Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5923
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSilva, Kelly Daiane-
dc.contributor.authorBraga, Vilma de Oliveira-
dc.contributor.authorQuintaes, Késia Diego-
dc.contributor.authorHaj-Isa, Niurka Maritza Almeyda-
dc.contributor.authorNascimento, Eloísa Santos-
dc.date.accessioned2015-12-07T14:19:14Z-
dc.date.available2015-12-07T14:19:14Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationSILVA, K. D. et al. Conhecimento e atitudes sobre alimentos irradiados de nutricionistas que atuam na docência. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 30, n. 3, p. 645-651, jul./set. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cta/v30n3/v30n3a12.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.pt_BR
dc.identifier.issn1678-457X-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5923-
dc.description.abstractA irradiação de alimentos é eficiente tecnologia que pode ser empregada na conservação dos alimentos. Porém, o conhecimento dos consumidores sobre os alimentos irradiados tem se mostrado insuficiente, resultando em baixa aceitação destes alimentos. Considerando que o nutricionista é o profissional de saúde habilitado para orientar pacientes e consumidores sobre a ingestão e seleção de alimentos, este estudo avaliou o conhecimento e a atitude frente aos alimentos irradiados entre nutricionistas que atuam na docência em instituições de ensino superior em Belo Horizonte – MG, Brasil. Dos 66 participantes, 86,4% referiram saber o que são alimentos irradiados, todavia 71,2% desconhecem o processo, 75,8% desconhecem a legislação, 21,2% desconhecem as finalidades da irradiação, 12,1% consideram os alimentos irradiados como sendo radioativos e, 31,8% acreditam que a irradiação de alimentos resulta em redução do valor nutritivo dos alimentos. Os alimentos irradiados não seriam recusados pelos doutores, porém seriam recusados por 5 mestres e por 6 especialistas. Foi concluído que a formação dos futuros nutricionistas pode estar sendo realizada sem o mínimo de conhecimento necessário a respeito dos alimentos irradiados, podendo estar corroborando para a atitude negativa dos consumidores.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectEnsinopt_BR
dc.subjectSegurança alimentar e nutricionalpt_BR
dc.subjectSaúde públicapt_BR
dc.subjectEducationpt_BR
dc.subjectPublic healthpt_BR
dc.titleConhecimento e atitudes sobre alimentos irradiados de nutricionistas que atuam na docência.pt_BR
dc.title.alternativeKnowledge and views of professors of nutrition about food irradiation.pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseTodo o conteúdo do periódico Ciência e Tecnologia de Alimentos, exceto onde identificado, está sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais. Fonte: Ciência e Tecnologia de Alimentos <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0101-2061&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 16 ago. 2019.pt_BR
dc.description.abstractenFood irradiation is an efficient technology that can be used in the conservation of foods. However, consumers’ knowledge about irradiated foods has proved insufficient resulting in low acceptance of such foods. Considering that dietitians and nutritionists are the qualified health professionals to guide patients and consumers towards the ingestion and selection of foods, this study aims to evaluate the knowledge and views about radiated foods of professors of nutrition working in higher education institutions in the city of Belo Horizonte – MG, Brazil. A total of 86.4% out of the 66 participants had general knowledge about irradiated foods. However, 71.2% were not familiar with the process, 75.8% were totally unaware of the specific legislation, 21.2% were not sure of the purposes of irradiation, 12.1% considered irradiated foods radioactive, and 31.8% believed that food irradiation results in the reduction of the nutritional value of foods. Irradiated foods would not be rejected by professionals with Ph.D degree, but they would be rejected by five masters and six experts questioned. The study concluded that the current higher education of future dietitians and nutritionists has been provided without the minimum necessary knowledge regarding irradiated foods corroborating the negative view of consumers about this kind of food.-
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612010000300012-
Appears in Collections:DENCS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ConhecimentoAtitudesAlimentos.pdf284,61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.