Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4076
Title: Análise multitemporal das mudanças no uso e ocupação do Parque Estadual do Itacolomi (MG) através de técnicas de geoprocessamento.
Other Titles: Multitemporal analysis of land use changes in the Itacolomi State Park (MG) by geoprocessing techniques.
Authors: Fujaco, Maria Augusta Gonçalves
Leite, Mariangela Garcia Praça
Messias, Maria Cristina Teixeira Braga
Keywords: Geoprocessamento
Geographic information system
Multitemporal analysis
Parque Itacolomi
Issue Date: 2010
Citation: FUJACO, M. A. G.; LEITE, M. G. P.; MESSIAS, M. C. T. B. Análise multitemporal das mudanças no uso e ocupação do Parque Estadual do Itacolomi (MG) através de técnicas de geoprocessamento. Revista Escola de Minas, Ouro Preto, v. 63, p. 695-701, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0370-44672010000400016&script=sci_arttext>. Acesso em: 04 set. 2014.
Abstract: Nos últimos quarenta anos, o Parque Estadual do Itacolomi (PEI), localizado na região de Ouro Preto, Minas Gerais, esteve sujeito a várias mudanças em seus padrões de uso e ocupação do solo. Essas mudanças foram registradas e quantificadas através de sensoriamento remoto e técnicas de geoprocessamento, com as quais se efetuou o mapeamento das transformações no uso e na ocupação da área durante essas quatro décadas. A fi m de se avaliarem as mudanças no uso e ocupação, foram definidas as seguintes classes vegetacionais: Floresta Estacional Semidecidual, Campos Rupestres e Áreas Antropogênicas. Primeiramente, foram comparados os mapeamentos de uso da terra de 1966 e 1974, definidos como primeiro período de análise, depois, 1974 e 1986, considerados segundo período de análise; e, por último, o terceiro período de análise: 1986 e 2000. As mudanças que ocorreram no PEI foram predominantemente de origem antrópica, com uma maior intensidade nos anos setenta. Como resultado do abandono dessas atividades e, também, devido a um maior monitoramento e controle das ações antrópicas efetuadas no PEI nas décadas seguintes, as áreas abandonadas foram pouco a pouco sendo ocupadas por plantas pioneiras como as candeias, recuperando a região.
metadata.dc.description.abstracten: Over the past forty years, Itacolomi State Park (ISP), located in the region of Ouro Preto/Minas Gerais, has been subject to several changes in its patterns of land use and occupation. These changes were recorded and quantified using remote sensing and GIS techniques, which allowed for the construction of four land use maps, representing the changes in the area during the last four decades. In order to evaluate these changes, the following classes of vegetation were defined: Seasonal Semideciduous Forest, Rocky outcrops and Anthropogenic Areas. First, land use maps from 1966 and 1974 were compared, defining the first period of analysis; then, 1974 and 1986 maps were considered in the second period of analysis, and finally the third period of analysis used 1986 and 2000 maps. The changes that occurred in ISP were predominantly of anthropogenic origin, with greater intensity in the seventies. As a result of the abandonment of these activities and also due to greater monitoring and control of human actions performed at ISP during the following decades, the abandoned areas are gradually being occupied by native plants such as “candeia” (Eremanthus sp), rehabilitating the region.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4076
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672010000400016
ISSN: 1807-0354
metadata.dc.rights.license: A Revista Escola de Minas – REM - autoriza o depósito de cópia de artigos dos professores e alunos da UFOP no Repositório Institucional da UFOP. Contato via e-mail em 12 set. 2013.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AnáliseMultitemporalPEItacolomi.pdf217,21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.