Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6181
Title: Geochemical mapping of arsenic in surface waters and stream sediments of the Quadrilátero Ferrífero, Brazil.
Other Titles: Mapeamento geoquímico do arsênio em águas superficiais e sedimentos fluviais no Quadrilátero Ferrífero, Brasil.
Authors: Costa, Raphael de Vicq Ferreira da
Leite, Mariangela Garcia Praça
Mendonça, Fellipe Pinheiro Chagas
Nalini Júnior, Hermínio Arias
Keywords: Geochemical Mapping
Arsenic
Surface water
Stream sediments
Quadrilátero Ferrífero
Issue Date: 2015
Citation: COSTA, R. de V. F. da et al. Geochemical mapping of arsenic in surface waters and stream sediments of the Quadrilátero Ferrífero, Brazil. Revista Escola de Minas, v. 68, p. 43-51, 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0370-44672015000100043&script=sci_arttext>. Acesso em: 01 set. 2014.
Abstract: Um estudo regional da concentração do arsênio em águas superficiais e sedimentos fluviais com uma alta densidade de amostragem de uma amostra para cada 13 km2 foi conduzido pela primeira vez no Quadrilátero Ferrífero (Brasil). A região foi dividida em bacias de 3ª ordem, sendo amostrados 512 trechos nessas bacias. A concentração de As foi determinada nas águas e nos sedimentos, após digestão parcial, com o auxílio de um ICP-OES. Os valores de arsênio encontrados nas águas superficiais variaram entre 57.70 e 414 μg.L-1. Já para os sedimentos de corrente, as concentrações oscilaram entre 0.63 e 1691 mg.kg-1, sendo que dos 512 pontos de amostragem 135 (26%) apresentaram concentrações de arsênio acima do limite de detecção, que é de 0,63 mg.kg -1. Também foram encontradas 106 bacias de 3ª ordem com valores acima do 3º quartil (5.09 mg.kg-1). Os resultados mostram que as elevadas concentrações deste elemento estão fortemente relacionadas com a presença de rochas do grupo Nova Lima, que contém minerais ricos em arsênio. Porém, a influência antrópica na existência destas elevadas concentrações não pode ser descartada, já que a região apresenta um histórico de mais de 300 anos de exploração de ouro. ____________________________________________________________________________________
ABSTRACT: A regional study on the arsenic concentration in surface waters and stream sediments, with a density of one sample every 13 km2, was carried out for the first time in the Quadrilátero Ferrífero (Brazil). The region was divided into 3rd order catchment basins, in which 512 areas were sampled. The arsenic concentration was determined in waters and stream sediments after partial digestion with the aid of ICP-OES. The arsenic values found in surface waters ranged from 57.70 to 414 μg.L-1, while for stream sediments, arsenic concentrations ranged from 0.63 to 1691 mg.kg-1, and from the 512 sampling points, 135 (26%) had arsenic concentrations above the limit of detection, which was 0.63 mg.kg -1. It was also found that 106 3rd order catchment basins had values above the third quartile, (5.09 mg.kg-1). The results show that high concentrations of this element are strongly related to the presence of Nova Lima rocks that contain minerals rich in arsenic. However, the anthropogenic influence in such high concentrations cannot be ruled out, as the region has a history of over 300 years of gold mining.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6181
ISSN: 18070360
metadata.dc.rights.license: Revista Escola de Minas – REM - autoriza o depósito de cópia de artigos dos professores e alunos da UFOP no Repositório Institucional da UFOP. Contato em 12 set. 2013.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_GeochemicalMappingArsenic.pdf4,47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.