Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5012
Title: Tools and criteria for the management of temporarily inoperative iron ore mines.
Other Titles: Critérios e ferramentas de gestão das minas paralisadas de minério de Ferro.
Authors: Picarelli, Simone
Vieira, Gersonito
Resende, Alessandro Gomes
Castro, Jeanne Michelle Garcia
Silveira, Filipe
Araújo, Germano
Beirigo, Elder Antônio
Cota, Ana Carla
Lima, Hernani Mota de
Keywords: Mine closure
Avaliação de riscos
Inoperative mines
Issue Date: 2014
Citation: PICARELLI, S. et al. Tools and criteria for the management of temporarily inoperative iron ore mines. Revista Escola de Minas, v. 67, p. 93-99, 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672014000100014>. Acesso em: 06 mar. 2015.
Abstract: Esse trabalho apresenta uma ferramenta para gerenciamento de minas inoperan¬tes sob a responsabilidade da Gerência de Fechamento de Mina e Projetos de Ferrosos/Departamento de Planejamento e Desenvolvimento de Ferrosos – Vale SA, Brasil. Mi¬nas inoperantes são definidas como minas nas quais as operações de lavra estão, tem¬porariamente, suspensas e não há nenhuma estratégia definitiva de encerramento. Os principais desafios de gestão são: (i) atuar em uma variedade de ambientes e condições com base nas prioridades de ação, (ii) identificar riscos à imagem da empresa, (iii) pla¬nejar atividades de manutenção e monitoramento, (iv) cuidar das condições ambientais dos locais e seguir as recomendações de auditoria, (v) coordenar as operações de cam¬po e de reabilitação local, (vi) reavaliar o desempenho de reabilitação do sítio ao longo do tempo, (vii) apoiar a equipe local de fechamento de mina. A ferramenta é baseada na consolidação das informações de campo através de análises qualitativas e quantita¬tivas dos riscos ambientais e da qualidade de cada mina e suas diversas estruturas, por exemplo, cava, barragens de rejeitos e pilhas de estéril. Essas análises apoiam o proces¬so de tomada de decisão e priorização de ações. A ferramenta fornece uma avaliação de desempenho das diversas estruturas, permitindo a avaliação, ao longo do tempo, das ações de manutenção e reabilitação realizadas. A ferramenta é alimentada por da¬dos primários e secundários (geotécnicos e ambientais) coletados durante os trabalhos de campo, para posterior tratamento em planilhas. Nessas planilhas, são atribuídos valores de prioridades com base em dois temas principais: risco e qualidade ambiental. Cada um desses temas inclui grupos específicos como vegetação, influência humana e aspectos geotécnicos, entre outros - e cada grupo é subdividido em itens com clas¬sificação específica. A planilha de priorização gera mapas temáticos que apresentam a classificação das áreas das minas, bem como as prioridades de ação. Resulta dessa ferramenta um plano de ação que orienta a gestão, considerando-se todas as estruturas de cada local sob sua responsabilidade. O desenvolvimento e utilização da ferramenta têm tornado possível a criação de planos de ação mais pormenorizados e eficazes, proporcionando uma maior precisão no tratamento de irregularidades, possibilitando uma avaliação do desempenho de cada área, minimizando o risco de exposição da em¬presa e fornecendo uma base de dados confiável, para a concepção, a implementação e o monitoramento de planos de fechamento.
metadata.dc.description.abstracten: This paper presents a tool for managing inoperative mines under the responsibility of the Mine Closure and Projects Management/Ferrous Planning and Development Department - Vale S.A., Brazil. Inoperative mines are defined as mines where mining operations are temporarily suspended and there is no definitive strategy regarding their closure. The main management challenges are to: (i) act in a variety of environments and conditions based on action priorities; (ii) identify the main company’s image risks; (iii) plan for maintenance and monitoring; (iv) take care of environmental conditions of the sites and follow up audit recommendations; (v) coordinate the field operations and site rehabilitation; (vi) re-evaluate the rehabilitation performance of the site over time, (vii) support the mine closure team. The tool is based on the consolidation of field information through qualitative and quantitative analyses of the environmental risks and quality of each mine. These analyses support the decision-making process and the prioritisation of action to be taken. The tool provides a performance evaluation of the sites, allowing evaluation over time of the maintenance and rehabilitation actions carried out. The input for the tool consists of primary and secondary data (geotechnical and environmental) collected during fieldwork, which is then processed in spreadsheets. These assign prioritisation values based on two main themes: environmental risk and quality. Each of these themes has specific groups of subjects. The prioritization spreadsheet generates thematic maps that present the classification of the mine areas and the action priorities. The tool output is an action plan that guides management, considering all the structures of each site under its responsibility.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5012
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672014000100014
ISSN: 1807-0360
metadata.dc.rights.license: A Revista Escola de Minas - REM - autoriza o depósito de cópia de artigos dos professores e alunos da UFOP no Repositório Institucional da UFOP. Contato em 12 set. 2013.
Appears in Collections:DEMIN - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ToolsCriteriaManagement.pdf3,31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.