Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5667
Title: Evolução da paisagem na Região do Sinclinal Moeda (MG) : o uso de métricas como instrumento para o planejamento e gestão integrada do território.
Authors: Oliveira, Janaína Silva de
metadata.dc.contributor.advisor: Prado Filho, José Francisco do
Rezende, Renato Andrade
Keywords: Paisagem - proteção
Habitat - ecologia - melhoramento
Sistemas de informação geográfica
Proteção ambiental
Issue Date: 2015
Citation: OLIVEIRA, Janaína Silva de. Evolução da paisagem na Região do Sinclinal Moeda (MG): o uso de métricas como instrumento para o planejamento e gestão integrada do território. 2015. 132 f . Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.
Abstract: A região do Sinclinal Moeda, localizada na porção oeste do Quadrilátero Ferrífero, é alvo de conflitos socioambientais: de um lado, o interesse imobiliário e minerário que movimentam a economia dos municípios e do Estado; de outro, o interesse conservacionista motivado pela relevância ambiental, cultural e paisagística. Desde a década de 1980, áreas legalmente protegidas têm sido criadas por instituições governamentais e setores empresariais na tentativa de minimizar os efeitos adversos das mudanças ocasionadas pela dinâmica antrópica, sobretudo a fragmentação ambiental. Mas a criação destas áreas pode não ser suficiente para garantir a proteção ambiental da região de estudo. A inexistência ou a ineficiência de instrumentos de gestão ou de planejamento adequado do território pode resultar na fragmentação e no isolamento de áreas naturais e, consequentemente, ameaçar à conservação da biodiversidade local. Neste sentido, estudos de ecologia da paisagem têm contribuído com o planejamento integrado do território, pois permitem avaliar a dinâmica, a estrutura e a funcionalidade da paisagem em diferentes escalas. O problema norteador da pesquisa foi avaliar como as interferências antrópicas alteraram a paisagem da região do Sinclinal Moeda, tendo como referência os anos de 1984 e 2013. Foram criadas cinco classes temáticas que englobaram as atividades antrópicas em solo exposto e ocupação; as áreas naturais em vegetação densa e vegetação rarefeita; e a água para ambientes lênticos. Foram utilizadas técnicas específicas de Sistema de Informação Geográfica (SIG) para analisar a dinâmica da paisagem e relacioná-la com os conflitos de interesse citados; e aplicadas métricas da paisagem para quantificar as alterações estruturais dos remanescentes naturais entre os anos estudados e verificar possível conectividade entre os fragmentos existentes. Os resultados demostraram que embora o potencial econômico relacionado à mineração ainda seja proeminente, a ocupação antrópica na região foi o principal fator que causou a perda significativa de área da classe vegetação rarefeita. Já a classe vegetação densa evidenciou uma recuperação ambiental por apresentar aumento de área total entre os anos estudados. As métricas da paisagem revelaram, em geral, situações opostas das áreas naturais. A classe temática vegetação densa manteve fragmentos maiores e recuperou os fragmentos medianos, que apresentaram tendência de conectividade com formatos mais regulares e menos complexos e tornam-se menos susceptíveis ao efeito de borda. A classe vegetação rarefeita apresentou alto índice de fragmentação e seus remanescentes estão propensos a sofrer com o efeito de borda. Ainda assim, para ambas as classes há uma perspectiva de conectividade e manutenção da potencialidade paisagística da região do Sinclinal Moeda.
metadata.dc.description.abstracten: The Moeda Syncline region, located in the western portion of the ‘Quadrilatero Ferrifero’ is target of socio-environmental conflicts: on one side, there are real estate and mining interests which drive the economy of local cities and State; on the other, the preserving interest motivated by its environmental, cultural and landscape relevance. Since the 1980s, legally protected areas have been designated by government institutions and private sectors in an attempt to minimize the adverse effects of changes caused by anthropic influence, especially habitat fragmentation. Nevertheless, the designation of these areas may not be sufficient to guarantee the environmental protection of the region of study. The inexistence or inefficiency of land management tools or of adequate land-use planning may result in the fragmentation and isolation of natural areas and may consequently threaten preservation of local biodiversity. In this regard, landscape ecology studies have contributed to integrated land planning, for they allow the evaluation of land dynamics, structure and function at different scales. The guiding problem of this is study was the evaluation of how anthropic interferences have altered the landscape of the Moeda Syncline region, having the years of 1984 and 2013 as reference. Five thematic groups were created which encompass anthropic activities on exposed soil and occupation; natural areas with dense vegetation and sparse vegetation; and water for lentic environments. Geographic Information System (GIS) techniques were applied to analyze land dynamics and correlate it to the conflict of interest above-mentioned; landscape metrics were applied to quantify structural alterations of the remaining natural environment between the years studied and to verify possible connection between existent fragments. Results showed that although the economic potential of mining is still prominent, anthropic occupation of the region was the main factor responsible for the significant loss of area with sparse vegetation. In turn, area with dense vegetation evidenced environmental restoration given that it presented an increase in its total area between the years studied. Generally, landscape metrics revealed natural areas in opposite situations. The thematic group of dense vegetation kept larger fragments and restored medium-sized fragments, which presented connectivity trends with more regular and less complex shapes, and become less vulnerable to edge effects. The group of sparse vegetation presented high levels of fragmentation and its remainder is likely to suffer from edge effects. Even so, for both groups, there is a prospect of connectivity and maintenance of the landscape potential of the Moeda Syncline region.
Description: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. PROÁGUA, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5667
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 14/10/2015 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_EvoluçãoPaisagemRegião.pdf6,64 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons