Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5918
Title: Emissão de óxidos de nitrogênio associada à aplicação de ureia sob plantio convencional e direto.
Other Titles: Nitrogen oxides emission related to urea broadcasting fertilization under conventional and no-tillage systems.
Authors: Carvalho, Arminda Moreira de
Bustamante, Mercedes Maria da Cunha
Kozovits, Alessandra Rodrigues
Miranda, Leo Nobre de
Vivaldi, Lúcio José
Sousa, Danielle Matias de
Keywords: Óxido nítrico
Óxido nitroso
Fertilização nitrogenada
Plantas de cobertura
Irrigação Cerrado
Issue Date: 2006
Citation: CARVALHO, A. M. de et al. Emissão de óxidos de nitrogênio associada à aplicação de ureia sob plantio convencional e direto. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 41, n. 4, p. 679-685, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pab/v41n4/29817.pdf>. Acesso em: 12 nov. 2015.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar emissões de NO e N2O até cinco dias após a primeira fertilização de cobertura com uréia em milho, em Latossolo Vermelho argiloso distrófico, sob plantio convencional e direto. A adubação de cobertura foi de 60 kg ha-1 de N. O experimento foi conduzido na Embrapa Cerrados, Planaltina, DF, com delineamento de blocos ao acaso, com três repetições, sendo o terceiro cultivo de milho, em rotação com soja. Os fluxos de NO e N2O foram medidos em câmaras de PVC instaladas em cada parcela. Houve emissão alta de NO imediatamente após (5,4 ng N cm-2 h-1) e no terceiro dia (4,8 ng N cm-2 h-1) após aplicação de uréia e irrigação. Um dia após fertilização, a emissão de NO reduziu-se a 1,9 ng N cm-2 h-1, e cinco dias depois, alcançou 1,2 ng N cm-2 h-1. Os fluxos de N2O ficaram abaixo do limite de detecção de 0,6 ng N cm-2 h-1. Não houve diferença significativa entre os plantios convencional e direto quanto à emissão dos óxidos de nitrogênio. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The objective of this work was to evaluate the NO and N2O emissions up to five days after the first nitrogen broadcasting fertilization with urea in a cornfield, in a Red Latosol, under conventional and no-tillage systems. The level of nitrogen broadcasting fertilization was of 60 kg ha-1. The experiment was conducted at Embrapa Cerrados, Planaltina, DF, Brazil, in a randomized block design, with three replications, beeing the third corn crop in rotation with soybean. NO and N2O fluxes were measured using PVC chambers installed in each plot. Higher NO fluxes were found immediately after (5.4 ng N cm-2 h-1) and three days (4.8 ng N cm-2 h-1) after N fertilization and irrigation. In the first day after fertilization, the NO emission decreased significantly to 1.9 ng N cm-2 h-1, and after five days, reached 1.2 ng N cm-2 h-1. N2O fluxes values were below the detection limit of 0.6 ng N cm-2 h-1. No significant differences in nitrogen oxides fluxes were found between plots under conventional and no-tillage systems.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5918
ISSN: 16783921
metadata.dc.rights.license: Todo o conteúdo do periódico Pesquisa Agropecuária Brasileira, exceto onde identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0100-204X&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 out. 2015.
Appears in Collections:DEBIO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_EmissãoÓxidosNitrogênio.pdf171,64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.