existe uma variedade desses sistemas, utilizados na armazenagem dos mais variados tipos de produtos, empregados em depósitos de fábricas, supermercados, atacados, etc. Normalmente esses sistemas são constituídos de perfis de aço formados a frio, sendo que as colunas possuem perfurações, para o encaixe de ligações semirígidas dos tipos parafusada e não-parafusada. Nestes sistemas é necessário observar várias considerações relativas à estabilidade influenciada por folga na ligação, estrutura fora do prumo e solicitações horizontais e verticais impostas acidentalmente pelos equipamentos de transporte ou movimentação, entre outros. Todas essas características fazem com que as estruturas dos sistemas “racks” apresentem considerações adicionais ao serem dimensionadas, não consideradas nas normas existentes de perfis de aço formados a frio. Para verificação estrutural desses sistemas, foram desenvolvidas prescrições pelos fabricantes dessas estruturas, tais como a “Storage Equipment Manufacturers’ Association”, SEMA (1980), o “Rack Manufacturers Institute”, RMI (1997) e “Federation Européenne de la Manutention”, FEM (1996), respectivamente empregadas na Inglaterra, Estados Unidos e Europa. Cada fabricante em suas prescrições apresentam procedimentos específicos para dimensionamento desses elementos. Neste trabalho são apresentadas as características de vários tipos de sistemas de armazenagem fabricados no país, com maior ênfase para o sistema de armazenagem “drive-in”. Para um modelo comercial deste sistema, foi realizado um estudo teórico-experimental em colunas curtas e nas ligações. O estudo das colunas curtas avaliou a influência das perfurações na capacidade de carga das colunas do sistema, e quanto as ligações o programa experimental determinou a real rigidez das mesmas. Os resultados experimentais foram avaliados por estudos teóricos baseados nas prescrições do RMI e utilizando método numérico em elementos finitos através do software LUSAS (1999a,b). O estudo numérico envolveu avaliação do modo de ruína, deformações e tensões nas colunas curtas, e da influência da rigidez da ligação semirígidas comparando-se com a rígida na capacidade de carga da estrutura e estabilidade do sistema.
metadata.dc.description.abstracten: Pallet racking systems are widely used in Brazil. There is a variety of these systems, for the storage of several kinds of products, employed in warehouses, supermarkets and factories. These systems usually consist of thin cold-formed steel sections, and the columns possess holes, for the assemblage of semi-rigid bolt and boltless connections. In the stability analysis of these systems it is necessary to consider, for instance, the influence of loose connections, plumbness and extra vertical and horizontal forces caused by operation of the loading equipment. All these features of pallet racking structures pose additional design requirements, not covered by the existing cold formed steel structures design codes. For structural verification and design of these systems, some manufacturers, such as the Storage Equipment Manufacturers Association (SEMA, England,1980), the Rack Manufacturers Institute (RMI,USA,1997) and the Federation Européenne de la Manutention (FEM, 1996), have developed specific procedures. This work presents the characteristics of some types of manufactured pallet racking systems used in Brazil, with emphasis on the drive–in storage system. A theorical-experimental study on stub columns and semi-rigid connections was carried out for a commercial model of the system. The experiments evaluated the influence of the holes in the load-carrying capacity of the stub columns and the real stiffness of the connections. The results were assessed by theoretical evaluations based in the RMI and by numerical analyses using the finite element based LUSAS software. The numerical study involved determination of the failure mode and associated stress and deformation state of the stub columns. It also helped determine the influence of the semi-rigid connection on the load-carrying capacity and stability of the system.
Description: Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6204
metadata.dc.rights.license: Open access
Appears in Collections:PROPEC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseTeóricoExperimental.pdf2,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.