Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4087
Title: Protocolos de avaliação rápida de rios e a inserção da sociedade no monitoramento dos recursos hídricos.
Other Titles: Rivers rapid assessment protocols and insertion of society in monitoring of water resources.
Authors: Rodrigues, Aline Sueli de Lima
Malafaia, Guilherme
Castro, Paulo de Tarso Amorim
Keywords: Rios
Avaliação ambiental
Recursos hídricos
Issue Date: 2008
Citation: RODRIGUES, A. S. L.; MALAFAIA, G.; CASTRO, P. T. A. Protocolos de avaliação rápida de rios e a inserção da sociedade no monitoramento dos recursos hídricos. Revista Ambiente & Água, v. 3, p. 143-155, 2008. Disponível em:<http://www.ambi-agua.net/seer/index.php/ambi-agua/article/view/160>. Acesso em: 07 out. 2014.
Abstract: A degradação dos recursos hídricos tem sido detectada e mudanças, tanto institucionais quando legislativas, têm sido requeridas. O uso indiscriminado dos rios provoca mudanças ecológicas, causando sérias modificações na paisagem e no regime fluvial, além de alterar a disponibilidade dos habitats e a composição trófica do ambiente aquático. Em virtude desse cenário, os cientistas têm sido pressionados a desenvolver métodos de avaliação que sejam eficientes tanto em nível da própria avaliação, quanto como auxiliares nas tomadas de decisão nos processos de gerenciamento ambiental. Nessa perspectiva, o objetivo deste trabalho é apresentar os Protocolos de Avaliação Rápida de Rios (PARs) e esclarecer as razões pelas quais esses protocolos podem promover a participação da comunidade no monitoramento dos recursos hídricos. Os PARs avaliam, de forma integrada, as características de um trecho de rio de acordo com o estado de conservação ou degradação do ambiente fluvial e suas principais características são a viabilidade econômica e a fácil aplicação. Em regiões com poucos recursos financeiros e grandes problemas de qualidade da água os PARs podem ser utilizados em programas de monitoramento ambiental. Por meio dos protocolos, a integração da comunidade no monitoramento dos recursos hídricos gera dados que representam a qualidade dos ecossistemas fluviais ao longo do tempo, sem que sejam necessários custos altos e profissionais especializados no assunto. Os PARs consistem em uma ferramenta simplificada, mas não simplista, de avaliação de rios, que incorporada aos procedimentos metodológicos adotados pelos órgãos gestores podem aproximar a sociedade civil da questão ambiental.
metadata.dc.description.abstracten: The degradation of water resources has been detected and changes both institutional and in the legislation have been demanded. The careless use of rivers has ecological changes as direct consequence, causing serious modifications in the landscape and fluvial regime, besides altering the availability of habitats and the trophic composition of the aquatic environment. Pressed by this scenario, scientists have been developing assessment methods that are efficient both for the evaluation itself and for supporting decision taking in the environmental management processes. In this perspective, the objective of this study is to present the Rapid River Assessment Protocols (RAPs) and to emphasize how these protocols can promote the community participation in water resources monitoring. The RAPs can used to evaluate in an integrated form the characteristics of a river section according to the conservation or degradation condition of the fluvial environment and it is characterized by its economic viability and easy applicability. In regions with poor financial resources and serious problems of water quality, the RAPs can be used in environmental management programs. By using these protocols, the integration of the community in water resources monitoring generates data which represent the quality of fluvial ecosystems throughout time, without requesting high costs or specialized professionals. The RAPs in a simplified but not simplistic tool, which can be used in activities that aim at promoting a quick and reliable assessment of the “health” of a river.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4087
ISSN: 1980-993X
metadata.dc.rights.license: O periódico Ambiente & Água permite que o Repositório Institucional da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) deposite uma cópia eletrônica dos artigos publicados por esse periódico em que ao menos um dos autores faça parte da comunidade cientifica da UFOP. Fonte: Licença concedida mediante preenchimento de formulário no dia 29 out. de 2014.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ProtocoloAvaliaçãoRápida.pdf96,59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.