Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4679
Title: Avaliação do trato digestório de cães Beagle infectados com as cepas Y ou Berenice-78 do Trypanosoma cruzi nas fases aguda ou crônica da doença de chagas experimental.
Authors: Paiva, Nívia Carolina Nogueira de
metadata.dc.contributor.advisor: Carneiro, Cláudia Martins
Keywords: Trypanosoma cruzi
Doença de Chagas
Cão
Sistema nervoso entérico
Issue Date: 2011
Citation: PAIVA, N. C. N. de. Avaliação do trato digestório de cães Beagle infectados com as cepas Y ou Berenice-78 do Trypanosoma cruzi nas fases aguda ou crônica da doença de chagas experimental. 2011. 75 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Abstract: O protozoário hemoflagelado Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas, apresenta uma ampla variabilidade intraespecífica que determina a existência de subpopulações com características genéticas, morfológicas, moleculares e bioquímicas distintas. Este polimorfismo tem sido associado ao desenvolvimento das diferentes formas clínicas da doença de Chagas e suas implicações epidemiológicas. Neste contexto, a forma digestiva parece estar ausente na América Central, México e Venezuela, porém em países como Brasil e Bolívia pode ocorrer sozinha ou em associação com a forma cardíaca. O megaesôfago e o megacólon, manifestações mais comuns da forma digestiva, são caracterizados por acalásia e obstrução parcial/total do cólon, respectivamente. Achados histopatológicos demonstram o envolvimento do sistema nervoso entérico na patogênese dessas visceromegalias, porém poucos estudos têm abordado qual é o limite de desnervação necessário para as alterações da motilidade. Neste trabalho, cães da raça Beagle foram infectados com as cepas Y ou Berenice-78 do T. cruzi e necropsiados durante as fases aguda (30 dias após infecção-DAI) ou crônica (730 DAI) da doença experimental para avaliação histopatológica do esôfago e cólon. Ambas as cepas foram capazes de infectar o esôfago e o cólon e provocar resposta inflamatória durante a fase aguda. Na fase crônica, a PCR convencional detectou parasitismo tecidual apenas no grupo infectado com a cepa Be-78 o que poderia estar relacionado com a manutenção do processo inflamatório neste grupo. Apenas nos animais infectados com a cepa Y foi observada fibrose na fase crônica. Desnervação dos gânglios mientéricos foi observada na infecção com ambas as cepas durante a fase aguda, porém na fase crônica a desnervação foi persistente apenas nos animais infectados com a cepa Be-78. O comprometimento das células gliais foi precoce nos animais infectados com a cepa Y enquanto os animais infetados com a cepa Be-78 apresentaram redução de células gliais entéricas GFAP-IR apenas na fase crônica. Estes resultados sugerem que embora as duas cepas sejam capazes de provocar lesões no trato digestório, a cepa Y controla precocemente essas alterações, enquanto a cepa Be-78 sustenta as alterações ao longo da infecção experimental, sugerindo o desenvolvimento de lesões digestivas crônicas. ______________________________________________________________________
ABSTRACT: The flagellate protozoan Trypanosoma cruzi, etiologic agent of Chagas disease, presents a wide intraspecific variability that determines the existence of subpopulations with distinc genetic, morphological, molecular and biochemical feactures. This polymorphism has been associated with the development of different clinical forms of Chagas disease and its epidemiological implications. In this context, the digestive form seems to be absent in Central America, Mexico and Venezuela, but in countries like Brazil and Bolivia may occur alone or in combination with the cardiac form. Megaesophagus and megacolon, the most common manifestations of the digestive form, are characterized by achalasia and colon partial /total obstruction, respectively. Histopathologic findings demonstrate the involvement of enteric nervous system in these visceromegalies pathogenesis, but few studies have addressed the limit of what is necessary for denervation changes in motility. In this study, Beagle dogs were infected with strains Y or Berenice-78 of T. cruzi and necropsied during the acute phase (30 days post infection-DPI) or chronic (730DPI) of the experimental disease for esophagus and colon post-mortem histopathological evaluation. Both strains were able to infect the esophagus and colon and cause an inflammatory response during the acute phase. In the chronic phase, the conventional PCR detected only tissue parasitism in the group infected with Be-78 strain that is associated with the inflammatory process maintenance in this group. Only in animals infected with the Y strain was observed fibrosis in chronic phase. Denervation of myenteric ganglia was observed in infection with both strains during the acute phase, but in chronic phase, denervation was persistent only in animals infected with Be-78 strain. The glial cells involvement was earlier in animals infected with Y strain while animals infected with Be-78 strain showed a reduction in enteric glial cells GFAP-IR only in the chronic phase. These results suggest that although the two strains are capable of causing injury in the digestive tract, the Y strain control these changes earlier, while the Be-78 strain sustain alterations throughout the experimental infection, suggesting the development of chronic digestive lesions.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4679
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 11/03/2015, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoTratoDigestório.pdf2,08 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons