Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4902
Title: O predomínio dos negros nas escolas de Minas Gerais do século XIX.
Other Titles: The majority of blacks in schools of 19th-century Minas Gerais
Authors: Fonseca, Marcus Vinícius
Keywords: História da educação
Negros
Minas Gerais
Século XIX
Issue Date: 2009
Citation: FONSECA, M. V. O predomínio dos negros nas escolas de Minas Gerais do século XIX. Educação e Pesquisa, v. 35, p. 585-599, 2009. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/ep/article/view/28212/30028>. Acesso em: 26 mar. 2015.
Abstract: O período que compreende os anos de 1820 a 1850 marca o início da construção e da estruturação de uma política de instrução pública com objetivo de educar o povo da província de Minas Gerais. Este artigo procura analisar o nível de relação entre esse processo e o segmento mais expressivo dentro da estrutura demográfica de Minas Gerais, ou seja, a população negra livre. Para realizar a análise, utilizamos como referência uma documentação censitária que tentou contabilizar a população de todos os distritos mineiros e registrou as crianças que estavam nas escolas. A partir do registro censitário, construímos um perfil racial das escolas, confrontando-o com informações fornecidas por outros documentos (listas de professores, relatos de viajantes, memórias) que revelaram uma presença majoritária dos negros nas escolas de instrução elementar. A interpretação que produzimos em relação à presença dos negros nas escolas mineira indica que essa instituição era um dos elementos acionados por esse grupo com objetivo de afirmação no espaço social. Em relação a isso, destaca-se o fato de que a escolarização adquiriu significados específicos em meio à população negra, ou seja, representava a sua inserção na cultura letrada, mas também uma forma de demarcar um distanciamento do mundo da escravidão e uma demonstração de domínio dos códigos de conduta das pessoas livres.
metadata.dc.description.abstracten: The period between 1820 and 1850 marks the beginning of the construction and structuring of a public education policy that aimed at educating the people of the province of Minas Gerais. The present article analyzes the relationship between this process and the most expressive segment within the demographic structure of the province at that time, namely, the population of free blacks. In order to conduct this analysis, we have sought reference in a census documentation that attempted to cover the whole population of Minas Gerais districts, making a record of children attending school. Based on these numbers, we built a racial profile of schools, comparing it with information gathered from other documents (teachers’ lists, travelers’ accounts, memoirs), which pointed to a majority of blacks in elementary schools. The interpretation we give to the presence of blacks in schools of Minas Gerais indicates that this institution was one of the elements utilized by that group to establish their position inside the social sphere. In this respect, the text highlights the fact that schooling acquired specific meanings among the black population; more specifically, it represented their insertion into the literate culture, and a way of signaling their distancing from the world of slavery, and was also a demonstration of their mastery of the codes of conduct of free people.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4902
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022009000300012
ISSN: 1678-4634
metadata.dc.rights.license: Todo o conteúdo do periódico Educação e Pesquisa, exceto onde identificado, está sob uma licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: Educação e Pesquisa <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1517-9702&nrm=iso&rep=&lng=pt>. Acesso em: 07 nov. 2016.
Appears in Collections:DEEDU - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PredomínioNegrosEscolas.pdf334,66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.