Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4100
Title: A Influência da geodiversidade da região da Serra do Cabral (Norte de MG) na variabilidade morfossedimentar do Córrego da Gameleira.
Other Titles: The influence of the geodiversity of Cabral Range region (northern Minas Gerais) on the Gameleira Stream morphologic variability.
Authors: Lana, Cláudio Eduardo
Castro, Paulo de Tarso Amorim
Keywords: Anomalia de drenagem
Geodiversidade
Issue Date: 2011
Citation: LANA, C. E.; CASTRO, P. de T. A. A Influência da geodiversidade da região da Serra do Cabral (Norte de MG) na variabilidade morfossedimentar do Córrego da Gameleira. Revista Brasileira de Geociências, v. 41, p. 604-618, 2011. Disponível em: <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/article/view/7857>. Acesso em: 07 out. 2014.
Abstract: A análise de modelos de declividade da bacia do rio Jequitaí, gerados a partir de imagens SRTM, em busca de zonas de retenção de sedimentos, permitiu que fosse identificada uma área de drenagem anômala na porção oriental da bacia, entre as serras do Espinhaço e do Cabral. A anomalia em questão se traduz em uma sucessão de vales com sessão transversal e padrões de sedimentação bastante variáveis, ao longo de um segmento relativamente curto do córrego da Gameleira. O contexto litoestrutural da região, incluindo deformações cenozóicas, sugere que a evolução do sistema fluvial estudado está diretamente relacionada a variações locais na composição das rochas que constituem o substrato do canal, representado neste caso por uma única unidade litoestratigráfica (Subgrupo Paraopeba). Além disso, o basculamento para norte da porção meridional da bacia, em direção ao “graben do Jequitaí”, contribui com o cenário morfossedimentar. Perfis de fácies sedimentares indicam que a área em apreço já esteve sobreposta por leques aluviais provenientes, provavelmente, da serra do Espinhaço. Os resultados demonstram que segmentos fluviais não encaixados podem ser erroneamente classificados como agradacionais. Na área investigada as características morfossedimentares são de difícil predição, tendo em vista que refletem particularidades da geodiversidade local.
metadata.dc.description.abstracten: SRTM-derived slope models were analyzed to fi nd sediment storage zones in Jequitaí hydrographic basin. Those data provided the identifi cation of an anomalous drainage site located at Jequitaí basin`s eastern portion between Espinhaço and Cabral ranges. Some contrasts of sedimentation pattern and valley cross-section along a short segment of Gameleira stream are good examples of these anomalies. Regional litho-structural analysis, including Cenozoic deformations, suggests that local variations of the Paraopeba Subgroup components are the main responsible for the observed fl uvial system evolution. In addition, the northward tilting of Jequitaí basin`s southern portion, in the Jequitaí graben direction, increase the anomalous litho-structural effects. Log profi les suggest that alluvial fans coming probably from Espinhaço range covered the research sites. This work shows that some non-erosive fluvial segments can be mistakenly explained as agradational. The studied segment presents morpho-sedimentary attributes that refl ect the local geodiversity setting, where predictions are very diffi cult.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4100
ISSN: 2317-4692
metadata.dc.rights.license: Os trabalhos publicados na Revista Brasileira de Geociências são de uso gratuito, com atribuições próprias, para aplicações cientifico-educacionais e não-comerciais. Fonte: Revista Brasileira de Geociências <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 08 mar. 2017.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_InfluênciaGeodiversidadeRegião.pdf737,03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.