Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/5843
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFreitas, Renan Springer de-
dc.contributor.authorFigueiredo, Adriana Maria de-
dc.date.accessioned2015-11-26T18:24:41Z-
dc.date.available2015-11-26T18:24:41Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationFREITAS, R. S. de; FIGUEIREDO, A. M. de. Por que esforços de síntese teórica são bem-sucedidos no cenário biológico e malogram no cenário sociológico? História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 16, p. 729-745, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v16n3/10.pdf>. Acesso em 21 out. 2015.pt_BR
dc.identifier.issn1678-4758-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5843-
dc.description.abstractEsforços de grandes sínteses teóricas são raros no cenário biológico e se multiplicam facilmente no cenário sociológico. Ao mesmo tempo, enquanto no primeiro caso os esforços ganham status paradigmático, no segundo eles conduzem a uma ‘balcanização’ da disciplina. O artigo questiona as razões dessa diferença e procura a resposta reconstruindo um esforço de síntese teórica na biologia que já se estende por mais de duas décadas.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectSíntese modernapt_BR
dc.subjectEpistemologiapt_BR
dc.subjectModern synthesispt_BR
dc.subjectEpistemologypt_BR
dc.titlePor que esforços de síntese teórica são bem-sucedidos no cenário biológico e malogram no cenário sociológico?pt_BR
dc.title.alternativeWhy do efforts toward theoretical synthesis prove so successful in biology but not in sociology?pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseTodo o conteúdo do periódico História, Ciências, Saúde-Manguinhos, exceto onde identificado, está sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais. Fonte: História, Ciências, Saúde-Manguinhos <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0104-5970&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 19 ago. 2019.pt_BR
dc.description.abstractenRarely are efforts made to arrive at major theoretical syntheses in the realm of biology, while they are so often successful within the realm of sociology. Furthermore, though these efforts gain paradigmatic status in the former case, in the latter they lead to a ‘Balkanization’ of the discipline. The article explores what might account for this difference, seeking an answer through the reconstruction of one such effort in biology, which has covered more than two decades.-
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702009000300010-
Appears in Collections:DEMSC - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PorqueEsforçosSíntese.pdf109,64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.