Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4289
Title: A cultura e a tradição no imaginário social : ação simbólica no patrimônio e no turismo.
Authors: Brusadin, Leandro Benedini
Keywords: Cultura
Tradição
Imaginário social
Turismo
Patrimônio cultural
Issue Date: 2014
Citation: BRUSADIN, L. B. A cultura e a tradição no imaginário social: ação simbólica no patrimônio e no turismo. Revista TuryDes, Malaga, v. 7, n. 17, p. 1-19, dez. 2014. Disponível em: <http://www.eumed.net/rev/turydes/17/patrimonio.html>. Acesso em: 19 jan. 2015.
Abstract: A cultura e suas formas de representação, tal como a tradição, possuem um poder simbólico no imaginário social que é representado pelo patrimônio cultural e praticado pela atividade turística. Essas interlocuções contemporâneas se fazem presentes na composição do patrimônio cultural e o seu aproveitamento para o turismo. Esse artigo objetiva associar a cultura e seu poder simbólico no imaginário social às apropriações do patrimônio e seu uso turístico. A metodologia baseia-se no debate epistemológico de autores como Pierre Bourdieu (2002), Bronislaw Baczko (1985) e Eric Hobsbawn(1984). É mister compreender as razões das diversas apropriações do passado, desde a invenção de uma tradição até a incorporação de mitos do passado, em um caminho pelo qual a História reflete as representações desse processo histórico e o Turismo se utiliza disto para melhor compreender a atividade e o comportamento dos turistas e da própria comunidade receptora. Conclui-se que os conceitos de cultura, tradição, poder simbólico e imaginário social se apresentam ao Turismo como uma nova forma de entendimento de sua atividade e do conseqüente aprimoramento de seu campo teórico.
metadata.dc.description.abstracten: The culture and its forms of representation, such as tradition, have a symbolic power in the social imaginary that is represented by the cultural heritage and practiced by the tourist activity. These contemporary dialogue are present in the composition of the cultural heritage and their advantage for tourism. This article aims to associate the culture and its symbolic power in the social imaginary to its appropriations of heritage and tourist use. The methodology is based on the epistemological debate of authors such as Pierre Bourdieu (2002), Bronisław Baczko (1985) and Eric Hobsbawn (1984). It´s necessary to understand the reasons of the various appropriations of the past, since the invention of a tradition until the incorporation of myths of the past in a way by which the History reflects this historical process of representations and the Tourism uses this to better understand the activity and behavior of tourists and the receiving community. It is concluded that the concepts of culture, tradition, social imaginary and symbolic power present themselves to tourism as a new form of understanding of its activity and its following improvement of theoretical field.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4289
metadata.dc.rights.license: Os trabalhos publicados na Revista Turydes estão sob Licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação. Fonte: Revista Turydes <http://www.eumed.net/rev/turydes/sobre.htm>. Acesso em: 02 fev. 2017.
Appears in Collections:DETUR - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CulturaTradiçãoImaginário.pdf212,89 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons