Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4510
Title: Avaliação imunopatológica do tecido muscular cardíaco canino, submetido ao efeito da Azatioprina e infecção por diferentes formas da cepa Be-78 do Trypanosoma cruzi, durante a fase aguda.
Authors: Souza, Sheler Martins de
metadata.dc.contributor.advisor: Carneiro, Cláudia Martins
Keywords: Imunopatologia
Trypanosoma cruzi
Parasitologia
Issue Date: 2014
Citation: SOUZA, S. M. Avaliação imunopatológica do tecido muscular cardíaco canino, submetido ao efeito da Azatioprina e infecção por diferentes formas da cepa Be-78 do Trypanosoma cruzi, durante a fase aguda. 2014. 138 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.
Abstract: As duas formas de infecção pelo Trypanosoma cruzi, tripomastigota metacíclica (TM) e sanguínea (TS) são distintas em relação ao processo de interação com as células do hospedeiro, devido às moléculas presentes em sua superfície. Esta diferença pode desencadear diferente resposta imunológica. Resposta esta, que também pode ser alterada com o tratamento pelo fármaco Azatioprina. Com base nestes aspectos, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resposta imune no coração de cães tratados com a Azatioprina ou não, durante a fase aguda da infecção por formas TM ou TS da cepa Berenice-78 do T. cruzi. Ao avaliar o parasitismo e a resposta imune no tecido muscular cardíaco de cães infectados por formas TM, verifica-se que estes apresentaram um aspecto histopatológico mais preservado, com baixo parasitismo, um balanço favorável, evidenciado pela razão, da expressão da IL-12p40 e uma maior expressão dos receptores TLR2 e TLR4. Em contrapartida, os cães infectados por formas TS apresentaram destruição tecidual, alto parasitismo, intenso processo inflamatório e elevada expressão das citocinas, quimiocinas, CCR5 e TLR9. Nos animais submetidos à infecção por diferentes formas do T. cruzi e tratados com a Azatioprina, ocorreu um aumento do parasitismo em ambos os grupos (TMA e TSA) e do processo inflamatório no grupo TMA, sendo estes fatores determinantes na gênese das lesões da fibra muscular cardíaca. Além disso, pode-se constatar aumento das citocinas TNF-α, IFN-γ, IL-4, IL-10 e TGF-β1, da quimiocina CCL3/MIP-1α e TLR9 no grupo TMA. Em suma, a ação da Azatioprina parece conduzir à resposta imune distinta. Esta evidência foi observada em ambas as formas de infecção, culminando em uma piora dos aspectos histopatológicos, principalmente naqueles do grupo TMA. Este fato pode estar ligado a mecanismos co-estimulatórios, via CD28. Sabe-se que a Azatioprina pode levar ao bloqueio desta via que é de grande importância para desencadear uma resposta imune Th1. Neste sentido, o bloqueio ou mesmo o desequilíbrio desta via e, consequentemente, da resposta imune de cunho protetora, favorece a replicação parasitária. Sugere-se a possível importância da via CD28 nos mecanismos de defesa contra o T. cruzi e chama-se a atenção para a função dos receptores TLR2 e TLR4 na infecção chagásica, pois estes podem desempenhar função protetora. _____________________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The two infective forms of Trypanosoma cruzi, metacyclic trypomastigote (MT) and blood trypomastigote (BT), are distinct with respect to the host cell interaction process due to molecules present on the surface of the parasite, which could trigger different immune responses. Therefore, this study clarifies some aspects inherent of the two major infective forms of T. Thus, investigating the two forms of infection, this work highlights the aspects related to a possible imbalance in the immune response by treating the dogs with Azathioprine drug. Based on these aspects, it was evaluated the immune response in the hearts of dogs treated with Azathioprine or not, during the acute phase of infection by MT or BT forms of Berenice -78 strain of T. cruzi. Analysis of the parasitism and immune response in cardiac muscle tissue of dogs infected MT forms demonstrated that this group had a more preserved histopathology, lower tissue parasitism, a favorable cytokine balance, evidenced by the ratio of the expression of IL-12p40 and increased expression of TLR2 and TLR4 receptors. In contrast, infected dogs with BT forms have tissue destruction, higher tissue parasitism, an intense inflammation and increased expression of cytokines, chemokines, CCR5 and TLR9 receptor. In infected by different forms of T. cruzi and treated with Azathioprine, it appears that there was an increase of cardiac parasitism in both groups (MTA and BTA) and inflammation (MTA group), which are determining factors in the genesis of the cardiac muscle fiber lesions. Moreover, it was not notice differences in other parameters, such as an increased on mRNA cytokine expression for instance TNF-α, IFN-γ, IL-4, IL-10 and TGF-β1, chemokine CCL3/MIP-1α and TLR9 in MTA Group. In summary, the action of Azathioprine leads to a distinct immune response, in both forms of infection, resulting in a worsening of histopathological aspects, especially those of the MTA group. This may be associated to co-stimulatory mechanisms, via CD28. It is known that Azathioprine can block this pathway, which is of great importance to elicit a Th1 immune response. In this sense, the block or even the imbalance of this pathway and of the protective immune response favors the parasite replication. Finally, this study presents a more severe form of Chagas infection with BT forms, which could have implications in non-endemic areas, such as USA and Europe. Moreover, it suggests a possible role and significance of CD28 pathway in defense mechanisms against T. cruzi and draws attention to the role of TLR2 and TLR4 receptors in infection, as these can play a protective role.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4510
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 05/02/2015, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPCBIOL - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_AvaliaçãoiImunopatológicaTecido.pdf2,26 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons