Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6135
Título : Bixina, Norbixina e Quercetina e seus efeitos no metabolismo lipídico de coelhos.
Otros títulos : Bixin, Norbixin and Quercetin and lipid metabolism effects in rabbits.
Autor : Lima, Leonardo Ramos Paes de
Oliveira, Tânia Toledo de
Nagem, Tanus Jorge
Pinto, Aloísio da Silva
Stringheta, Paulo César
Tinoco, Adelson Luiz Araújo
Silva, José Francisco da
Palabras clave : Urucum
Flavonóides
Carotenóides
Colesterol
Fecha de publicación : 2001
Citación : LIMA, L. R. P. et al. Bixina, Norbixina e Quercetina e seus efeitos no metabolismo lipídico de coelhos. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 34, n.04, p. 196-200, 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/bjvras/v38n4/9706.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
Resumen : Os flavonóides apresentam diversas atividades biológicas (antioxidantes, antiinflamatórios, anticancerígenos, dentre outras) e estreitas correlações entre o consumo de alimentos ricos em flavonóides e doenças cardíacas. Pesquisas mostram que os flavonóides 7-glicosilapigenina, 7-bissulfato-apigenina, 7-glicosil-luteolina, 7-bissulfato-luteolina e os corantes bixina e norbixina foram isolados e identificadas suas estruturas de sementes de urucum. O objetivo deste estudo foi testar, isoladamente bixina, norbixina e a quercetina, prese ntes no urucum e a associação da bixina com a quercetina, para verificar seus efeitos hipolipidêmicos em coelhos. A hiperlipidemia foi induzida misturando à ração colesterol 1% + ácido cólico 0,1%, durante 28 dias. As substâncias testadas foram fornecidas na dose de 0,01 mol/kg de peso corporal, por via oral, em cápsulas. Após 28 dias, as dosagens sorológicas foram efetuadas e os resultados expressos em mg/dL de colesterol, colesterol-HDL e triacilgliceróis. De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que a bixina apresentou o ma ior valor na redução do colesterol total embora não tenha sido significativo na manutenção dos níveis elevados de colesterol-HDL e a quer cetina na redução dos triacilgliceróis. A bixina apresentou melhor eficácia em relação ao colesterol-HDL uma vez que a redução deste parâmetro foi menor (-11,43%) ao se comparar o grupo 3 com o grupo 2, sendo vantajoso, já que esta lipoproteína transporta o colesterol da circulação sangüínea para o fígado. Com relação à concentração de triacilgliceróis, a quercetina apresentou a maior percentagem de redução e a associação bixina + quercetina apresentou uma percentagem de –38,92%, que foi maior que a bixina isoladamente. Assim, estas substâncias apresentaram potencial para serem, futuramente, utilizadas como fármacos, no tratamento e/ou na prevenção de doenças cardíacas, diabetes e outras.
metadata.dc.description.abstracten: Flavonoids have been isolated with several biological activities and there are correlations among the consumption of rich foods in flavonoids and heart diseases. The 7-glucosyl-apigenin, 7- bisulfate-apigenin, 7-glucosyl-luteolin, 7-bisulfate-luteolin flavonoids and bixin and norbixin were isolated from urucu seeds. The aim of this study was to test the bixin and norbixin dyes and quercetin flavonoid from urucu and bixin with quercetin association to obtain its hypolipidemic effects in rabbits. Induction of hyperlipidaemia was performed with 1% cholesterol + 0,1% colic acid during 28 days. The substances were applied through the oral route, in capsule, in the doses of 0,01 mol/kg body weight. Total cholesterol, HDL-cholesterol and triacylglycerols have quantified from serum, after 28 days, and showed in mg/dL The best results for total cholesterol reduction and the HDL-cholesterol elevated levels maintenance was obtained with bixin. On the other hand, the best results for triacylglycerols reduction have been obtained with quercetin. The bixin and quercetin association showed efficacy to HDL-cholesterol and triacylglycerols and norbixin to total cholesterol and HDL-cholesterol. These results stimulate further research on the use of these substances as pharmacs in the heart diseases treatment and/or prevention.
URI : http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6135
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95962001000400010
ISSN : 1678-4456
metadata.dc.rights.license: Todo o conteúdo do periódico Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, exceto onde identificado, está sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais. Fonte: Brazilian Journal of Veterinary <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1413-9596&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 27 ago 2019.
Aparece en las colecciones: DEQUI - Artigos publicados em periódicos

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
ARTIGO_BixinaNorbixinaQuercetina.pdf49,62 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.