Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/5426
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Riva de Paulapt_BR
dc.contributor.authorPaiva, Franciny Aparecida-
dc.date.accessioned2015-05-22T14:38:27Z-
dc.date.available2015-05-22T14:38:27Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationPAIVA, Franciny Aparecida. Baccharis trimera protege contra o estresse oxidativo e toxicidade induzida pelo peptídeo β-amilóide no Caenorhabditis elegans; 2015. 85 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5426-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractUma planta muito utilizada na medicina popular é a Baccharis trimera (B. trimera), conhecida como Carqueja, planta nativa encontrada em toda a América do Sul, rica em antioxidantes tais como os ésteres do ácido quínico e os flavonóides nepetina, quercetina e isoquercetina. Vários estudos têm mostrado que a B. trimera tem atividade antioxidante in vitro, no entanto, os efeitos antioxidantes desta planta ainda foram pouco explorados in vivo. Neste projeto, nós usamos o organismo modelo Caenorhabiditis elegans para investigar o potencial antioxidante in vivo do Extrato Hidroalcoólico de B. trimera (EHB) e seus possíveis mecanismos subjacentes, além de investigar se o EHB possui efeito protetor em um modelo C. elegans para a doença de Alzheimer. A suplementação com 50 mg/mL de EHB não alterou a longevidade, a reprodução, o desenvolvimento ou o comportamento alimentar do C. elegans. O EHB inibiu o crescimento microbiano, mas esta propriedade bacteriostática não influenciou no aumento da resistência ao estresse oxidativo promovido pelo EHB. Os efeitos benéficos do EHB foram independentes das vias de sinalização testadas sugerindo que o aumento observado na resistência ao estresse oxidativo possa ser através de um mecanismo de ação direto, já que o EHB foi capaz de diminuir a produção de ROS e a expressão de sod-3 e gcs-1. O EHB aliviou a paralisia induzida pelo β-amilóide em um modelo de C. elegans para doença de Alzheimer. Nossos resultados sugerem que o possível efeito neuroprotetor do EHB contra o peptídeo Aβ1-42 é, em parte pela ação antioxidante do EHB como também um resultado de um aumento da homeostase protéica, já que o EHB aumentou a atividade do proteassoma e expressão gênica de duas proteínas de choque térmico. Em conjunto, todos os resultados desse trabalho sugerem um uso potencial neuroprotetor para B. trimera, apoiando a ideia de que o uso de antioxidantes na dieta é uma abordagem promissora para aumentar os sistemas de defesa contra o estresse e neurodegeneração.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAntioxidantespt_BR
dc.subjectDoença de Alzheimerpt_BR
dc.titleBaccharis trimera protege contra o estresse oxidativo e toxicidade induzida pelo peptídeo β-amilóide no Caenorhabditis elegans.pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 19/05/2015 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.description.abstractenA plant widely used in folk medicine is Baccharis trimera (B. trimera), known like Carqueja, native plant found throughout South America, rich in antioxidants such as acid quinic esters and nepetin, quercetin and isoquercetin flavonoids. Several studies have shown that B. trimera has antioxidant activity in vitro, however, the antioxidant effects of this plant still been little explored in vivo. In this project, we used the Caenorhabiditis elegans to investigate the antioxidant potential of B. trimera Hydroalcoholic Extract (EHB) in vivo and its possible underlying mechanisms, and investigate whether EHB has protective effect in C. elegans model for Alzheimer's disease. Supplementation with EHB 50 mg/mL did not affect the longevity, reproduction, development feeding behavior of C. elegans. EHB inhibited microbial growth, but this bacteriostatic property did not affect the increased resistance to oxidative stress caused by the EHB. The EHB beneficial effects were independent of the signaling pathways here tested suggesting that the increase in oxidative stress resistance may be through a direct mechanism of action, since the EHB was capable of reducing ROS production and sod- 3 and gcs-1 expression. EHB delayed paralysis induced by β-amyloid in a C. elegans model for Alzheimer's disease. Our results suggest that the possible neuroprotective effect of EHB against Aβ1-42-peptide is partly antioxidant activity of the EHB as well as a result of an increase in protein homeostasis, since the EHB increased proteasome activity and two heat shock proteins gene expression. Together, all the results of this study suggest a potential neuroprotective use for B. trimera, supporting the idea that the use of antioxidants in the diet is a promising approach to increase the defense mechanisms against stress and neurodegeneration.-
Appears in Collections:PPCBIOL - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_BaccharisTrimeraProtege.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons