Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4211
Title: Percepção do ambiente térmico : preferências subjetivas e conforto térmico.
Authors: Fontanella, Márcia Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Henor Artur de
Keywords: Construção metálica
Conforto térmico
Salas de aula
Issue Date: 2009
Citation: FONTANELLA, M. S. Percepção do ambiente térmico : preferências subjetivas e conforto térmico. 2009. 145 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2009.
Abstract: O conforto interno de um ambiente construído, em relação ao ambiente térmico, luminoso e à transmissão de ruído, está na adequação do sistema de fechamento (externo e interno) da edificação, além de um projeto arquitetônico que aproveite, de forma eficiente, as condições climáticas locais e a iluminação natural. A qualidade, a expressão e os efeitos dos ambientes proporcionados pelas diversas soluções arquitetônicas mostram em alguns casos, sintomas da falta de critério e de aprofundados estudos em relação à qualificação dos ambientes com relação ao uso da luz tanto na falta, quanto no excesso, sistema de fechamento adequado ao clima e às condições de ruído do local. Condições microclimáticas adequadas são importantes em qualquer ambiente construído, em particular, nos ambientes educacionais. Nesses ambientes, a qualidade, ou seja, as condições de conforto (térmico, acústico e luminoso) no mesmo, podem atuar no rendimento do aluno, influenciando na concentração, compreensão, aprendizagem e desempenho global. Avalia-se o ambiente térmico das salas de aula da Universidade Federal de Ouro Preto, especificamente na Escola de Minas e no Instituto de Ciências Exatas e Biológicas (edifícios com sistemas construtivos diferentes), investigando-se a percepção dos usuários. A investigação é realizada por meio da aplicação de questionários e medição das variáveis ambientais in loco, simultaneamente, ao longo dos meses de junho, outubro e novembro de 2008. Os resultados obtidos são tratados estatisticamente obtendo-se os limites de conforto para a população em estudo, por meio da análise probit. No caso em estudo, obtém-se uma percentagem de aproximadamente 70% de satisfeitos com o ambiente térmico.
metadata.dc.description.abstracten: The indoor comfort in the built environment, concerning the thermal, luminous environment and the noise transmission, lies on the adequacy of the building envelope, besides an architectonic project that takes the advantage of the local climatic conditions and the natural illumination in an efficient way. The quality, the expressiveness, and the effects of the environments provided by the several architectonic solutions show, in some cases, symptoms of the lack of criteria and the lack of deeper studies concerning the qualification of the environments regarding to the use of the light, both in its lack and in its excess, an enclosure system which is adequate to the climate and the local noise. Adequate microclimatic conditions are important for any built environment, especially for educational environments. In these environments, the comfort conditions (thermal, acoustic, and luminous comfort) may influence on the student’s performance, concentration, comprehension, learning and global performance. In this study, the thermal environment of the classrooms of the Federal University of Ouro Preto (UFOP) was evaluated, specifically at the “Escola de Minas” and the “Instituto de Ciências Exatas e Biológicas” (both with different building systems), by the perceptions of the students. The investigation was carried out by questionnaires and measurement of the environmental variables in loco, simultaneously, throughout the months of June, August, and November of 2008. The results were statistically treated, obtaining the comfort limits for the sample of this study by the probit analysis. In this study, the percentage of satisfaction with the thermal environment was 70%.
Description: Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4211
metadata.dc.rights.license: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Autorizo a UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto – a disponibilizar gratuitamente, sem ressarcimento dos direitos autorais, o texto integral da publicação supracitada, de minha autoria, em meio eletrônico, na BDTD – Biblioteca Digital de Teses e Dissertações, no formato especificado, para fins de leitura, impressão e/ou download pela Internet, a título de divulgação da produção científica gerada pela Universidade a partir desta data.
Appears in Collections:PROPEC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PercepçãoAmbienteTérmico.pdf10,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.